book_icon

Mudança cultural é ponto de partida para nova abordagem dos dados

A participação dos profissionais em projetos apoiados pela Inteligência Artificial torna-se ainda mais efetiva com a evolução da cultura organizacional.

São muitos os benefícios que o avanço tecnológico proporcionou ao mundo corporativo e, certamente, a agilidade na execução de processos e o maior protagonismo dos colaboradores, que passaram a atuar de forma mais estratégica na gestão de funções que exigem habilidades técnicas, estão entre as principais vantagens. No entanto, diante das mudanças constantes no mercado, as empresas também precisam se atualizar para seguirem relevantes e isso inclui não apenas a aquisição de soluções como Inteligência Artificial, mas também uma atualização da cultura interna para o novo momento de transformação pelo qual a companhia passa.

É certo que a jornada digital elevou o nível de competitividade no cenário corporativo e aprimorou a gestão de dados, que é um dos principais ativos das empresas na atualidade. Mas para seguir avançando, faz-se necessário buscas contínuas por novas abordagens que permitam explorar essas informações de modo ainda mais personalizado, no intuito de se alcançar os objetivos almejados.

Mudança cultural
No âmbito corporativo, a evolução é sempre muito bem-vinda, mas ela provoca uma série de mudanças em toda a estrutura organizacional das empresas que engloba desde aspectos estruturais a mudanças culturais. Assim, é insuficiente apenas o investimento em recursos tecnológicos. Complementar a isso, é imprescindível a adoção de ações e práticas inovadoras que promovam uma cultura voltada à jornada digital, tendo na participação humana o pilar central da tomada de decisões.

No contexto de inovação, aspectos culturais possuem uma importância estratégica porque norteiam toda a atuação das equipes no âmbito corporativo. Assim, esses fatores têm influência direta no engajamento dos colaboradores e na forma como solucionam os desafios de rotina. Disseminar a cultura da empresa no ambiente de trabalho é muito importante pois ajuda também na mudança de mindset dos profissionais, que se sentem mais valorizados e motivados.

Abordagem estratégica de dados com IA
Adaptar a cultura organizacional ao contexto inovador do mercado é o ponto de partida para uma nova abordagem dos dados. Com a IA apoiando os processos operacionais, os colaboradores assumem o centro das decisões e participam ativamente de toda a gestão, desempenhando um papel de comando durante o desenvolvimento de cada etapa. A participação dos profissionais nesses projetos permite uma abordagem diferenciada das informações que garante resultados mais efetivos.

Logo, o envolvimento tácito não apenas da liderança, mas de todo o time nos projetos operacionais apoiados pela IA é fundamental para se chegar aos resultados almejados da melhor forma possível. Seja na gestão de dados internos ou em qualquer outra demanda, a participação dos colaboradores se faz necessária. Diferentemente da percepção segunda a qual a Inteligência Artificial vai tomar o emprego das pessoas, a IA tem o objetivo exatamente de tornar mais fácil a vida dos profissionais.

Com a tecnologia automatizando os processos repetitivos, realizando a análise de dados e auxiliando na gestão corporativa, as empresas ampliam seus resultados substancialmente, pois o fluxo de trabalho é otimizado em todos os departamentos. Assim, a partir da incorporação da IA à rotina das empresas, os colaboradores têm à disposição uma solução que fornecerá todo o suporte necessário à realização das tarefas com total eficiência e baixa incidência de falhas.

Por fim, a despeito de todas as suas vantagens, é imperativo fazer um uso inteligente da IA. A realização de projetos com o apoio da tecnologia, além de necessário, é essencial para as empresas conseguirem, de fato, bons resultados por meio da otimização de processos e melhor gestão de dados. Aliado a isso, soma-se também uma cultura baseada na inovação e cujo protagonismo humano esteja sempre no centro da tomada de decisões.

Por Fabrício Beltran, founder e CTO da Nextcode.

 

Fabricio Beltran

Inteligência Artificial

mudança cultural

Nextcode

nova abordagem dos dados

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento