book_icon

Oracle anuncia a disponibilidade do Exadata Cloud Infrastructure X9M

Nova plataforma oferece até 8.064 vCPUs de servidor de banco de dados, 2,5 vezes mais que o X8M, e até 3,1 PB de capacidade de banco de dados não compactado, um aumento de 28%

Oracle anuncia a disponibilidade do Exadata Cloud Infrastructure X9M

A Oracle anunciou nesta quarta-feira (20/4) a disponibilidade do Oracle Exadata Cloud Infrastructure X9M, a última geração da plataforma Oracle Database do Oracle Cloud Infrastructure (OCI). Com o Oracle Autonomous Database Service ou o Oracle Exadata Database Service em execução no Exadata Cloud Infrastructure X9M, os clientes podem executar as cargas de trabalho existentes mais rapidamente, com maior escala e a um custo menor do que as gerações anteriores. Além disso, ao atualizar do X8M para o X9M, as organizações podem reduzir custos consolidando centenas de cargas de trabalho de OTLP, análises e bancos de dados mistos em um único serviço de Nuvem.

O hardware tolerante a falhas do Exadata e a integração com Oracle Real Application Clusters (RAC) fornecem operações contínuas em caso de falhas e permitem que a infraestrutura seja expandida e atualizada sem interrupção

O Exadata Cloud Infrastructure X9M oferece até 8.064 vCPUs de servidor de banco de dados, 2,5 vezes mais que o X8M, e até 3,1 PB de capacidade de banco de dados não compactado, um aumento de 28%. Juntamente com redes internas 80% mais rápidas e o dobro da largura de banda para clientes de servidor de aplicativos, os clientes podem executar cargas de trabalho OLTP com latência de SQL IO extremamente baixa de menos de 19 microssegundos e até 87% mais IOPS. O Exadata Cloud Infrastructure X9M on OCI também acelera as cargas de trabalho de análise na Nuvem com taxas de varredura 80% mais rápidas de até 2,88 TB/s.

“O Autonomous Database e o Exadata Database Service fornecem de forma exclusiva desempenho, disponibilidade e segurança no nível da bolsa de valores de forma transparente para todos os aplicativos”, afirmou Juan Loaiza, vice-presidente executivo de Tecnologias de Banco de Dados de Missão Crítica da Oracle. “Com o Exadata Cloud Infrastructure X9M, adotamos o mais recente hardware de CPU, rede e armazenamento e otimizamos nosso software para oferecer a infraestrutura em Nuvem mais escalável, econômica e de mais alto desempenho para desenvolver e executar cargas de trabalho do Oracle Database, tudo ao mesmo tempo. mesmo preço da geração anterior”, completou.

Mais desempenho 

O alto nível de desempenho fornecido pelo Exadata Cloud Infrastructure X9M ajuda os clientes a processar mais transações de missão crítica em menos tempo e desenvolver maiores insights analisando grandes quantidades de dados com mais rapidez e com algoritmos analíticos mais sofisticados. Além disso, a capacidade de consolidar mais cargas de trabalho em menos infraestrutura em comparação com o X8M reduz os custos. O Exadata Cloud Infrastructure X9M oferece as seguintes vantagens em relação a outros bancos de dados em nuvem:

Latência de I/O de menos de 19 microssegundos – 25 vezes melhor do que a latência de meio milissegundo oferecida pelo Amazon RDS e 50 vezes melhor do que a latência de um milissegundo oferecida pelo Microsoft Azure SQL, segundo informações – melhora diretamente a capacidade de resposta e a taxa de transferência de OLTP.

Com 64 servidores de armazenamento, o X9M oferece até 2.880 GB/s de taxa de transferência de análise de análise agregada – 137 vezes mais rápido do que o possível com um único Azure SQL (21 GB/s) e 384 vezes mais rápido que a instância do Amazon RDS (7,5 GB/s), de acordo com a Oracle.

O hardware tolerante a falhas do Exadata e a integração com Oracle Real Application Clusters (RAC) fornecem operações contínuas em caso de falhas e permitem que a infraestrutura seja expandida e atualizada sem interrupção. O dimensionamento de outros bancos de dados em Nuvem geralmente requer tempo de inatividade ao passar de uma forma de máquina virtual predefinida para outra. O Exadata Cloud Infrastructure X9M suporta o aumento do consumo em servidores de banco de dados e o aumento do número de servidores de banco de dados usados ​​- tudo sem migrar bancos de dados ou reduzir o tempo de inatividade. Com a capacidade de usar de 4 a 252 vCPUs por servidor de banco de dados e de 2 a 32 servidores de banco de dados por sistema, as empresas podem consolidar bancos de dados de missão crítica na Nuvem com segurança.

Maior flexibilidade 

Organizações e desenvolvedores que implementam o Autonomous Database no OCI agora podem aumentar o desempenho e reduzir os custos usando mais recursos de banco de dados e armazenamento do que era possível anteriormente no sistema X8M. Os clientes do Autonomous Database têm a flexibilidade de implantar toda a gama de configurações do Exadata Cloud Infrastructure X9M em ambientes dedicados do Autonomous Database. Isso permite que os clientes usem vCPUs adicionais para executar mais consultas OLTP simultaneamente e mais servidores de armazenamento para paralelizar cargas de trabalho de análise com até 38 vezes mais taxa de transferência de varredura do que o X8M.

Como resultado, os clientes poderão executar cargas de trabalho de banco de dados mais rapidamente, consolidar mais delas em menos infraestrutura e reduzir custos. Além disso, o Autonomous Database impulsiona ainda mais as reduções de custos com menos administração, dimensionamento automático baseado em consumo,

Serviço

www.oracle.com

banco de dados

Exadata Cloud Infrastructure X9M

missão crítica

Nuvem

OCI

Oracle

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento