book_icon

GlobeNet escolhe Equinix para sistema de cabo submarino entre Brasil e Argentina

Denominado Malbec, novo gateway digital de alta velocidade irá dobrar a capacidade para a Argentina

GlobeNet escolhe Equinix para sistema de cabo submarino entre Brasil e Argentina
A Equinix, empresa mundial de infraestrutura digital, anunciou hoje (4/5) que fornecerá serviços de data center de última geração em apoio ao sistema de cabo submarino Malbec implantado pela GlobeNet entre Brasil e Argentina, conectando-se com a rede GlobeNet existente. A GlobeNet selecionou os Data Centers International Business Exchange Equinix SP2 e SP4, em São Paulo, para implantar POPs adicionais no Brasil e aumentar o alcance de interconexão do Malbec.
O impacto positivo na conectividade para a região será enorme, já que o cabo Malbec dobrará a capacidade disponível para a Argentina. O cabo aproveitará o Spatial Division Multiplexing (SDM), bem como a última geração de repetidores e transponders. Espera-se também que o Malbec melhore a confiabilidade e a resiliência dos provedores de serviços de Internet. A NERA Economic Consulting estima que o novo cabo aumentará a penetração da Internet na Argentina em 6%, e em 3% no Brasil.
“O Malbec estenderá a rede da GlobeNet para mais de 26 mil quilômetros, conectando a Argentina com o Brasil, os Estados Unidos, o resto das Américas e os principais pontos de Internet exchange (IXs) na Europa, aproveitando a tecnologia de ponta para entregar as menores latências possíveis. O Malbec possui backhauls redundantes em Las Toninas – Buenos Aires e na Praia Grande – São Paulo, além de pontos de presença (PoPs) em Buenos Aires e em São Paulo. No Brasil, o Malbec inclui uma nova rota submarina entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, ambas com conexões diretas com Fortaleza. Esse projeto demonstra o compromisso contínuo da Globenet em investir na melhoria dos ecossistemas de conectividade e data center da América Latina”, afirma Eduardo Falzoni, CEO da GlobeNet.
“Há um tráfego de comunicações significativo entre Brasil e Argentina, duas das maiores economias da América Latina, e esse tráfego continuará crescendo nos próximos anos. Além disso, o Brasil está se tornando um polo na região para gigantes globais de tecnologia, o que torna ainda mais importante a conexão de alta performance com outros países da América Latina”, analisa Eduardo Carvalho, presidente da Equinix no Brasil.
A Equinix já foi selecionada como parceira de interconexão em mais de 40 projetos de cabos submarinos. Instalar estações nos Data Centers da Equinix aumenta o acesso da GlobeNet a um ecossistema denso de provedores de serviços de cloud e de rede, clientes do setor financeiro, mídia, entretenimento, jogos e comércio eletrônico na Plataforma Equinix.
Tráfego em alta na América Latina

Os cabos submarinos são fundamentais para a conectividade global, uma vez que 99% do tráfego intercontinental atravessa um deles, com aproximadamente 1% do tráfego restante sendo transportado por meio de sistemas de satélite.

Estima-se que o mercado global de cabos submarinos atinja US$ 22 bilhões até 2025, mais que o dobro de 2019, e US$ 30 bilhões até 2027, de acordo com a Norton Rose Fulbright. Uma parte significativa desse crescimento está nos cabos que conectam a América Latina ao resto do mundo.

Os cabos submarinos fundamentais para o crescimento econômico da América Latina devem exigir mais de US$ 1 bilhão em novos investimentos nos próximos três anos. O aumento da demanda por conectividade na região é impulsionado pelo crescimento de serviços como streaming de vídeo, redes sociais, serviços de videoconferência e 5G.

De acordo com o Global Interconnection Index (GXI) Volume 4, um estudo de mercado anual publicado pela Equinix, a interconexão deve crescer a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 50% na América Latina entre 2019 e 2023. Os setores de conteúdo e de mídia digital devem crescer a uma CAGR de 62% em cinco anos, resultando na maior taxa de expansão de todos os setores, em todas as regiões. Buenos Aires, Cidade do México, Rio de Janeiro e São Paulo devem ser as principais áreas metropolitanas nessa região em crescimento de velocidade de interconexão.

cabo submarino entre Brasil e Argentina

Data Centers International Business Exchange Equinix SP2 e SP4

Eduardo Carvalho

Eduardo Falzoni

Equinix

GlobeNet

Malbec

Spatial Division Multiplexing (SDM)

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento