book_icon

Cinco vantagens da observabilidade full-stack nas empresas

A Observabilidade Full-Stack é capaz de fazer com que as organizações ofereçam as melhores experiências digitais a seus clientes e funcionários e alcancem suas metas de Transformação Digital mais rapidamente e eficazmente

Cinco vantagens da observabilidade full-stack nas empresas

O último relatório da AppDynamics, The Journey to Observability revelou que 70% das organizações brasileiras já começaram sua transição para a Observabilidade Full-Stack – observabilidade universal e em tempo real de todas as camadas e dados de TI – e outras 22% pretendem iniciar essa jornada nos próximos 12 meses. A pesquisa também mostra que 90% das organizações ao redor do mundo estarão no caminho para a Observabilidade Full-Stack em 2022.

Em todos os setores do mercado, os profissionais de TI reconhecem a necessidade de aperfeiçoar suas ferramentas de monitoramento existentes e gerar uma visão unificada da disponibilidade e desempenho em seus ambientes digitais e de TI.

Em todos os setores do mercado, os profissionais de TI reconhecem a necessidade de aperfeiçoar suas ferramentas de monitoramento existentes e gerar uma visão unificada da disponibilidade e desempenho em seus ambientes digitais e de TI 

A pesquisa constatou que muitas organizações já fizeram progressos significativos nesta transição. 52% das empresas brasileiras entrevistadas afirmam já estar em sua jornada em direção à Observabilidade Full-Stack, enquanto 24% estão nos primeiros passos e 22% estão preparadas para iniciar este processo.

E, embora a grande maioria das organizações ainda esteja nos estágios mais iniciais da transição para a Observabilidade Full-Stack, aquelas que fizeram progresso durante 2021 já relatam impacto positivo tanto dentro do departamento de TI quanto em toda a organização.

Estes são os cinco principais benefícios da Observabilidade Full-Stack nas empresas:

Maior produtividade das equipes de TI
Com maior visibilidade de suas propriedades e domínios, se tornou mais fácil e rápido para as equipes de TI identificar anomalias, entender as principais causas dos problemas de TI e realizar as correções necessárias. As equipes vêm se livrando da constante pressão para resolver problemas de desempenho antes que afetem o usuário final, presente em quase todos os departamentos de TI nos últimos dois anos. Com isso, a produtividade aprimorada do departamento permite a descoberta de problemas antes que sejam notados pelo usuário.

Custos operacionais reduzidos
Fazer mais com menos é algo que os profissionais de TI fazem há muitos anos e continuarão fazendo por um bom tempo. Contudo, com equipes capazes de localizar, isolar e resolver problemas de desempenho mais rapidamente, as organizações não precisam alocar tantos recursos para tais processos manuais, maçantes e demorados. Com isso, os profissionais de TI podem se dedicar a processos que requerem mais atenção e habilidade.

Priorizar inovação com impacto nos negócios
Na medida em que as organizações começam a ter uma visão unificada da disponibilidade e do desempenho de TI e vincular esses dados aos KPIs de negócios, as equipes de TI começam a reconhecer quais problemas têm o potencial de causar mais estrago. Isso permite com que sejam priorizadas ações nos locais certos e avaliados os problemas com base em seu impacto potencial nos negócios.

Maior colaboração em toda a empresa
Com dados de desempenho mais unificados e insights sobre os resultados de negócios mais confiáveis, as equipes de TI começam a perceber os benefícios de ter uma única fonte de dados, em vez de trabalhar cada um com suas próprias ferramentas de monitoramento (desconectadas).

TI em atividades estratégicas
O resultado desses quatro benefícios é que os profissionais de TI têm mais tempo e espaço para se dedicar a prioridades estratégicas, inovadoras e que geram alto valor, como transformação digital acelerada e experiências digitais aprimoradas para clientes e funcionários. As equipes de TI podem se concentrar em trabalhos mais inovadores que realmente impulsionarão suas organizações.

O fato é que a maioria das organizações está apenas começando sua jornada para a Observabilidade Full-Stack. A maioria ainda depende de ferramentas diferentes, desconectadas para monitorar a disponibilidade e o desempenho de TI. Embora essas soluções de monitoramento desempenhem uma função importante, a falta de conexão e interoperabilidade entre essas ferramentas torna quase impossível localizar e entender completamente todos os problemas que surgem.

A boa notícia, porém, é que os profissionais de TI entendem que estão embarcando em uma complexa e longa jornada de vários estágios. 90% dos profissionais brasileiros reconhecem que há mais trabalho a ser feito para implantar a Observabilidade full-stack em suas organizações, e em vez de se sentirem intimidados pelo tamanho do desafio à frente, estão determinados a alcançar seus objetivos e aproveitar o progresso que fizeram até o momento.

A Observabilidade Full-Stack é capaz de fazer com que as organizações ofereçam as melhores experiências digitais a seus clientes e funcionários e alcancem suas metas de Transformação Digital mais rapidamente e eficazmente. De fato, no Brasil, 78% acreditam que a Observabilidade Full-Stack será transformadora para seus negócios.

Nos últimos 12 meses, as ideias saíram do papel e todos os setores fizeram um enorme progresso nas suas capacidades de monitoramento. Mas a sensação é que isso é apenas o começo. As organizações tiveram uma amostra do que a Observabilidade full-stack pode oferecer e estão ansiosos para aproveitar esse avanço em 2022 e além.

observabilidade full-stack

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento