book_icon

Pesquisa da Oracle mostra que mercado prefere IoT pronta para uso

As descobertas mostram uma demanda crescente por uma rota mais fácil para implementação de soluções de IoT, propiciando um tempo de retorno mais rápido

Pesquisa da Oracle mostra que mercado prefere IoT pronta para uso

Os usuários corporativos da Internet das Coisas (IoT) estão prontos para seguir um caminho mais fácil, mostra uma nova pesquisa da Oracle. Dos 800 tomadores de decisão de IoT entrevistados, quase dois terços (64%) optariam por uma solução de IoT ‘pronta para uso’ em vez de uma oferta customizada, indicando uma mudança de mercado na forma como as empresas estão comprando ofertas de IoT. Além disso, 75% dos entrevistados desejam que a conectividade seja ‘incorporada’ ou agrupada pelo provedor de soluções, e 70% desejam que os provedores incluam dados e ferramentas analíticas como parte de uma solução abrangente. Juntas, as descobertas mostram uma demanda crescente por uma rota fácil para os recursos de IoT que fornecem um tempo de retorno mais rápido.

O que está claro nesta pesquisa é que os adeptos da IoT mudaram dos chamados sistemas ‘fáceis de encontrar’ para os sistemas críticos para os negócios. À medida que esse amadurecimento entra no mercado de massa, veremos um impacto transformacional cada vez mais amplo da IoT corporativa

A pesquisa, conduzida pela Transforma Insights, também indica uma mudança radical na forma como os provedores de IoT estão projetando e implementando, refletindo o aumento da produção e da plataforma neste espaço. As descobertas sugerem que os fornecedores de plataforma de IoT se estabeleceram como organizações de referência para a implementação de IoT, com 56% dos entrevistados indicando que recorreria a um desses fornecedores como uma das três principais opções para o fornecedor líder – ultrapassando os integradores de sistemas (42%).

“As soluções personalizadas estão introduzindo níveis crescentes de custo e complexidade para a implementação de soluções de IoT, com as empresas agora buscando o caminho mais rápido para obter valor na forma de soluções de IoT prontas, com conectividade e recursos analíticos integrados”, disse Andrew Morawski, vice-presidente sênior e gerente geral da Oracle Communications Networks. “O 5G é fundamental para estabelecer esta próxima geração de IoT, especialmente quando implementado como verdadeiramente nativo da Nuvem, aproveitando todos os benefícios da tecnologia de Nuvem”, completou.

De acordo com a pesquisa, o número total de conexões IoT chegará a 28 bilhões em 2030, e o relatório GSMA Mobile Economy prevê que o mercado IoT valerá mais de US$ 1 trilhão em 2025.

As principais descobertas

Os produtos comerciais prontos para uso aceleram as implementações: o tempo de implementação para soluções comerciais é de 8,5 meses, em comparação com uma média do setor de cerca de 11 meses, sugerindo que o uso crescente de soluções padronizadas está acelerando os tempos de ativação. Segurança pública/governo (51%) e serviços públicos (45%) têm os cronogramas mais acelerados, com o objetivo de implementação de IoT em seis meses.

Os projetos de IoT ganham relevância: quase 90% dos projetos foram descritos pelos entrevistados como “fundamentais” ou “muito importantes” para seu negócio principal, e pouco mais da metade de todos os projetos são visíveis para seus clientes. Isso se reflete no custo, sendo classificado como o aspecto mais importante a ser gerenciado. A implementação da solução obteve a classificação mais alta para serviços públicos (61%) e segurança pública e governo (60%). Outros setores, como saúde (58%) e TI empresarial (59%), classificaram o custo para operar a solução como o mais alto.

Os compradores buscam soluções completas: três quartos (75%) dos entrevistados desejam que a conectividade seja agrupada por seu provedor de soluções de IoT e 25% ficam felizes por ela nem mesmo ser um componente visível para eles. Para projetos na fase de planejamento, essa tendência é ainda mais pronunciada, o que implica que as ofertas de IoT agrupadas provavelmente serão mais comuns em um futuro próximo.

Os padrões da indústria orientarão o design da solução: quase todos (85%) dos entrevistados têm algum requisito (seja regulamentar ou baseado no desejo de cumprir as práticas operacionais padrão) para conformidade com os formatos de dados padrão. Isso é especialmente importante para setores como saúde (71%) e serviços públicos (61%), que relataram requisitos rígidos para conformidade regulamentar. Mesmo em projetos em que os padrões são menos rígidos, como TI corporativa, 45% ainda prevêem requisitos de conformidade regulamentar rígidos.

Maior necessidade de análises: os casos de uso de IoT com base na coleta de dados simples estão diminuindo rapidamente. Os respondentes da pesquisa disseram que mais de 80% de seus projetos envolvem fluxos de dados bidirecionais, em vez de simples coleta de dados do dispositivo para o aplicativo, o que resultará em uma necessidade maior de um loop de controle orientado por analítica dentro da solução IoT.

“O que está claro nesta pesquisa é que os adeptos da IoT mudaram dos chamados sistemas ‘fáceis de encontrar’ para os sistemas críticos para os negócios”, disse Matt Hatton, sócio fundador da Transforma Insights. “À medida que esse amadurecimento entra no mercado de massa, veremos um impacto transformacional cada vez mais amplo da IoT corporativa”, afirmou.

Serviço
www.oracle.com

implementação

IoT

Nuvem

Oracle

pesquisa

ROI

Transforma Insights

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento