book_icon

Plataforma pretende disponibilizar vagas para área de tecnologia e indústria 4.0

Além preparar grandes profissionais para o mercado, plataforma quer dar espaço a criadores de conteúdo para disponibilizar seus cursos de tecnologia

Plataforma pretende disponibilizar vagas para área de tecnologia e indústria 4.0

Conseguir emprego nos dias de hoje tem se tornado uma tarefa um tanto complicada. Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de brasileiros desempregados chegou a 14,1%, no último trimestre de 2020.

Uma das alternativas que os profissionais têm encontrado para voltarem ao mercado de trabalho, é a busca por cursos de capacitação, principalmente voltadas para a área tecnológica. Segundo dados da Market Research Future, em um estudo realizado em 2019, o setor de tecnologia móveis cresce cerca de 14% todos os anos, muito por causa da fomentação da Internet das Coisas (Iot) e da chegada da Indústria 4.0.

“Quem está se preparando para entrar nesta área terá a facilidade de escolher onde deseja trabalhar, já que falta mão de obra adequada. Para auxiliar essas pessoas a encontrarem cursos de qualidade e oferecer boas oportunidades de crescimento profissional, surgiu a Workover, plataforma que nasceu em 2020 e já conta com mais de 4 mil aulas e mais de 22 mil alunos”, comenta Lilian Sampaio, CEO da Workover .

Além de entregar novas habilidades para os alunos, a Workover também tem como uma de suas etapas ajudar o colaborador a ingressar no mercado de trabalho  

O projeto começou bem, com sua busca em alavancar o setor tecnológico. Em seu primeiro ano de operação, já contou com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, através do projeto UPSKILL, uma realização da Softex Campinas. O apoio do projeto foi importante para fomentar o ensino profissional da área, principalmente com as dificuldades que a pandemia trouxe.

A plataforma está preparada para receber produtores de conteúdo (youtubers, influenciadores e etc) do setor da Tecnologia da Informação. As vantagens em oferecer os cursos na Workover vão desde ter um gerenciamento e controle mais simples da parte burocrática, até em sistemas de fidelização tanto para o criador quanto para o aluno.

“O impacto social que temos como foco é a descentralização tecnológica, mostrar as tecnologias habilitadoras para os profissionais e especializar os jovens para esse mercado que tanto tem futuro. Com o apoio federal, conseguimos atingir bons resultados e levar mais conhecimento para a população”, explica a CEO da Workover .

Além de entregar novas habilidades para os alunos, a Workover também tem como uma de suas etapas ajudar o colaborador a ingressar no mercado de trabalho. A plataforma mapeia as empresas do setor e traça o perfil que elas desejam, as tendências tecnológicas que pretendem que sua equipe tenha e traz as companhias para participar dos processos de seleção dos alunos.

“É importante que estejamos por dentro do que o setor precisa atualmente, senão nosso trabalho seria em vão. Por isso trazemos essas empresas ao máximo para dentro dos processos, tanto de conhecimento, quanto de seleção dos alunos. Assim ambas as partes saem com seus objetivos concluídos”, finaliza Lilian Sampaio.

Serviço
http://workover.com.br

 

 

 

indústria 4.0

Lilian Sampaio

Market Research Future

Workover

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.