book_icon

Pandemia impulsionou vendas de monitores em 2020

Segundo levantamento da IDC, foram comercializadas mais de 136 milhões de unidades no ano, quase 40 milhões só no último trimestre
Pandemia impulsionou vendas de monitores em 2020

A demanda persistente levou o mercado global de monitores de PC a níveis impressionantes durante o quarto trimestre de 2020 (4T20). O mercado cresceu 16,9% ano a ano, com as vendas ultrapassando 39,2 milhões de unidades. Para todo o ano de 2020, as vendas cresceram 8,3% em relação a 2019, somando 136,6 milhões de equipamentos, de acordo com o último relatório Worldwide Quarterly PC Monitor Tracker, da IDC. Este foi o crescimento mais forte desde que a IDC começou a monitorar o mercado de monitores em 2008.

Segundo o relatório, o alto volume no 4T20 foi alimentado por uma combinação de forte demanda devido aos requisitos de trabalho e aprendizado em casa por conta da pandemia de Covid-19. Embora algumas regiões tenham visto a vida se aproximar dos níveis pré-pandêmicos, as restrições contínuas de vários graus continuaram a ajudar a canalizar os orçamentos dos consumidores para mobiliar suas casas para o trabalho ou entretenimento, mesmo com a baixa ocupação de escritórios inibindo os gastos com monitores comerciais. Ao mesmo tempo, a escassez de componentes, como circuitos integrados de driver de vídeo (ICs) e o aumento dos custos também contribuíram para o crescimento das remessas, já que alguns fabricantes optaram por acumular estoque antes dos aumentos nos preços dos componentes, que poderiam durar até meados de 2021.

A IDC espera que a América do Norte e a Europa ajudem a impulsionar o mercado global a crescer 8,7% em 2021 e, em seguida, esfriar até 2022

As cinco maiores fabricantes do setor comandaram uma parcela menor do mercado geral no quarto trimestre em comparação com o ano anterior, pois os orçamentos de TI continuaram a priorizar outras iniciativas e a ocupação dos escritórios permaneceu baixa. Notavelmente, a Dell e a HP com foco comercial experimentaram leves contrações durante todo o ano de 2020, enquanto os fornecedores com mais foco nos consumidores e menos dependentes de mercados maduros aumentaram coletivamente sua participação de mercado em comparação com o ano anterior.

No 4T20, a Dell Technologies vendeu 7,6 milhões unidades, um crescimento de 6,2% em comparação ao mesmo período de 2019. A HP ocupou o segundo lugar no ranking, com 4,9 milhões unidades vendidas, uma leve queda de 0,6% sobre 2019. A TPV veio em seguida (4,6 milhões), seguida da Lenovo (4,4 milhões) e Samsung (3,8 milhões).

Olhando para o ano de 2020, a Dell Technologies permaneceu na liderança com 26,4 milhões de unidades vendidas, uma leve queda de 0,1% em comparação a 2019; seguida da TPV, com 19,2 milhões de unidades, um crescimento de 9,3% sobre 2019. Em seguida vem a HP, com 18,5 milhões (-0,7% no ano); Lenovo, com 14,3 milhões (6,4%); e Samsung, com 11,7 milhões (30,6%).

“Em meio ao aumento da demanda, a produção teve problemas, então alguns mercados continuam com falta de estoque e podemos esperar mais atendimentos para pedidos pendentes durante a maior parte deste ano. Após 2021, acreditamos que o mercado se estabelecerá em um ciclo de substituição mais rápido baseado em uma taxa de conexão mais alta aos notebooks e um modelo de uso mais ativo dentro de casa”, disse Jay Chou, gerente de Pesquisa da IDC.

Olhando para o futuro, a IDC espera que a escassez de componentes dure pelo menos até o primeiro semestre de 2021. As mudanças no estilo de trabalho também levarão a mudanças no mix de clientes do mercado e no foco geográfico. A IDC espera que tanto o trabalho híbrido quanto a popularidade dos jogos impulsionem a força contínua no mercado de consumo, o que complementará uma recuperação nos gastos comerciais à medida que a ocupação dos escritórios aumentar.

Em termos geográficos, os EUA ultrapassaram a China como o maior mercado em 2020 e provavelmente continuarão sendo o maior consumidor daqui para frente. A IDC espera que a América do Norte e a Europa ajudem a impulsionar o mercado global a crescer 8,7% em 2021 e, em seguida, esfriar até 2022.

Serviço
www.idc.com

Dell Technologies

HP

IDC

Lenovo

Monitor

Samsung

TPV

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento