book_icon

Por que as empresas aproveitam o treinamento online para qualificarem mais os profissionais?

Falar que a qualificação profissional é imprescindível no mercado de trabalho não é nenhuma novidade. Profissionais jovens ou experientes, as pessoas sabem que precisam acompanhar as mudanças que ocorrem em suas áreas. A facilidade da teoria, contudo, não se reflete na prática. Profissionais e empresas encontram uma série de barreiras para se capacitarem e crescerem, como a falta de tempo, a dificuldade de encontrar bons instrutores e até o custo envolvido com as aulas. A pandemia de covid-19, apontada em outras oportunidades como a principal responsável por impactos negativos, desta vez foi a catalisadora de algo positivo: ela mostrou às organizações a possibilidade de aproveitarem os cursos online para colocarem todos na mesma página em relação às últimas tecnologias e tendências.

Trata-se de uma necessidade do mercado. Em 2020, a Korn Ferry, consultoria em RH, divulgou que havia um déficit de 1,8 milhão de candidatos a vagas que requerem perfil especializado. É um número preocupante se pensarmos que a área de tecnologia está em constante transformação e, consequentemente, precisa de especialização contínua para ficar alinhado às tendências do setor. Além disso, mostra que o conhecimento adquirido nas salas de graduação não contempla a totalidade que o profissional precisa no mercado de trabalho. Em suma: é preciso ir atrás de alternativas para se especializar e pegar uma dessas vagas disponíveis.

Curiosamente, a luz no fim do túnel veio justamente de um cenário pandêmico, possibilitando a digitalização sem precedentes em todos os processos corporativos – incluindo a capacitação profissional. Esqueça, por enquanto, as salas de aula, a exposição de um professor e as horas que o participante passa no local. A modalidade on-line é bem mais rápida, eficiente e barata ao garantir o acesso dos colaboradores a capacitações e treinamentos. É também mais aceita e popular entre os brasileiros.

A boa notícia é que, com a pandemia de covid-19, dá para juntar as duas coisas em um único pacote. Organizações perceberam que podem formar turmas próprias on-line com seus profissionais em treinamentos e certificações em tecnologia oferecidos por empresas com expertise no setor. Pegue, por exemplo, a área de Cloud Computing, vital para qualquer estratégia de transformação digital atualmente. É possível aproveitar o cenário de home office e digitalização do trabalho para disponibilizar cursos nas áreas de infraestrutura, segurança, Big Data e Machine Learning. Assim, o participante consegue se preparar de forma adequada e ajustar sua agenda para acompanhar os treinamentos.

Dois fatores revelam-se essenciais para a maior aceitação das empresas em formar turmas específicas de treinamentos online. O primeiro deles, claro, é econômico. As companhias estão em um momento de maior pressão para otimizar seus investimentos, o que coloca a nuvem como ponto estratégico de suas estratégias por conta da elasticidade e escalabilidade – consequentemente, é preciso ter profissionais capacitados à frente desses projetos. O segundo é operacional. Quando se forma uma turma exclusivamente de pessoas que trabalham na mesma empresa, há mais confiança e os alunos se sentem mais seguros em compartilhar no ambiente de estudo dúvidas específicas do seu dia-a-dia na empresa, debatendo soluções e estipulando desafios que atendam diretamente suas necessidades. É a perfeita sintonia entre teoria (pelo conhecimento adquirido) e prática (com a aplicação em situações reais da rotina da organização).

Portanto, passou da hora de as corporações mostrarem que a qualificação de seus profissionais é realmente importante em suas estratégias. Uma das lições da pandemia de covid-19 ao ambiente dos negócios é que não há mais espaço para hesitação. Ficar parado e esperar é muito pior do que agir e errar. A digitalização chegou a todos, grandes e pequenos, independentemente de suas áreas de atuação, e o sucesso depende da capacidade dos profissionais de lidarem com esses novos desafios. Não se engane: as profissões do futuro já estão no presente.

Por Marcos Farias, CEO e sócio-fundador da Arki1.

CEO e sócio-fundador da Arki1

Cloud Computing

Marcos Farias

treinamento online

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento