book_icon

Estudo da Pegasystems mostra que a TI está se transformando

A sua função deve passar por uma reformulação significativa, que permitirá uma melhor tomada de decisão, investimentos mais sábios e maior colaboração entre departamentos

Estudo da Pegasystems mostra que a TI está se transformando

As funções globais de TI irão passar por um período de transformação expressiva nos próximos cinco anos, de acordo com uma pesquisa feita pela Pegasystems, desenvolvedora de soluções corporativas. O estudo global The Future of IT Report, conduzido pela iResearch, entrevistou 750 líderes de TI de 10 países nas Américas, Europa e Ásia-Pacífico, sobre como a TI irá evoluir nos próximos anos.

A pesquisa relata que a confiança dos líderes de TI em seu próprio departamento está em terreno instável. Mais da metade de todos os tomadores de decisão de TI sênior globais (51%) não tem certeza de que suas equipes podem implementar mudanças positivas nos próximos cinco anos – com 1 em cada 10 (17%) não tendo nenhuma confiança ou mantendo significativa dúvida.

67% dos entrevistados acreditam que suas cargas de trabalho estão definidas para aumentar significativamente à medida que a TI se torna cada vez mais valorizada no negócio como um todo

Essas preocupações são agravadas por escolhas inadequadas de tecnologia: quase dois terços (58%) dos entrevistados admitiram que perderam entre US$ 1 milhão e US$ 10 milhões nos últimos cinco anos ao optarem por soluções de TI inadequadas. Apenas 12% relataram que todos os seus investimentos em TI foram recompensados nos últimos cinco anos. Apesar desse desperdício de recursos, quase um terço (29%) também disse que a TI corre o risco de ser subfinanciada, a menos que os orçamentos, junto com as próprias funções de TI, sejam descentralizados e integrados a outros departamentos.

A boa notícia é que uma mudança radical está em andamento: a função de TI deve passar por uma reformulação significativa, que permitirá uma melhor tomada de decisão, investimentos mais sábios e maior colaboração entre departamentos. De acordo com a pesquisa, essas mudanças futuras podem incluir:

TI agregando maior valor como resultado da descentralização: o estudo mostra que a Transformação Digital permitiu que 68% dos líderes de TI distribuíssem a responsabilidade para outras funções e 54% a descentralizassem, delegando trabalho a terceiros. Investimentos mais sábios em tecnologias, como plataformas Low-code e automação inteligente, tornarão muito mais fácil para as pessoas em toda a empresa realizar tarefas que anteriormente seriam atribuídas à TI. Como resultado, 66% dos entrevistados esperam que a transformação digital resulte em um trabalho que permita que os funcionários de TI sejam mais criativos, cooperem mais com outros departamentos e gastem menos tempo em tarefas administrativas.

Os profissionais de TI desenvolverão melhores habilidades de liderança: os trabalhadores de TI evoluirão de meros executores para pensadores mais estratégicos, com mais de um terço indicando que as habilidades pessoais serão cada vez mais importantes para eles avançarem. 38% dos entrevistados disseram que, como as tecnologias colaborativas e empoderadoras lhes dão liberdade para expandir suas funções e responsabilidades, as habilidades de liderança serão essenciais. Enquanto isso, 37% disseram que habilidades como resolução de problemas se tornarão essenciais, e 35% disseram que habilidades emocionais e sociais serão importantes.

O fim dos gerentes de TI especializados: os entrevistados disseram que construir e aprender novas habilidades terá maior impacto em suas carreiras, com 78% dos gerentes seniores e 76% dos gerentes afirmando que a aprendizagem contínua terá um impacto grande ou transformacional sobre eles. Isso significa o fim dos gerentes de TI que passam toda a sua carreira se especializando em uma área de tecnologia, e agora, cada vez mais, espera-se que preencham o papel de generalistas de TI.

Diversidade, equidade e inclusão serão essenciais: quase um em cada três (30%) disse que nos próximos três a cinco anos, a diversidade, a equidade e a inclusão continuarão a ganhar importância. Como resultado, continuaremos a ver a TI mais inclusiva em termos de raça, gênero, deficiência, sexualidade e outras características, abrindo portas para todas as minorias.

As cargas de trabalho estão definidas para aumentar: apesar do fato de que a tecnologia irá livrá-los do trabalho administrativo de rotina que eles fazem hoje – o que significa menos recodificação, refazer e rearquitetura – 67% dos entrevistados também acreditam que suas cargas de trabalho estão definidas para aumentar significativamente à medida que a TI se torna cada vez mais valorizada no negócio como um todo.

Serviço
www.pega.com

Estudo

low-code

Pegasystems

pesquisa

TI

Transformação Digital

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento