book_icon

Líderes de TI preocupados com a segurança do trabalho híbrido

Pesquisa Pulse-Citrix ouviu 400 líderes de TI e segurança e mostra que a prioridade este ano é adotar estratégias flexíveis de tecnologia e políticas de local de trabalho

Líderes de TI preocupados com a segurança do trabalho híbrido

Dois anos atrás, os líderes de TI foram forçados a trabalhar remotamente. Muitos viram isso como um experimento temporário. Hoje, eles vêem o que é: o futuro do trabalho. E eles fizeram disso sua principal prioridade. De acordo com os resultados de uma pesquisa da Pulse e Citrix Systems, 100% dos 400 líderes de TI e segurança consultados adotaram o modelo híbrido e o classificam como principal modelo de trabalho para suas organizações.

“Em 2020, a TI estava focada na sobrevivência em meio ao grande teste de pressão do trabalho remoto. Em 2021, eles reformularam sua infraestrutura e estratégias para acomodar esse novo modelo. E em 2022, eles adotarão estratégias flexíveis de tecnologia e políticas de local de trabalho para entregar o que é claramente o futuro do trabalho”, afirmou Meerah Rajavel, diretora de Informações da Citrix.

Quando se trata de proteger uma força de trabalho que entra e sai do escritório, a TI não pode mais se dar ao luxo de fazer os compromissos de ontem entre colaboração distribuída e segurança 

Os líderes de negócios que antes se irritavam com a ideia do trabalho remoto porque achavam que os funcionários não desempenhariam bem suas tarefas fora do escritório, agora veem os benefícios que isso pode oferecer em termos de produtividade e experiência. Eles estão chamando a TI para habilitá-lo e, conforme revelado pela pesquisa Citrix-Pulse, eles estão respondendo.

Quando solicitados a classificar suas cinco principais prioridades nos próximos cinco anos, os entrevistados disseram: habilitando a colaboração distribuída, garantir a disponibilidade sempre, fortalecendo o foco individual, fornecendo uma experiência consistente e semelhante ao consumidor de dispositivo para dispositivo e local para local, automatizando o trabalho e saltando obstáculos.

Mas eles enfrentarão alguns desafios na execução. Quando solicitados a identificar os principais obstáculos para impulsionar a Transformação Digital, os participantes da pesquisa citaram:

– Falta de compreensão das necessidades em toda a empresa para priorizar efetivamente os investimentos (41%)

– Infraestrutura pesada e complexa (34%)

– Falta de investimento em Nuvem (24%)

A segurança também é uma preocupação. Quando perguntados sobre o que eles veem como os principais riscos abertos pelo trabalho remoto e híbrido, os entrevistados responderam:

– Ataques de ransomware (41%)

– Ameaças internas (18%)

– Violações e vulnerabilidades de API/software (16%)

– Phishing e ataques relacionados à Nuvem (15%)

E suas equipes estão esticadas ao máximo, com os entrevistados observaram:

– 70% estão trabalhando mais horas

– 56% estão saindo

– 50% estão experimentando diminuição da produtividade

– 49% estão menos satisfeitos com seus empregos

– 24% estão desengajados

Como os líderes entrevistados planejam superar esses desafios? Concentrando-se em sete coisas principais:

– Preenchendo a lacuna de segurança cibernética (32%)

– Gerenciando o ritmo da aceleração digital com investimento em segurança cibernética (29%)

– Acesso à rede de Zero Trust (14%)

– Consolidação/simplificação do fornecedor (13%)

– IA de segurança e automação (7%)

– Proteção de aplicativo/API e/ou isolamento de navegador para SaaS e aplicativos da Web (3%)

– Aceleração para SASE (2%)

“Quando se trata de proteger uma força de trabalho que entra e sai do escritório, garantindo um campo de atuação equilibrado para a colaboração e apoiando os funcionários durante o que continua sendo um período de turbulência sem precedentes, a TI não pode mais se dar ao luxo de fazer os compromissos de ontem entre colaboração distribuída e segurança”, disse Meerah. “Em vez disso, eles devem implementar soluções e estratégias que os ajudem a equilibrar essas prioridades aparentemente concorrentes e traçar um novo curso que lhes permita entregar o futuro do trabalho flexível”, observou.

Serviço
www.citrix.com

Citrix

pesquisa

Pulse

Sase

segurança

trabalho híbrido

trabalho remoto

zero trust

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento