book_icon

Red Hat apresenta solução para automação de Nuvem híbrida

O Red Hat Ansible Automation Platform 2 torna mais fácil para as equipes de TI atender às necessidades de automação em escala em vários ambientes e sistemas de forma padronizada

Red Hat apresenta solução para automação de Nuvem híbrida

A Red Hat, fornecedora global de soluções de código aberto, anunciou nesta quarta-feia (29/9) o Red Hat Ansible Automation Platform 2 como o novo padrão da empresa para automação de Nuvem híbrida. Refinada para as realidades em evolução da computação em escala de Nuvem híbrida, a versão mais recente da plataforma adiciona recursos de automação autocontidos, enquanto muda a automação mais profundamente no ciclo de vida de desenvolvimento de aplicativos.

Em um estudo encomendado pela Red Hat, a 451 Research observou que os entrevistados em sua recente pesquisa Voice of the Enterprise: DevOps, Organizational Dynamics identificaram os principais desafios culturais do DevOps como superar a resistência à mudança (35%), promovendo a comunicação entre equipes não habituadas a trabalhar juntas (34%) e desmontando silos (33%). À medida que a colaboração em toda a organização se torna uma prioridade, o mesmo acontece com a necessidade de equipes de produto e TI padronizar práticas de automação em torno das necessidades dos negócios, estendendo os casos de uso de automação para gerar maior eficiência.

O Red Hat Ansible Automation Platform Operator integra a Ansible Automation Platform diretamente com o Red Hat OpenShift, permitindo uma implementação nativa da Nuvem mais suave de clusters de automação, gerenciamento e migração mais fáceis de dados e atualizações de desempenho da plataforma

Segundo a empresa, à medida que a computação híbrida e multicloud se tornam componentes de TI críticos, as organizações de TI precisam de plataformas de automação que possam conectar os sistemas tradicionais com esses serviços modernos, desde o Data Center corporativo até as Bordas de rede remotas. O Ansible Automation Platform 2 agora está totalmente reestruturada para um mundo nativo da Nuvem híbrida, tornando mais fácil para as equipes de TI atender às necessidades de automação em escala em vários ambientes e sistemas de forma padronizada. Com o controlador de automação (anteriormente Ansible Tower), os usuários podem dimensionar a automação sob demanda de forma mais confiável e consistente, adotando uma abordagem sistemática para padronizar as práticas de automação e, ao mesmo tempo, ajudar a reduzir as irregularidades de automação em toda a empresa.

Abordando ainda mais a necessidade de automação em escala em toda a Nuvem híbrida aberta, está a malha de automação dentro da Ansible Automation Platform. O recurso conecta componentes de automação díspares e fornece verificações de status em ambientes de automação em toda a propriedade de TI. A malha de automação foi projetada para conectar diversos ambientes com redes dispersas para obter mais flexibilidade e resiliência sem sacrificar os recursos de segurança, para que as empresas possam adotar e dimensionar melhor a automação.

Automatizador

Com a automação agora abrangendo a Nuvem híbrida, as ferramentas associadas não são mais domínio de especialistas. Agora, as equipes de operações de TI e os desenvolvedores devem ser habilitados como automatizadores, mas para isso é necessária uma tecnologia de automação que seja facilmente portátil, flexível e escalonável para se estender por toda a área de cobertura de TI. O Ansible Automation Platform 2 ajuda a estender a função de automatizador em toda a organização de TI com sua arquitetura nativa da Nuvem e novas ferramentas de colaboração e desenvolvedor para criar, testar, distribuir e gerenciar conteúdo de automação.

O Ansible Automation Platform 2 apresenta o conceito de ambientes de execução de automação (substituindo o Ansible Engine), que fornecem espaços de automação autocontidos que podem ser facilmente replicados e repetidos em uma organização. Isso ajuda as equipes a dimensionar e acelerar a entrega de ferramentas de automação em ambientes, ao mesmo tempo em que reduz significativamente a sobrecarga operacional e a complexidade de manter uma plataforma de automação padrão que abrange a nuvem híbrida aberta.

Além disso, o navegador de conteúdo de automação ajuda as equipes a validar mais rapidamente se o conteúdo de automação está funcionando como deveria, mesmo nos maiores ambientes. Isso ajuda os automatizadores, de desenvolvedores a administradores de sistemas, a manterem a consistência operacional em seus sistemas, de estações de trabalho de desenvolvedor a plataformas de teste e produção.

A colaboração aprimorada quebra o fluxo de trabalho e os silos de desenvolvimento entre servidores tradicionais e máquinas virtuais e clusters nativos da Nuvem executando Red Hat OpenShift. O Red Hat Ansible Automation Platform Operator integra a Ansible Automation Platform diretamente com o Red Hat OpenShift, permitindo uma implementação nativa da Nuvem mais suave de clusters de automação, gerenciamento e migração mais fáceis de dados e atualizações de desempenho da plataforma, consolidando ainda mais a automação em processos nativos da Nuvem.

Serviço
www.redhat.com

Ansible Automation Platform 2

aplicativo

Automatizador

Desenvolvedor

Nuvem híbrida

Red Hat

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento