book_icon

Tendências do trabalho após um ano de pandemia

Estudo da Microsoft revela os desafios e as oportunidades da nova era do trabalho híbrido
Tendências do trabalho após um ano de pandemia

A Microsoft divulgou nesta segunda-feira (22/3) os resultados de seu primeiro Índice de Tendências de Trabalho (2021 Work Trend Index), baseado no estudo The Next Great Disruption Is Hybrid Work – Are We Ready? O relatório revela sete tendências de trabalho híbrido que todo líder de negócios deve conhecer à medida que o mundo entra em uma nova era de trabalho. O relatório também indica que os líderes empresariais devem resistir ao desejo de ver o trabalho híbrido como um negócio normal. Isso exigirá o repensar de suposições arraigadas.

Para ajudar as organizações durante a transição, o 2021 Work Trend Index descreve as descobertas de um estudo com mais de 31 mil pessoas em 31 países e analisa trilhões de sinais agregados de produtividade e trabalho no Microsoft 365 e no LinkedIn. Ele também inclui perspectivas de especialistas que estudaram colaboração, capital social e design de espaço de trabalho no trabalho por décadas.

Conforme a oportunidade é democratizada com trabalho remoto e movimentação de talentos, veremos uma disseminação de habilidades em todo o país, e este é o momento para os líderes empresariais aproveitarem a oportunidade para acessar habilidades e talentos diferentes que não estavam disponíveis anteriormente

“As escolhas que você faz hoje impactarão sua organização nos próximos anos. É um momento que requer uma visão clara e uma mentalidade de crescimento”, disse Jared Spataro, vice-presidente corporativo do Microsoft 365. “Essas decisões afetarão tudo, desde como você molda a cultura, como você atrai e retém talentos, como pode promover melhor a colaboração e a inovação”, comentou.

As descobertas sugerem que os eventos do ano passado mudaram fundamentalmente a natureza do trabalho. “As tendências de colaboração no Microsoft Teams e no Outlook sugerem que nossas redes contraíram, mas o trabalho híbrido vai reanimá-las. O tempo gasto em reuniões mais do que dobrou globalmente, e mais de 40 bilhões de e-mails foram entregues em fevereiro deste ano em comparação com o ano anterior. O trabalho se tornou mais humano, quase 40% dizem que se sentem mais confortáveis trazendo tudo para o trabalho em casa do que antes da pandemia”, diz o estudo.

Os resultados também mostram que 73% dos trabalhadores entrevistados desejam que as opções flexíveis de trabalho remoto continuem. As publicações de empregos remotos no LinkedIn  aumentaram mais de cinco vezes durante a pandemia. Mais de 40% da força de trabalho global está considerando deixar seu empregador este ano e 46% estão planejando mudar agora, já que podem trabalhar remotamente. Em suma, abordar o trabalho flexível terá impacto sobre quem fica, quem vai e quem entra na empresa.

O relatório revela sete tendências de trabalho híbrido que todo líder de negócios precisa saber ao entrar nesta nova era de trabalho: o trabalho flexível veio para ficar; os líderes estão fora de contato com os funcionários e precisam de um alerta; a alta produtividade está mascarando uma força de trabalho exausta; a Geração Z está em risco e precisará ser reenergizada; redes em redução estão colocando a inovação em risco; a autenticidade aumentará a produtividade e o bem-estar; e o talento está em todo lugar em um mundo de trabalho híbrido.

Além de descobrir o que está em jogo com o futuro do trabalho, o Índice de Tendências de Trabalho identifica cinco estratégias para líderes de negócios à medida que eles começam a fazer a mudança necessária: crie um plano para capacitar as pessoas para extrema flexibilidade; invista em espaço e tecnologia para unir os mundos físico e digital; combata a exaustão digital de cima para baixo; priorize a reconstrução do capital social e da cultura; e repense a experiência do funcionário para competir pelos melhores e mais diversos talentos.

“Durante esta pandemia, observamos uma rápida aceleração de certas tendências pré-Covid. Mas talvez uma das tendências mais interessantes seja esse aumento no trabalho remoto”, disse Karin Kimbrough, economista-chefe do LinkedIn. “Conforme a oportunidade é democratizada com trabalho remoto e movimentação de talentos, veremos uma disseminação de habilidades em todo o país, e este é o momento para os líderes empresariais aproveitarem a oportunidade para acessar habilidades e talentos diferentes que não estavam disponíveis anteriormente”, observou.

Serviço
www.microsoft.com

home office

LinkedIn

Microsoft

Microsoft 365

pesquisa

Trabalho

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

TECNOLOGIA

A um clique das melhores tecnologias

Leia nessa edição sobre carreira

CUSTOMER EXPERIENCE

Cliente no centro de tudo

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Serviços de impressão turbinados

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

TENDÊNCIAS

Cabeça de papel sobrevive no mundo digital

Maio| 2021 | #46 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento