book_icon

Citrix lança serviço em Nuvem de acesso à rede Zero Trust para aplicações, dados e dispositivos

O Citrix Secure Private Access também concede de forma adaptada o acesso de privilégios mínimos com base no comportamento dos usuários e padrões de acesso

Citrix  lança serviço em Nuvem de acesso à rede Zero Trust para aplicações, dados e dispositivos

Os funcionários hoje esperam a liberdade de escolher onde e como trabalhar além de uma experiência produtiva e sem interrupções. A TI está encarregada de entregar essa demanda, ao mesmo tempo em que mantém tudo seguro. Trata-se de uma tarefa difícil a ser cumprida. E a Citrix Systems, está expandindo suas soluções de acesso seguro para ajudar as empresas nessa tarefa. A companhia anunciou em 8 de outubro o lançamento do Citrix Secure Private Access, um serviço de acesso à rede Zero Trust – Zero Trust Network Access – ZTNA,  entregue na Nuvem que protege o acesso a aplicações e a dados de dispositivos gerenciados, não gerenciados e equipamentos do próprio usuário, conhecido como bring-your-own, BYO, permitindo que os funcionários trabalhem da maneira que desejam de forma segura, confiável e produtiva, onde quer que estejam.

“O que os funcionários hoje querem mais do que tudo é uma experiência facilitada e uma tecnologia que simplesmente funcione, sem dificultar ou atrasá-los”, disse Kyle Davies, líder de práticas de Arquitetura de Tecnologia Integrada da CDW. A TI quer implementar o que os usuários desejam, mas as soluções tradicionais tornam isso difícil.

As soluções de acesso à rede Zero Trust entregues na Nuvem podem aprimorar a performance ao empurrar a execução para a borda

“Nos ambientes empresariais dinâmicos de hoje, as soluções projetadas para defender os perímetros estáticos ficam aquém da proteção de ativos críticos e na entrega de uma boa experiência ao usuário final”, afirma John Grady, analista de Segurança Cibernética da empresa de pesquisa independente ESG. “As soluções de acesso à rede Zero Trust entregues na Nuvem podem aprimorar a performance ao empurrar a execução para a borda, aumentar a eficiência com gerenciamento centralizado de políticas e, por fim, melhorar a Segurança por meio da incorporação de princípios Zero Trust”. Isto é exatamente o que o Citrix Secure Private Access foi projetado para proporcionar, segundo o executivo.

Trabalho híbrido seguro e produtivo
Ao aproveitar a nova autenticação adaptativa e políticas de acesso em conjunto com controles de segurança, incluindo marca d’água, que impede o acesso à área de transferência, proteção contra keylogger e captura de tela de malware além de isolamento do navegador, o Citrix Secure Private Access fornece acesso simples e contextual a todas as aplicações e dados que os funcionários precisam para ter o melhor desempenho possível de uma maneira consistente e confiável.

Com o serviço, a TI poderá fornecer acesso aos usuários com base nos princípios de acesso Zero Trust com privilégios mínimos; ativar controles de segurança para permitir flexibilidade e escolha nos dispositivos usados para realizar o trabalho. Além disso, suportar todos os tipos de acesso e cenários de trabalho e manter o acesso a todos os tipos de aplicação, incluindo TCP, baseado em navegador e VDI, seguro de forma unificada em ambientes de múltiplas Nuvens. E tudo isso, de acordo com a empresa, é possível de uma forma completamente transparente para os funcionários, permitindo-lhes trabalhar livres de complexidade e distrações com a confiança de que suas informações e dispositivos são seguros.

Experiência do funcionário
Funcionários também podem remover o atrito e a frustração do trabalho, desde a necessidade de gerenciar vários logins e instalar vários agentes de endpoint até restrições de dispositivos que eles podem usar e locais de onde podem se conectar, fornecendo acesso instantâneo e contínuo às aplicações usando navegadores nativos ou usando um agente em qualquer dispositivo.

“Com a Citrix, encontramos uma maneira de eliminar o ruído no ambiente de trabalho moderno para proporcionar uma melhor experiência aos funcionários, tudo isso enquanto torna o trabalho remoto mais seguro”, diz Gilliard Delmiro, CTO da seguradora internacional HDI. “E nos colocamos no caminho para melhorar a produtividade e a satisfação dos funcionários no futuro”.

Mudança para Zero-Trust e TI moderna
O Citrix Secure Private Access também foi projetado para permitir a abordagem Zero Trust para proteger as aplicações que os ambientes de trabalho remoto exigem, uma vez que concede de forma adaptada o acesso de privilégios mínimos com base no comportamento dos usuários e padrões de acesso e monitora e avalia continuamente as atividades dos usuários e automatiza os controles de segurança com base nas anomalias detectadas e, ainda, proporciona uma gestão unificada e uma aplicação distribuída em todo o ambiente.

A empresa destaca que, quando utilizada em conjunto com Citrix Secure Internet Access, Citrix SD-WAN e Citrix Web App e API Protection, o produto lançado entrega uma abordagem unificada e abrangente para proteger aplicações e dados, melhorando a experiência dos funcionários e simplificando as operações.

Citrix

Citrix Secure Private Access

rede Zero Trust

soluções de acesso seguro

Zero Trust Network Access (ZTNA)

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento