book_icon

Oracle comemora resultados financeiros do terceiro trimestre

Receitas totais ultrapassam US$ 10 bi, destaque para os ERPs em Nuvem Fusion e NetSuite, que cresceram 30% e 24%, respectivamente
Oracle comemora resultados financeiros do terceiro trimestre

A Oracle Corporation anunciou os resultados do terceiro trimestre do ano fiscal de 2021. Segundo o relatório, as receitas trimestrais totais aumentaram 3% ano a ano para US$ 10,1 bilhões. As receitas de serviços em Nuvem e suporte de licença aumentaram 5% para US$ 7,3 bilhões. As receitas de licença de Nuvem e licença local cresceram 4% para US$ 1,3 bilhão. O lucro líquido GAAP aumentou 95%, para US $ 5 bilhões, e o lucro GAAP por ação subiu 113%, para US$ 1,68. A declaração de renda GAAP foi impactada por um benefício fiscal líquido único, totalizando US$ 2,3 bilhões, relacionado à transferência de certos ativos entre subsidiárias. O lucro líquido não-GAAP aumentou 10%, para US$ 3,5 bilhões, e o lucro não-GAAP por ação subiu 20%, para US$ 1,16. As receitas diferidas de curto prazo foram de US$ 8,1 bilhões. O fluxo de caixa operacional foi de US$ 14,7 bilhões durante os últimos 12 meses.

Estamos abrindo novas regiões o mais rápido possível para dar suporte ao nosso negócio de infraestrutura de bilhões de dólares em rápido crescimento

“Continuamos a ampliar nossa liderança no mercado de ERP em Nuvem, já que o Fusion ERP cresceu 30% e o NetSuite ERP 24% no terceiro trimestre”, afirmou Safra Catz, CEO da Oracle. “Os negócios de ERP em Nuvem altamente lucrativos e de vários bilhões de dólares da Oracle ajudaram a impulsionar a receita de assinaturas em 5% e a receita operacional em 10% no trimestre. A receita de assinatura agora representa 72% da receita total da Oracle, e esse fluxo de receita recorrente altamente previsível, juntamente com a disciplina de despesas, estão permitindo aumentos de dois dígitos nos ganhos não-GAAP por ação”, observou o executivo.

“Mais uma vez no trimestre, o negócio de infraestrutura em Nuvem Gen2 da Oracle agregou clientes e aumentou a receita a uma taxa superior a 100%”, afirmou Larry Ellison, presidente e CTO da Oracle. “Estamos abrindo novas regiões o mais rápido possível para dar suporte ao nosso negócio de infraestrutura de bilhões de dólares em rápido crescimento. Na frente de aplicativos, os analistas continuam a classificar a Oracle como a número um em ERP em Nuvem e, neste trimestre, a Oracle assinou contratos totalizando centenas de milhões de dólares para migrar várias outras grandes empresas do ERP SAP para o Oracle Fusion ERP”, comentou.

A empresa listou algumas inovações que permitiram o bom resultado no período. A Oracle diz que expandiu seu portfólio de Nuvem com a infraestrutura Oracle Roving Edge para permitir serviços seguros e escaláveis ​​onde quer que os clientes precisem, mesmo nas áreas mais remotas do mundo. Ela também desenvolveu e forneceu um Banco de Dados de Registros Eletrônicos de Saúde (EHR) baseado em Nuvem, além de um conjunto de Aplicativos de Gerenciamento de Saúde Pública para ajudar as agências de saúde pública e provedores de saúde dos EUA a coletar e analisar dados relacionados à Covid-19. A companhia também lançou o Oracle Database 21c com mais de 200 novos recursos, que reforçam a força da estratégia de banco de dados convergente da Oracle.

Serviço
www.oracle.com

Balanço

ERP

Fusion

NetSuite

Nuvem

Oracle

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.