book_icon

Equipe de investigação da Kaspersky ganha reforço

Fabio Marenghi é especialista em engenharia reversa, investigação e prevenção de ameaças
Equipe de investigação da Kaspersky ganha reforço

A Kaspersky reforçou sua Equipe Global de Investigadores e Análises (GReAT – na sigla em inglês) no País com a contratação do brasileiro Fabio Marenghi para o cargo de analista sênior de segurança. O especialista, com mais de 15 anos de experiência em engenharia reversa, investigação e prevenção de ameaças, se junta ao time responsável por analisar os códigos maliciosos em atividade no Brasil, assim como entender em detalhes as novas ferramentas e táticas dos cibercriminosos locais. Os resultados desse trabalho ajudarão a aprimorar a detecção dos produtos da empresa e suportarão os serviços de Threat Intelligence (relatórios de inteligência) locais.

Marenghi possui um vasto conhecimento de programação, atuando no desenvolvimento de ferramentas para auxiliar as atividades diárias de investigação, bem como na criação de códigos de Prova de Conceito (PoCs, em inglês) para demonstrar ataques e vulnerabilidades descobertos.

 A Equipe de Pesquisa e Análise Global da Kaspersky (GReAT) é um grupo de elite de mais de 40 caçadores de ameaças espalhados por 22 países, que trabalham todos os dias para descobrir atividades de ameaças sofisticadas e avançadas

Desde 2005 tem acompanhado o cenário local de ameaças de malware, tendo adquirido experiência e excelente compreensão da API Win32 e do Windows Internals. É proficiente em técnicas binárias de análise estática e dinâmica em múltiplas arquiteturas (x86/64/ARM), e possui profundo conhecimento em automação e classificação de análise de malware e fraudes cibernéticas.

Sua última experiência foi como pesquisador sênior de segurança na Diebold Nixdorf, onde atuava desde 2012. Antes, trabalhou na Gas Tecnologia como analista de pesquisa e desenvolvimento.

“Desde que anunciamos a colaboração do cibercrime brasileiro com o Leste Europeu, os códigos maliciosos nacionais evoluíram muito – e uma prova é a recente e crescente expansão dos trojans bancários brasileiros para o mundo. A chegada do Fabio Marenghi agrega um profundo conhecimento ao time GReAT da Kaspersky e nos permitirá oferecer ainda mais proteção contra ameaças do Brasil e da América Latina, a todos os nossos clientes da região”, destaca Dmitry Bestuzhev, diretor da GReAT da Kaspersky para a América Latina.

A Equipe de Pesquisa e Análise Global da Kaspersky (GReAT) é um grupo de elite de mais de 40 caçadores de ameaças espalhados por 22 países, que trabalham todos os dias para descobrir algumas das atividades de ameaças mais sofisticadas e avançadas – desde campanhas de ciberespionagem patrocinadas por estados a novas ameaças persistentes avançadas (APT) para epidemias globais de ransomware e tendências cibercriminosas clandestinas. Desde sua fundação, em 2008, a GReAT tem divulgado ao mundo detalhes críticos sobre as campanhas de ameaças e grupos cibercriminosos, como o Carbanak e a Equation. Quando apareceram notícias sobre o grupo de hackers Cozy Duke/Cozy Bear atacando servidores DNC em 2016, o GReAT já havia rastreado suas atividades, tendo um blog sobre eles um ano antes.

Serviço
www.kaspersky.com.br

Últimas Notícias
Você também pode gostar
As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.