book_icon

A locação de equipamentos no setor de educação

Assim como na compra de equipamentos, a locação por meio do outsourcing garante os mesmos benefícios tecnológicos às instituições de ensino, tendo como diferencial a otimização de custos e manutenção associados à TI.

O avanço tecnológico tem proporcionado grandes transformações em todas as esferas da sociedade. No meio educacional, a locação de equipamentos, como tablets, computadores e chromebooks, por exemplo, ganha cada vez mais espaço entre as instituições, uma vez que tem como propósito atualizar o parque de máquinas e simplificar os processos de TI das empresas. Neste contexto, mais instituições de ensino estão optando por alugar equipamentos ao invés de comprá-los.

Tal estratégia ganha aderência diante da dificuldade em manter uma grande quantidade de equipamentos, seja para as turmas de alunos ou às atividades administrativas. Vale reforçar que, ao optar com comprar os aparelhos eletrônicos, tais instituições precisam, ainda, buscar por equipes de profissionais que cuidem das atualizações do sistema operacional, instalação de novas máquinas e manutenção das que já são utilizadas, bem como do descarte das antigas, configuração de redes internas, compartilhamento de arquivos e impressoras e assim por diante.

A locação de equipamentos, por sua vez, otimiza os custos e manutenção associados à TI, reduzindo a complexidade do processo, além de fornecer os mesmos benefícios tecnológicos. Garantindo mais facilidade, o aluguel de hardwares ajuda em uma melhor adequação ao fluxo de caixa, uma vez que os contratos são adaptados de acordo com as necessidades das escolas e universidades, contando com parcelas fixas que, frequentemente, são menores do que um financiamento, por exemplo. Com isso, as instituições conseguem direcionar capital para demandas mais estratégicas.

Outra vantagem é contar com uma estrutura de TI atualizada a custos reduzidos. Isso acontece uma vez que, durante a renovação de um contrato, é possível substituir equipamentos antigos por modelos mais modernos, garantindo a atualização de seu parque tecnológico com o mínimo de custo e esforço.

Locação de equipamentos por meio do outsourcing
Devido à quantidade de equipamentos necessários, não há como negar que montar uma infraestrutura de tecnologia completa é um grande desafio. Nesse sentido, para evitar toda a complexidade e burocracia desse processo, optar pela locação por meio do outsourcing é uma estratégia interessante. Isso porque, ao contar com um parceiro especialista nessas demandas, ele será responsável por toda implementação e manutenção dos hardwares.

Uma tendência crescente nos últimos anos, a estratégia teve maior expansão com o início da pandemia, quando a digitalização se tornou mais urgente. De acordo com a pesquisa TIC Empresas, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 60% das pequenas companhias (com até 49 funcionários) adotaram parcialmente ou totalmente o outsourcing of things, a terceirização da estrutura de Tecnologia da Informação. Nas médias (até 249 funcionários), esse índice foi de 63%, e nas grandes (acima de 250), 67%.

E o movimento não deve diminuir nos próximos anos. De acordo com a consultoria IDC, até o final de 2021, cerca de 75% das grandes empresas na América Latina vão dobrar a velocidade da sua mudança para uma infraestrutura de aplicativos na Nuvem. O estudo revela, ainda, que, até 2024, 70% dessas empresas vão rever seu relacionamento com fornecedores para melhorar suas estratégias digitais.

Outsourcing x otimização do ensino
Quando pensamos nos benefícios da locação por meio do outsourcing, além de toda questão da redução de custos e da burocracia em adquirir equipamentos tecnológicos, as vantagens podem ser percebidas, inclusive, pelos profissionais da educação e seus alunos.

Ao contratar uma empresa de outsourcing, a instituição terá disponibilidade imediata dos hardwares. Além disso, caso os aparelhos apresentem qualquer defeito, a empresa locadora deve substituir o equipamento, uma vez que nos contratos de locação, o suporte está incluso por todo o período do contrato. Isso minimiza o tempo que a escola ou universidade fica sem as máquinas e elimina os custos com reparos.

Por fim, todos esses benefícios garantem melhor experiência aos profissionais e seus alunos, que terão à disposição equipamentos de ponta, como tablets, computadores e chromebooks, o que permite maior liberdade no ensino. Reforço que a implementação de tecnologias na infraestrutura é indispensável para o atual cenário educacional, uma vez que os recursos tecnológicos têm grande importância dentro do processo de ensino e aprendizagem. Eles são responsáveis, inclusive, pela melhora do desempenho escolar dos alunos, promovendo maior credibilidade às instituições de ensino.

Por Andrea Rivetti, CEO da Arklok.

 

Andrea Rivetti

CEO da Arklok

locação de equipamentos

Outsourcing of Things

setor de educação

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento