book_icon

5G no Brasil exige inovação nas tecnologias de monitoramento

Dígitro Tecnologia inicia atualização de sistemas de inteligência para acompanhar nova conexão de internet móvel

5G no Brasil exige inovação nas tecnologias de monitoramento

Uma conexão de internet móvel mais rápida, ágil e robusta. Essa é a promessa do 5G, a tecnologia de transmissão de dados que está iniciando a operação do Brasil. A previsão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é que até julho de 2022, todas as 27 capitais brasileiras estejam com o 5G standalone em funcionamento, mas antes disso, uma solução híbrida (5G não-standalone), que aumenta a velocidade, já deve entrar em operação.

Uma das mudanças com o 5G é a capacidade de manter milhares de equipamentos conectados na mesma rede com possibilidade de operação remota. Isso vai significar um salto para as empresas e as indústrias. Para as pessoas, vai significar mais qualidade e velocidade na cobertura e o acesso à Internet das Coisas (IoT). Para as empresas, representa um avanço principalmente para a Indústria 4.0, contribuindo diretamente para a automação e a integração de diferentes tecnologias que incluem Inteligência Artificial e robótica.

Temos que atualizar, mudar nosso produto para que possamos cobrir também a nova rede com tecnologia 5G 

Avanços para uma sociedade mais segura e conectada
A nova tecnologia vai exigir atualização dos sistemas de monitoramento e inteligência, para acompanhar a nova velocidade e a robustez das trocas de dados. Por isso, a Dígitro Tecnologia está modernizando as soluções de inteligência e monitoramento de seu portfólio, que possibilitará a utilização de tecnologias como transcrição de chamadas e biometria vocal. “Reforçando o compromisso da Dígitro de ajudar a construir uma sociedade mais segura, transparente e conectada, a empresa está sempre atenta às evoluções tecnológicas que transformam o mundo, e com a tecnologia 5G, não será diferente. Estamos evoluindo nossas soluções e nos preparando para esse novo cenário tecnológico”, afirma o gerente de marketing de produto da Dígitro, Bruno Silva. “Com a mudança do 4G para o 5G, há um novo protocolo para a realização do monitoramento. Temos que atualizar, mudar nosso produto para que possamos cobrir também a nova rede com tecnologia 5G”, complementa o gerente de marketing.

Dígitro Tecnologia oferece plataformas digitais que realizam o tratamento de dados de diversas fontes, em meio a um grande volume de informações, para gerar evidências legais. A atualização dos produtos vai permitir que a empresa mantenha o pioneirismo e a segurança no tratamento da informação que a garantem a referência no setor no País.

Serviço
www.digitro.com

 

5G no Brasil

5G standalone

Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Bruno Silva

Dígitro Tecnologia

indústria 4.0

tecnologias de monitoramento

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento