book_icon

A importância da democratização tecnológica para as micro e pequenas empresas

Cada vez mais a tecnologia tem se tornado grande aliada tanto para as pessoas quanto para as empresas. Ela tem um papel importante no que diz respeito a facilitar processos e agilizar nossa rotina. O estudo “Make the Leap , Take the Lead” feito em 2021 pela Accenture indica que as empresas que investiram em soluções digitais durante a pandemia rentabilizaram o seu negócio cinco vezes mais do que os seus concorrentes que não o fizeram e aumentaram a sua previsão de crescimento.

Para as empresas tradicionais, a inovação tem impactado em diversas perspectivas, permitindo ampliar os horizontes e realizar transformações em seu mercado, e ao mesmo tempo, para elas a tecnologia tem sido utilizada também para trazer eficiência internamente, com processos mais ágeis, contribuindo para a receita e escalabilidade. Já para as micro e pequenas empresas, o processo de digitalização tem contribuído muito nos últimos tempos, sendo possível encontrar empresas que criaram soluções e aplicações capazes de impactar positivamente seu negócio, fazendo com que muitas delas possam trabalhar de forma mais sustentável e dinâmica, economizando dinheiro e principalmente tempo.

Vale lembrar que, as micro e pequenas empresas são decisivas para a economia brasileira. Os últimos acontecimentos globais, como a pandemia da Covid-19 e a crise econômica, mostram o quanto esses negócios são resilientes. Mesmo essas empresas sendo as mais afetadas, muitas delas se reinventaram para se adaptar à nova realidade e por este motivo, apostaram na adoção de tecnologia e outras soluções.

Um levantamento feito pela Microsoft, “Como as PMEs brasileiras enfrentaram a pandemia da Covid-19”, em janeiro de 2021, apontou que 42% das PMEs aceleraram a adoção de novas soluções digitais. Dessas, 83% das empresas entrevistadas afirmam que a adoção delas foi o aspecto mais relevante para a recuperação econômica de seu negócio. O estudo aponta ainda que houve um aumento na aceitação de políticas de segurança cibernéticas, principalmente entre as microempresas, representando 51%. Além disso, elas estão preparadas para encarar os novos desafios, 73% das pequenas, médias e micro empresas se dizem prontas também para enfrentar os desafios de marketing digital e 71% se consideram preparadas para as questões relacionadas ao trabalho remoto.

Em outras palavras, nos últimos anos percebemos uma democratização da tecnologia voltada especificamente para as pequenas e médias empresas, como também a consolidação de muitas empresas que oferecem serviços voltados para elas exatamente para ajudar a acelerar a gestão desses negócios, melhorar seus processos, ampliar sua atuação e, consequentemente, lucrar mais.

Diversas empresas atuam exatamente com o propósito de oferecer soluções para encurtar distâncias e fazer com que elas ganhem tempo e agilidade em processos considerados onerosos, potencializando a produtividade e qualidade dos seus produtos ou serviços. É interessante utilizar uma plataforma de gestão que oferece uma solução personalizável e adaptável, para qualquer tipo de negócio.

Em outras palavras, esse mercado das micro e pequenas empresas é relevante para a recuperação da economia. A tecnologia aparece como protagonista para essas questões, principalmente para que esse mercado consiga exercer seu papel de destaque de forma eficaz, criando oportunidades e apoiando a sociedade e outras organizações nas mais diversas necessidades.

Por Reginaldo Stocco, CEO da vhsys.

democratização tecnológica

micro e pequenas empresas

Reginaldo Stocco

VHSYS

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.