book_icon

IBM desenvolve chip capaz de realizar análise de IA em tempo real

O Telum é o primeiro processador da IBM que contém aceleração no chip para inferência de IA enquanto uma transação está ocorrendo

IBM desenvolve chip capaz de realizar análise de IA em tempo real

A IBM revelou nesta segunda-feira (23/8) detalhes do novo processador IBM Telum, projetado para trazer inferência de aprendizagem profunda para cargas de trabalho corporativas para ajudar a lidar com fraudes em tempo real. O Telum é o primeiro processador da IBM que contém aceleração no chip para inferência de IA enquanto uma transação está ocorrendo. Com três anos de desenvolvimento, a descoberta dessa nova aceleração de hardware on-chip foi projetada para ajudar os clientes a obter insights de negócios em grande escala nos setores bancário, financeiro, comercial, de seguros e interações com o cliente. Um sistema baseado em Telum está planejado para o primeiro semestre de 2022.

Trata-se do primeiro chip IBM com tecnologia criada pelo IBM Research AI Hardware Center. Além disso, a Samsung é o parceiro de desenvolvimento de tecnologia da IBM para o processador Telum, desenvolvido em um nó de tecnologia EUV de 7 nm

De acordo com uma pesquisa recente da Morning Consult encomendada pela IBM, 90% dos entrevistados disseram que ser importante construir e executar projetos de IA onde quer que seus dados residam. O IBM Telum foi projetado para permitir que os aplicativos sejam executados com eficiência onde os dados estejam, ajudando a superar as abordagens tradicionais de IA corporativa que tendem a exigir memória significativa e recursos de movimentação de dados para lidar com a inferência. Com o Telum, o acelerador próximo a dados e aplicativos essenciais significa que as empresas podem realizar inferências de alto volume para transações confidenciais em tempo real sem invocar soluções de IA fora da plataforma, o que pode afetar o desempenho. Os clientes também podem construir e treinar modelos de IA fora da plataforma, implantar e inferir em um sistema IBM habilitado para Telum para análise.

O novo chip apresenta um design centralizado inovador, que permite aos clientes aproveitar todo o poder do processador AI para cargas de trabalho específicas de AI, tornando-o ideal para cargas de trabalho de serviços financeiros, como detecção de fraude, processamento de empréstimos, compensação e liquidação de negócios, lavagem de dinheiro e análise de risco. Com essas inovações, os clientes estarão posicionados para aprimorar a detecção de fraude baseada em regras existentes ou usar o aprendizado de máquina, acelerar os processos de aprovação de crédito, melhorar o atendimento ao cliente e a lucratividade, identificar quais negociações ou transações podem falhar e propor soluções para criar uma liquidação mais eficiente processo.

Inovação

O Telum segue a longa herança da IBM de design e engenharia inovadores, que inclui a cocriação e integração de hardware e software, que abrange silício, sistema, firmware, sistemas operacionais e estruturas de software líderes. O chip contém 8 núcleos de processador com um profundo pipeline de instruções superescalares fora de ordem, funcionando com frequência de clock de mais de 5 GHz, otimizado para as demandas de cargas de trabalho heterogêneas de classe empresarial. O cache totalmente redesenhado e a infraestrutura de interconexão de chip oferece 32 MB de cache por núcleo e pode ser dimensionado para 32 chips Telum. O projeto do módulo de chip duplo contém 22 bilhões de transistores e 19 milhas de fio em 17 camadas de metal.

Trata-se do primeiro chip IBM com tecnologia criada pelo IBM Research AI Hardware Center. Além disso, a Samsung é o parceiro de desenvolvimento de tecnologia da IBM para o processador Telum, desenvolvido em um nó de tecnologia EUV de 7 nm.

A IBM Research, uma das maiores organizações de pesquisa industrial do mundo, anunciou recentemente o dimensionamento para o nó de 2 nm, a mais recente referência no legado de contribuições da IBM para inovação em silício e semicondutores. Em Albany, NY, lar do IBM AI Hardware Center e do Albany Nanotech Complex, a IBM Research criou um ecossistema colaborativo líder com participantes da indústria público-privada para alimentar avanços na pesquisa de semicondutores, ajudando a atender às demandas globais de fabricação e acelerar o crescimento da indústria de chips.

Serviço
www.ibm.com

Aprendizado Profundo

chip

IA

IBM

Learning Machine

processador

Samsung

Telum

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento