book_icon

AMD cresce 54% no terceiro trimestre de 2021

As vendas dos processadores EPYC de 3ª geração aumentaram significativamente no trimestre, dado que as vendas de nosso Data Center mais que dobraram ano a ano

AMD cresce 54% no terceiro trimestre de 2021

Em seu último relatório financeiro divulgado do terceiro trimestre de 2021, a AMD relatou o alcance de 4.3 bilhões de dólares em receita, o que equivale a 54% a mais do que o mesmo período em 2020. Em comparação ao trimestre anterior, o valor foi 12% maior que o Q2, resultado de uma maior receita nos segmentos de Computação e Gráficos, e no de Empresas, Embedded e Semi-Customizados.

Criadores de conteúdo, empresas, gamers ou usuários casuais são todos o nosso foco

“A AMD teve um novo trimestre recorde tendo em vista o crescimento de 54% na receita e o dobro do lucro operacional comparado ao ano passado. As vendas dos processadores EPYC de 3ª geração aumentaram significativamente no trimestre, dado que as vendas de nosso Data Center mais que dobraram ano a ano. Nosso negócio acelerou significativamente em 2021, crescendo mais rápido do que o mercado com base em nossos produtos de liderança e execução consistente”, explica a Dra. Lisa Su, presidente e CEO da AMD.

Quando dividido nesses dois grandes segmentos, o de Computação e Gráficos obteve uma receita de $2.4 bilhões, 44% a mais do que o mesmo trimestre do ano passado. Esse aumento foi impulsionado por uma maior venda do Ryzen, Radeon e AMD Instinct. “As famílias Ryzen e Radeon são produtos que operam em segmentos chave e, por isso, são mais prováveis de gerar um resultado excelente para a empresa. Essa é uma prova que o fortalecimento do nosso portfólio de produtos e a crescente demanda por ótimo desempenho em PCs, laptops e games estão nos levando ao caminho certo”, reforça Sergio Santos, Gerente Geral da AMD Brasil.

Quanto aos processadores EPYC, o crescimento foi de $1.9 bilhão, 69% a mais que o mesmo período do ano passado. Para o próximo trimestre, a AMD prevê uma receita de $4.5 bilhões, com a margem de erro de $100 milhões, um aumento de aproximadamente 39% em todos os negócios da companhia.

“O HPC é um caminho importante que estamos trilhando e ao lado do segmento de Comercial, também queremos que nossa empresa continue cada vez mais próxima dos usuários. Criadores de conteúdo, empresas, gamers ou usuários casuais são todos o nosso foco. Portanto, acreditamos piamente que trabalhando com nossos lançamentos e parcerias com OEMs e fornecedores de software, a AMD é uma peça-chave da Transformação Digital que tomou todo o mundo nos últimos anos”, conclui Santos.

AMD

Computação e Gráficos

Embedded e Semi-Customizados

EPYC de 3ª geração

Lisa Su

Sergio Santos

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento