book_icon

Oracle fecha ano fiscal de 2021 com faturamento de US$ 40,5 bilhões

No quarto trimestre as receitas totais somaram US$ 11,2 bilhões, um crescimento de 8% ano a ano

Oracle fecha ano fiscal de 2021 com faturamento de US$ 40,5 bilhões

A Oracle anunciou os resultados do quarto trimestre do ano fiscal de 2021. Entre os principais indicadores, as receitas trimestrais totais aumentaram 8% ano a ano, somando US$ 11,2 bilhões; as receitas de serviços em Nuvem e suporte de licença aumentaram 8% para US$ 7,4 bilhões; e as receitas de licença de Nuvem e licença local aumentaram 9%, totalizando US$ 2,1 bilhões. As receitas totais do ano fiscal de 2021 aumentaram 4% ano a ano, para US$ 40,5 bilhões. As receitas de serviços em Nuvem e suporte de licença aumentaram 5%, para US$ 28,7 bilhões. As receitas de licença de Nuvem e licença local aumentaram 5%, para US$ 5,4 bilhões.

A receita operacional GAAP do quarto trimestre aumentou 5%, para US $ 4,5 bilhões, e a margem operacional GAAP foi de 40%. A receita operacional não-GAAP aumentou 6%, para US$ 5,4 bilhões; e a margem operacional não-GAAP foi de 49%. O lucro líquido GAAP aumentou 29%, para US$ 4 bilhões, e o lucro GAAP por ação aumentou 39%, para US$ 1,37. O lucro líquido não-GAAP aumentou 20%, para US$ 4,5 bilhões, e o lucro não-GAAP por ação aumentou 29%, para US$ 1,54.

A receita de nosso negócio de infraestrutura em nuvem Gen2, incluindo banco de dados autônomo, cresceu mais de 100% no quarto trimestre. As taxas de crescimento acelerado de nossos negócios de nuvem de aplicativos e infraestrutura neste ano impulsionaram o crescimento do lucro por ação de até 21%  

As receitas diferidas de curto prazo aumentaram 10% em relação ao ano passado, para US$ 8,8 bilhões; e o fluxo de caixa operacional aumentou 21%, para um recorde de US$ 15,9 bilhões durante os últimos 12 meses.

Destaques

“Nosso desempenho no quarto trimestre foi absolutamente excelente, com a receita total superando a orientação em quase US$ 200 milhões e o lucro por ação não-GAAP superando a orientação em US$ 0,24”, disse o CEO da Oracle, Safra Catz. “Nossos negócios multibilionários de aplicativos em Nuvem Fusion e NetSuite viram aumentos dramáticos em suas já rápidas taxas de crescimento de receita: o Fusion ERP cresceu 30% no terceiro trimestre e 46% no quarto trimestre, o Fusion HCM aumentou 23% no terceiro trimestre e 35% no quarto trimestre, o NetSuite cresceu 24% no terceiro trimestre e 26% no quarto trimestre”, comemorou.

Segundo o executivo, o Oracle Fusion é o maior negócio de ERP em Nuvem do mundo; e o Oracle NetSuite é o segundo maior negócio de ERP em Nuvem do mundo. “A receita de nosso negócio de infraestrutura em nuvem Gen2, incluindo banco de dados autônomo, cresceu mais de 100% no quarto trimestre. As taxas de crescimento acelerado de nossos negócios de nuvem de aplicativos e infraestrutura neste ano impulsionaram o crescimento do lucro por ação de até 21%”, completou Catz.

“Os dois bancos de dados mais populares do mundo são o Oracle Autonomous Database e o Oracle MySQL”, afirmou o presidente e CTO da Oracle, Larry Ellison. “O banco de dados Oracle mais uma vez gerou um sólido crescimento de receita no FY21. E embora nosso negócio de banco de dados Oracle medido pela receita atualmente ofusque nosso negócio de banco de dados MySQL, isso está prestes a mudar porque a versão mais recente do Oracle MySQL foi atualizada para incluir um novo e revolucionário mecanismo de consulta de processamento paralelo de ultra-alto desempenho chamado HeatWave”, comentou o executivo.

De acordo com Ellison, analistas independentes testaram e confirmaram que o Oracle MySQL com HeatWave é executado de 10 a 100 vezes mais rápido do que a versão do MySQL da Amazon, chamada Aurora. “Esse avanço tecnológico está fazendo com que vários clientes da Amazon comecem a mover suas cargas de trabalho Aurora para o Oracle MySQL. E analistas do setor estão nos dizendo que estão vendo um aumento de 10 vezes nas consultas dos clientes do Oracle Cloud Infrastructure. Tanto o Oracle Autonomous Database quanto o Oracle MySQL com tecnologia HeatWave conquistaram o que há de mais avançado em tecnologia no setor de banco de dados em nuvem – e isso é um bom presságio para o futuro da Nuvem Oracle”, concluiu.

Serviço
www.oracle.com

Balanço

Larry Ellison

MySQL

Nuvem

Oracle

Oracle Fusion

Oracle NetSuite

Safra Catz

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento