book_icon

Brasileira Cleartech inicia expansão internacional

A empresa de serviços de Tecnologia da Informação no mercado de Telecomunicações, venceu licitação em consórcio com a uruguaia Cietel

Brasileira Cleartech inicia expansão internacional

Penúltimo país latino-americano a disponibilizar a portabilidade numérica em celulares, o Uruguai conta com o apoio de uma empresa brasileira. A Cleartech, referência em serviços de tecnologia da informação no mercado de telecomunicações, inicia sua expansão internacional com o projeto desenvolvido no país vizinho.

A empresa foi a vencedora da licitação em consórcio com a uruguaia Cietel, empresa local de infraestrutura que contribuiu para a qualificação da proposta da Cleartech no processo. A expansão para outros países é uma estratégia irreversível no atual cenário e coroa o trajeto de evolução da corporação brasileira.

O mercado uruguaio de celulares apresenta peculiaridades em relação à realidade brasileira. O país, cuja população aproximada é de 3,5 milhões de pessoas, tem mais de 5,5 milhões de clientes móveis

“Já era uma intenção nossa expandir a atuação para o exterior. Participamos de outras licitações no passado, mas agora no Uruguai colocamos tudo o que aprendemos para obter esse projeto e reforçar nossa estratégia e visão de expansão”, explica Carlos Pinto, diretor Comercial da Cleartech.

No Uruguai, a Cleartech venceu a licitação com uma proposta para um projeto de cinco anos (renováveis por mais cinco). No processo estavam grandes corporações globais, como Mediafon, da Lituânia, responsável pelos projetos de portabilidade numérica do México e da Rússia; PortingXS, provedora de portabilidade dos Países Baixos, da Irlanda e de vários países na África; e Inetum, provedora de vários países da América Latina e da Europa.

O projeto de portabilidade numérica para dispositivos móveis no Uruguai é submetido ao Comitê de Portabilidade Numérica (CPN), com membros nomeados pelo Poder Executivo do país; e ao Comitê Técnico de Portabilidade Numérica (CTPN), que reúne representantes das operadoras e a URSEC, a unidade reguladora. São eles que definem as diretrizes.

Depois da implementação, a expectativa da Cleartech é realizar cerca de 20 mil portabilidades numéricas por mês. O mercado uruguaio de celulares, aliás, apresenta peculiaridades em relação à realidade brasileira. O país, cuja população aproximada é de 3,5 milhões de pessoas, tem mais de 5,5 milhões de clientes móveis. Ou seja, 57% dos uruguaios possuem mais de uma linha.

“Foi motivo de orgulho, para nós, vencer esse projeto por conta da importância e das condições de mercado. Contamos com o apoio de uma empresa uruguaia para reforçar e valorizar o mercado local, além de abrir portas importantes para o desenvolvimento da empresa como um todo”, conclui Carlos.

Cleartech é referência em serviços de telecomunicações
No Brasil, a Cleartech detém 85% do mercado regulatório nacional. Em 2007, por exemplo, foi a escolhida pela ABR Telecom para operar a base de dados da portabilidade numérica realizada no Brasil, permitindo que as pessoas mantenham seus números ao mudar de operadora.

Além disso, a empresa detém outros marcos importantes em sua trajetória. Em 2013, ela foi escolhida para fornecer a plataforma técnica de negociação de produtos de acordo com o Plano Geral de Metas e Competições (PGMC), que regula o mercado de atacado de telefonia no País. Já em 2017 tornou-se a responsável pela medição da qualidade de banda larga e pelo serviço de cadastro geral dos clientes das operadoras.

Hoje concentra seus esforços em diferentes desafios, como integração de sistemas e aplicação de novas tecnologias, automação, segurança da informação e desmaterialização. “Contamos com uma equipe capacitada com o objetivo de tornar os ambientes de trabalho mais eficientes, proporcionando mais segurança e confiança aos clientes”, explica Carlos.

Serviços de TI e Telecom
Fundada em 1999, a Cleartech trabalha com serviços de Tecnologia da Informação no mercado de Telecomunicações. Ao longo de sua trajetória, a empresa consolidou sua atuação neste segmento, desenvolvendo e gerenciando projetos de missão crítica. De acordo com a empresa, ela realiza a portabilidade numérica em solo brasileiro, além de ser a responsável pela medição de qualidade da Banda Larga no Brasil, pelo Cadastro Geral de Clientes de todas as operadoras, a plataforma de negociações do Plano Geral de Metas de Competição- PGMC, que regula o mercado de atacado em telefonia no País, o Plano Nacional de Numeração, entre outros.

Atualmente, concentra seus esforços para resolver desafios que envolvem integração de sistemas e aplicações de novas tecnologias, automação, segurança da informação, desmaterialização, entre outros.

Serviço
www.cleartech.com.br/

 

Carlos Pinto

Cleartech

serviços de Tecnologia da Informação no mercado de Telecomunicações

uruguaia Cietel

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento