book_icon

Cisco redesenha a infraestrutura da Internet para suportar um futuro mais inclusivo

Diante da demanda crescente por conectividade, empresa continua construindo a Internet do Futuro na era 5G, trabalhando com os principais provedores de serviços na remodelagem das redes atuais
Cisco redesenha a infraestrutura da Internet para suportar um futuro mais inclusivo

A Cisco anunciou durante o evento Cisco Live!, que começou ontem (30/3) e termina amanhã, sua estratégia para ajudar os provedores de serviços de comunicação e empresas de grande escala da Web em todo o mundo a se conectar, proteger e automatizar suas redes para oferecer uma Internet mais robusta e acessível a todos, em qualquer lugar, independentemente das limitações geográficas.

Vivendo na pandemia, pessoas, empresas, governos e comunidades passaram a contar com o poder da conectividade para manter o mundo funcionando. A Internet deixou de ser apenas um item obrigatório e se tornou uma tábua de salvação para que quase todos se conectem às informações e uns aos outros.

A arquitetura da Internet precisa de cuidado e atenção contínuos para atender às demandas das sociedades e das economias, havendo no mundo mais de 3 bilhões de pessoas ainda excluídas digitalmente

A videoconferência disparou quando as pessoas foram forçadas a trabalhar em casa para o aprendizado on-line. Junto com serviços remotos de saúde, streaming de vídeo, jogos e muito mais, o tráfego da Internet aumentou de 25% a 45% em muitas regiões do mundo.

A Cisco prevê que isso é apenas um vislumbre do volume de tráfego que veremos na era 5G, com 29,3 bilhões de dispositivos conectados esperados em 2023. A arquitetura da Internet precisa de cuidado e atenção contínuos para apoiar este cenário futuro, com mais de três bilhões de pessoas ainda sem acesso à Internet, uma exclusão digital contínua em curso, com muitas pessoas sem acesso a informações vitais, ao aprendizado e às oportunidades. Portanto, a necessidade de transformar a forma como construímos as redes é crítica.

“A Cisco passou os últimos cinco anos pesquisando e investindo neste portfólio de inovação, com foco em como ajudar nossos clientes a oferecer a melhor Internet, ao mesmo tempo em que é capaz de aumentar a receita, reduzir seus custos e mitigar riscos”, disse Jonathan Davidson, vice-presidente sênior e gerente geral do Grupo de Infraestrutura em Escala de Massa da empresa.

“Ao ajudar nossos clientes a tomar as decisões certas para suas redes hoje, estamos preparando o mundo para o sucesso, para conectar mais pessoas, lugares e coisas do que nunca. Todos nós podemos olhar para trás neste momento nos próximos dez anos e comemorar como enfrentamos o desafio e fizemos a coisa certa para cuidar da Internet”, observou.

Construir redes para crescer e estender a Internet para mais áreas tem sido um processo desafiador para as operadoras de rede. Atendendo à demanda, a Cisco projetou seu Converged SDN Transport, um projeto para ajudar os provedores de serviços a convergir várias redes em uma infraestrutura comum, econômica e segura, com enorme escala.

Hoje, a empresa está ajudando a simplificar as construções da Internet com sua solução Routed Optical Networking. Com a ótica conectável e coerente da Acacia, avanços em Segment Routing e Ethernet VPN e novos recursos Cisco Crosswork Cloud, as operadoras podem construir redes enxutas, eficientes e fáceis de operar, capazes de suportar os níveis de tráfego esperados com 5G.

Internet do futuro

A Cisco tem trabalhado com os principais provedores de serviços de comunicação e empresas de escala da Web, incluindo Airtel, Altibox, Eolo, Facebook, Google Cloud, Rakuten Mobile, SFR, Telenor, Telia Carrier, Telstra, Websprix e outras para projetar os blocos de construção da Internet do Futuro, proporcionando maior eficiência, agilidade e ganhos de economia.

Cisco Silicon One

Com a introdução de sua arquitetura de rede de silício, Silicon One ™, em 2019, a Cisco oferece a seus clientes uma arquitetura programável e unificada, projetada para melhorar a eficiência operacional e fornecer velocidade e capacidade para a era 5G.

Em apenas 15 meses, a Cisco expandiu a plataforma Cisco Silicon One de uma solução focada em roteamento para uma que também atende ao mercado de comutação em escala da Web, oferecendo dez chips de rede (dispositivos) que variam de 3,2 Tbps a 25,6 Tbps, fazendo dela o roteamento programável de melhor desempenho no mercado.

Gerenciamento de assinantes

A Cisco está lançando seu novo gateway de rede de banda larga nativa em nuvem da Cisco para clientes de telecomunicações (wireline), juntando-se à família Cisco de roteadores de banda larga nativos em nuvem existentes para cabo e móvel. Ele abre um caminho de convergência para uma solução unificada de gerenciamento de assinantes, trazendo mais simplificação e eficiência, enquanto permite que os provedores ofereçam serviços verdadeiramente independentes de acesso seja qual for a localização de onde as pessoas usam esses serviços.

– Avançando no acesso, agregação, borda e redes principais para obter maior desempenho

– A mais recente família de roteadores 8000 da Cisco agora apresenta chips da série Cisco Silicon One Q200 oferecendo até 14,4 Tbps de capacidade total, permitindo switches de escala Web de 32 e 64 x 100G;

– Contém novas placas de linha e chassis para o Cisco Aggregated Service Router (ASR) série 9000 e roteadores do Sistema de Convergência de Rede (NCS) 500 e 5500, proporcionando maior capacidade com economia de capital e custos operacionais.

Cisco Crosswork Cloud

O Crosswork Cloud oferece um novo aplicativo chamado Traffic Analysis, propiciando uma visão abrangente dos pontos de peering da rede. Com esse insight, a análise de tráfego fornece recomendações para otimizar o tráfego na extremidade da rede a fim de ajudar a evitar o impacto na experiência do cliente.

Cisco Business Critical Services

O Cisco Business Critical Services apoia os clientes que buscam uma transformação para as soluções Cisco Routed Optical Networking e Cloud Native Broadband, garantindo uma transição tranquila. Com consultoria em design de arquitetura de rede e planejamento de implementação, o Business Critical Services ajuda a acelerar a migração e mitigar riscos.

Novas opções em Specialized Expertise Scrum Services e Expert-as-a-Service fornecem aos clientes acesso a análises poderosas e ainda maior flexibilidade para escolher conjuntos de habilidades para alimentar suas transições.

Serviço
www.cisco.com

5G

inclusão digital

Internet

Internet do Futuro

Redes

web

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento