book_icon

Seu software de gestão precisa de Assessment

Já ouviu falar em Assessment? Caso não, é bom compreender o que é, como funciona e o que esse recurso pode agregar à sua empresa.

Partindo do princípio, o método Assessment é totalmente ligado à gestão de alta performance e, aplicado ao ERP, promete tornar a solução mais eficiente e preparada para receber inovações escaláveis.

Muitas companhias questionam que após alguns anos de uso, o software começa a apresentar baixo desempenho, lentidão e até sérios problemas de integração entre áreas ou processos.

Isso ocorre porque ao longo do tempo as empresas submetem o sistema à diversas modificações, como criação de novos campos, desenvolvimentos, funcionalidades e personalizações.

Em um artigo anterior sobre excesso de personalizações, comentei que muitas delas caem em desuso, acumulando comandos e dados desnecessários, tornando o software extremamente lento e com baixa performance.

Cadastros como o de Produtos, por exemplo, que sofre alterações frequentes, se não bem tratado, tornam-se extremamente poluídos e, por não terem uma codificação inteligente, acabam armazenando dados duplicados.

Nesses casos, é essencial que seja realizado o Assessment da ferramenta – um mapeamento completo de toda a estrutura de base da solução, considerando todos os processos, os ambientes, sistemas agregados, entre outros.

Por meio dessa profunda análise, é possível identificar gargalos no ERP, campos com referência inexistente, tabelas sem índices, erros no dicionário de dados, informações duplicadas, e por fim, estruturar planos de melhorias que melhorem o uso do ERP, reduzam custos e aumentem a performance da ferramenta.

A aplicabilidade do Assessment está relacionada não apenas à otimização do ERP, mas também à conexão da solução com as atuais demandas do mercado, avaliando se o uso do sistema é o adequado, se a solução é aderente e se tem mais apoiado a gestão do que atrapalhado.

Além de todas as questões tecnológicas, um agravante da subutilização da ferramenta é a falta de capacitação das equipes, fazendo com que os profissionais percam interesse por novas rotinas ou funcionalidades do sistema.

O recurso também ajuda na otimização dos processos, onde por meio desse levantamento, é possível compreender se todas as atividades da empresa são executadas da forma mais produtiva possível, se são efetivas e eficientes, e se estão coerentes ao que o mercado espera, garantindo a melhor experiência do usuário.

Por esses e muitos outros motivos que, frente à transformação digital, o Assessment tem norteado melhorias significativas de uso máximo do sistema, fazendo com que as empresas deixem de lado a mentalidade simplória de uso da ferramenta, para uma utilização realmente potencializada.

Por Alan Lopes, CEO da CRM Services

Alan Lopes

assessment

CEO da CRM Services

ERP

software de gestão

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento