book_icon

Navita revela aumento no uso de plataforma para proteção e gerenciamento de dados

Número de fornecedores para gestão em segurança digital de TI e Telecom também cresceu, de acordo com levantamento da empresa

Navita revela aumento no uso de plataforma para proteção e gerenciamento de dados

Cada vez mais a gestão de recursos de TI tem se tornado o foco principal dos líderes da área. E a preocupação, hoje, vai além da segurança por fatores como o aumento de sequestros digitais ou adequações à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais). Dados divulgados pela Navita, especialista em Gestão de Mobilidade Corporativa e Redução de Custos de TI & Telecom através de processos SaaS (Software as a Service, na sigla em inglês), revelam um ganho importante na quantidade de fornecedores para o setor.

Em análise feita com os principais clientes da marca, de segmentos de atuação variados, como Indústria, Farmacêutica e Financeira, o crescimento foi de 24% quando comparado a janeiro de 2021, totalizando 1.990 faturas em 142 fornecedores diferentes.

Nós estamos atuando fortemente com uma solução freemium, onde o usuário pode, durante 180 dias, utilizar a nossa solução de forma gratuita em seu negócio  

Um dado interessante obtido nesta análise é ainda o aumento dos gastos com fornecedores de iTEM (IT Expenses Management) para o gerenciamento de custos de Telecom e TI. Apenas com Cloud a Navita foi identificado um desenvolvimento de 17,6% no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

Nesta linha, a Navita estima que seus clientes gastarão aproximadamente R$ 201 milhões em 2022 com iTEM, valor considerado para o uso de 179.250 recursos entre linhas móveis, fixas, links de dados, cloud e impressão de arquivos. Vale ressaltar que, por questões ambientais, e também pela pandemia, houve uma redução de processos digitalizados.

“Esses fatores, em conjunto, contribuíram para a necessidade de uma gestão de recursos eficiente. Em 2020, muitas empresas se viram obrigadas a protegerem seus colaboradores, colocando todos ou quase todos em home office, acelerando os desafios dos gestores em prover tecnologia e segurança de forma eficiente para que a mudança repentina causasse o menor impacto possível nas operações e no faturamento”, conta Dionaldo Passos, CEO da Navita, que já tinha projetos embrionários na área e, por isso, conseguiu retomar o ritmo de crescimento anterior à pandemia.

Ainda no comparativo com 2020, o uso na plataforma da empresa cresceu 65%. Para Passos, o resultado está atrelado a diversas frentes. “Primeiro foi o aumento do uso de smartphones, o que gerou maior preocupação em relação a segurança dos mesmos. Outro ponto, em um ambiente externo ainda não conhecido (contando com pandemia e eleições em 2022), o investimento de grandes empresas ainda está em estudo, além do fator da importância de redução de custos. Sendo assim, negócios de todos os portes começaram a olhar para otimização dos investimentos, ou seja, o inventário e uso dos dispositivos móveis foi um pilar considerável neste sentido”, revela.

Outro ponto a ser considerado é a gestão de contratos de fornecedores, que teve um papel importante nesse processo. Devido a Compliance interno ou mesmo na otimização dos resultados, os contratos passaram a ser reavaliados com maior frequência e os impactos de desvios em faturas não pagas corretamente ou mesmo em cobranças indevidas foram fatores determinantes de sucesso ou não. “Em suma, a Navita acompanhou fatores externos e fez a conexão de seus produtos para bom uso de dispositivos, bem como a gestão assertiva dos contratos de seus clientes”, finaliza o executivo.

A partir de agora, é preciso acompanhar com atenção o mercado, que está em constante movimentação. As verticais de Finanças, Negócios e Educação, por exemplo, tiveram o maior aumento percentual anual em downloads no 1º trimestre de 2021, de acordo com a Navita – todos os segmentos com taxas superiores a 40%. São dados que mostram que a maior amplitude e uso dos dispositivos móveis requer mais cuidado, tanto quando em segurança de seus downloads quanto na efetividade de seu uso.

Em um cenário onde os downloads no Brasil aumentaram para 2,6 bilhões no 1º trimestre de 2021, uma evolução anual de 20%, o uso correto da utilização de aplicativos passou a ser uma questão relevante para a gestão de tecnologia das empresas.

“Nós estamos atuando fortemente com uma solução freemium, onde o usuário pode, durante 180 dias, utilizar a nossa solução de forma gratuita em seu negócio. Desta forma, poderá analisar como o serviço auxilia em seu core business e adequá-lo a um plano ideal. Nossa atuação também será focada em Cloud, com uma solução para conectar à nuvem (cloud) do cliente e passar a administrar o consumo, os gastos e as ações necessárias para reduzir os gastos.

Compliance

Dionaldo Passos

Navita

proteção e gerenciamento de dados

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento