book_icon

Microsoft conquista maior atuação no mercado brasileiro por meio de parceiros

Novo relatório ISG Provider Lens, produzido em parceria com a TGT Consult, indica crescimento da necessidade de serviços de migração e implementação de sistemas remotos

Microsoft conquista maior atuação no mercado brasileiro por meio de parceiros

O ecossistema de parceiros da Microsoft teve crescimento no último ano em decorrência da alta demanda por serviços de Cloud na pandemia da Covid-19 e o trabalho remoto forçado. É o que aponta o relatório ISG Provider Lens Microsoft Ecosystem Partners 2021 Brazil, lançado pela ISG (Information Services Group) e produzido e distribuído pela TGT Consult no Brasil.

 

Segundo o estudo, o ecossistema de parceiros da Microsoft no Brasil é responsável por 95% da receita da empresa. O levantamento aponta que, nos últimos 12 meses, houve um aumento na quantidade de novas empresas do ecossistema de parceiros que se estabeleceram no país ou se juntaram a outras, aumentando seu poder de atuação no mercado. Além disso, dobrou a quantidade de empresas com certificação Azure Expert MSP, sendo atualmente 13 empresas com tal classificação e duas dessas nacionais – a Dedalus e SOU.cloud. No ano passado, a Dedalus foi a única empresa nacional certificada com Azure Expert MSP.

 

A plataforma Azure registrou crescimento superior aos outros serviços de Cloud Computing, com a migração dos sistemas para ambientes online e de acesso remoto. O principal motivo apontado para esse crescimento é o constante desenvolvimento de novos recursos e ferramentas para a plataforma, além do aumento da competitividade da Microsoft em meio a um mercado cada vez mais disputado.

 

Maurício Ohtani, analista líder da TGT Consult/ISG e autor da pesquisa, explica que com o aumento da demanda surgiu também a necessidade de investir em manutenção e suporte da plataforma, o que ajudou no impulsionamento. “As empresas que realizaram essas implementações dos seus ambientes para o sistema Azure tomaram essa decisão na expectativa de operar um ambiente mais flexível, ágil, disponível e escalado. As soluções de Office 365 e Dynamics 365, quando integradas, oferecem um poderoso ambiente, que permite às empresas operarem seus processos de RD e CRM, junto com ferramentas de produtividade, compartilhamento, colaboração e de redes sociais.”

 

Dessa vez, foram analisados dois mercados distintos: o de grandes empresas – com receita acima de um bilhão de dólares – e o de médias empresas. “O mercado de grandes empresas apresenta a maior complexidade dos projetos e tem muita integração com as soluções corporativas já existentes”, explica Ohtani. “Já os provedores de médio porte têm um benchmark mais acelerado e não investem tanto nessas tecnologias, nos departamentos internos de TI e data center”.

 

É justamente essa separação que evidencia as principais características dos parceiros do ecossistema Microsoft em cada categoria. Além disso, há a necessidade de sustentar tais mudanças em meio à nova forma de trabalho diário. “O desafio atual de manter e sustentar esses ambientes implementados ou migrados fez com que o suporte adequado a todos os usuários fizessem parte da agenda desses provedores, possibilitando o melhor uso dessas ferramentas nos ambientes de trabalho remoto”, ressalta o autor.

 

O relatório ISG Provider Lens Microsoft Ecosystem Partners 2021 para o Brasil avaliou as competências de 58 provedores em seis quadrantes: Serviços Gerenciados para Azure para grandes contas, Serviços Gerenciados para Azure para empresas de médio porte, Office 365 – Modern Workplace para grandes contas, Office 365 – Modern Workplace para o mercado intermediário, Dynamics 365 e SAP no Azure.

O relatório aponta a Accenture (Avanade) como líder em quatro quadrantes e IBM e Venha Pra Nuvem como líderes em três. AlfaPeople, Brasoftware, Capgemini, Cloud Target, Dedalus, DXC Technology, FCamara, GRVPPE, Ingram Micro, ITCore, Nexer, Solo Network, SOU.cloud e Teltec são todos líderes nomeados em dois quadrantes. Além deles, 4MSTech, BHS, Dell, Kumulus, Lattine, Logicalis, Pentare, Prime IT, SGA, Softtek, SoftwareONE e T-Systems são nomeados líderes em um quadrante.

As empresas Blueshift, Compasso UOL, DXC Technology, FCamara, Lattine, Nexer, T-Systems e VIVO foram nomeados Rising Stars – empresas com “portfólios promissores” e “alto potencial futuro” pela definição do ISG – em um quadrante.

Serviço
www.tgt.com.br/relatorio-isg-provider-lens
www.tgt.com.br/relatorio-isg-provider-lens
www-itcore-com-br-2.rds.land/itcore-isg-quadrante
https://imagine.la.logicalis.com/isg-microsoft-ecosystem-2021
www.t-systems.com/br/pt/about-t-systems/news/isg-provider-lens-microsoft-ecosystem-partners-brazil-400634

 

Azure

Cloud Computing

ISG (Information Services Group)

Maurício Ohtani

Microsoft

relatório ISG Provider Lens Microsoft Ecosystem Partners 2021 Brazil

TGT Consult no Brasil

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.