book_icon

Respostas sobre Data Science para os negócios

Responsável pela análise de dados para decisões estratégicas de negócios, especialista comenta os principais diferenciais e benefícios da prática nas empresas

Respostas sobre Data Science para os negócios

Conhecido atualmente como novo petróleo no mundo dos negócios, os dados, se bem refinados, são capazes de fornecer insumos valiosos para empresas de diferentes segmentos se destacarem e elaborarem serviços e produtos cada vez mais personalizados e assertivos para as demandas de seus clientes. Não à toa, segundo informações da consultoria Gartner, em 2020 foram gerados mais de 40 trilhões de dados e mais de 80% das lideranças de empresas estão usando essa fonte de informação para as tomadas de decisão nos negócios. De acordo com David Panduro, data scientist da FindUP , startup do ramo de Field Service, os cientistas de dados serão os profissionais do futuro.

A Ciência de Dados é responsável por analisar as informações e encontrar padrões de comportamento, logo, a grande sacada é justamente usar o que foi coletado para geração de insights para as mais variadas áreas  

“A Ciência de Dados é a área responsável por extrair informações e entender padrões de comportamento para a criação de soluções personalizadas e preditivas. Em um mundo em que digitalização tem moldado a forma de se fazer negócios, o mercado tem ficado cada vez mais competitivo e seguir esse ritmo, além de ser um diferencial, é uma questão de necessidade para se manter em evidência e é essencial para os parceiros daqui para frente”, afirma Panduro.

Profissões que se baseiam em dados têm ganhado tanto em destaque, que somente no primeiro semestre deste ano, houve um crescimento de mais de 450% nas vagas que envolvam conhecimento em inteligência de dados, apontado no levantamento da Intera. A fim de prestar esclarecimentos e mostrar como o Data Science é estratégico, o especialista da FindUP respondeu às cinco principais dúvidas sobre a área.

A Lei Geral de Proteção de Dados prejudicará as tomadas de decisão via Big Data?
A LGPD vem para proteger os usuários de vazamentos de informações pessoais e sensíveis, a fim de evitar danos morais e até mesmo financeiros. Sem dúvidas, a nova lei tem mudado a forma como os dados são coletados, mas também vem para respaldar as duas pontas: o indivíduo e a empresa. O que muda é como as informações são coletadas, sendo essencial o consentimento por parte do público, enquanto as empresas precisam se adequar e estruturar programas de integridade de dados, seguindo a mesma linha de outros países. Logo, o que vemos é apenas uma adaptação que trará mais segurança, confiança e seriedade para o trabalho daqui para frente.

Posso usar o Data Science para estratégias de marketing?
Não só pode, como deve. Como dito antes, a Ciência de Dados é responsável por analisar as informações e encontrar padrões de comportamento, logo, a grande sacada é justamente usar o que foi coletado para geração de insights para as mais variadas áreas. Com isso, o departamento de marketing consegue entender a forma como o target se comporta, os melhores horários e dias para ações, compreender como se dá o consumo do público-alvo, dentre outras informações.

Como a tecnologia auxilia nas tomadas de decisão estratégicas?
As possibilidades são diversas, uma análise de dados combinada com operações de negócios apropriadas, podem melhorar a performance da sua empresa na hora de tomar decisões, pois elas estarão mais embasadas e podem diminuir a margem de risco.

Decisões baseadas em dados são capazes de aumentar a produção e a produtividade, impactando diretamente nas estratégias das empresas.

A prática de trabalhar e analisar um grande volume de dados é segura?
Sim, e muito. Uma das grandes vantagens da análise preditiva baseadas em dados não está somente atrelada à geração de insights para tomadas de decisão dos produtos e serviços, mas também para voltar o olhar para dentro de casa. Com isso, é possível arquitetar softwares mais seguros e potentes, ajudando a evitar o vazamento de informações sigilosas, invasões de sistema e até mesmo fraude.

Quais requisitos um bom Cientista de Dados deve atender?
A área engloba conhecimentos em programação, matemática, estatísticas e conhecimento de negócios, então esses são os pontos de base que o profissional deve ter. Além do conhecimento técnico, devemos aperfeiçoar a nossa comunicação, que é muito importante tanto para coletar os requerimentos dos clientes quanto para a apresentação dos resultados, pois afinal nosso foco sempre deve ser agregar valor ao negócio.

 

Data Science para os negócios

David Panduro

FindUP

Gartner

LGPD

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento