book_icon

Algar Telecom coloca em operação sua segunda usina solar

Com a Capim Branco II, companhia chegará a um total de 65% no uso de energias renováveis
Algar Telecom coloca em operação sua segunda usina solar

A Algar Telecom, empresa de telecomunicações e TI do Grupo Algar, está colocando em funcionamento sua segunda usina solar, a Capim Branco II. Localizada em Uberlândia (MG), ela foi construída para atender as necessidades energéticas das operações da companhia e tem como parceiros a Pacto Energia e Argon Energias (proprietárias do ativo), e a Alsol Energias Renováveis (responsável pela operação e pela manutenção). O investimento feito pelas proprietárias do ativo foi de cerca de R$ 23 milhões.
Com a inclusão do novo projeto, a Algar Telecom atenderá quase 90% da necessidade de energia das suas unidades de baixa tensão em Minas Gerais, totalizando mil unidades se forem somadas as 280 estações da Capim Branco I. Além disso, ampliará de 18% para 33% o uso de energia fotovoltaica e chegará a um total de 65% no uso de energias renováveis incentivadas. “A busca pela sustentabilidade, junto com fatores como o aumento das tarifas e a redução no preço da energia solar ao longo da última década, vem estimulando os investimentos na geração fotovoltaica”, explica Luis Andrade Lima, vice-presidente de Operações, Tecnologia e Evolução Digital.

A usina já está em operação e gerando créditos para a companhia. Toda a sua capacidade de geração será direcionada para os créditos de energia da Algar Telecom, trazendo um ganho líquido de 5% nas contas da Cemig 

A fazenda solar tem 5,9 MWp de potência, ocupa uma área de 7,93 hectares e conta com 17.820 painéis fotovoltaicos. Considerando a geração prevista de 9.415 MWh/ano, significa que ela seria capaz de abastecer cerca de 5 mil residências, levando em conta um consumo médio brasileiro de 159 kWh/mês (segundo o Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2019 da EPE – Empresa de Pesquisa Energética).
A usina já está em operação e gerando créditos para a companhia. Toda a sua capacidade de geração será direcionada para os créditos de energia da Algar Telecom, trazendo um ganho líquido de 5% nas contas da Cemig.
Matriz elétrica própria
A Algar Telecom decidiu começar a trabalhar com matriz elétrica própria em 2011, após um diagnóstico da área de governança climática, que verificou que a principal fonte de emissão de gases poluentes era fruto do consumo de energia. Em 2013, a companhia passou a gerar energia solar fotovoltaica, com 28 painéis na região de Uberlândia (MG). Em 2018, inaugurou a primeira usina Capim Branco, que fornece energia para 280 estações da Algar Telecom em Minas Gerais.
“Percebemos que, por mais que adotássemos medidas de eficiência, era preciso contribuir de forma mais intensiva e não esperar que o poder público resolva sozinho a questão climática. Decidimos, então, investir em nossa própria geração de energia renovável. Pelos resultados ambientais e socioeconômicos que temos registrado até aqui, podemos afirmar que tem valido muito a pena”, destaca Luis Lima.
O consumo de energia elétrica no Brasil tem um crescimento estimado em 35% até o ano de 2029, segundo o Ministério de Minas e Energia. Para suprir essa demanda, o Brasil precisará de R$ 450 bilhões de investimento até lá.
A Algar Telecom, empresa do grupo Algar, possui um amplo portfólio com soluções de Telecom e TI para atender clientes corporativos (B2B) e do varejo (B2C). A companhia oferece internet por fibra óptica em ultravelocidade, celular de qualidade, serviços de voz, dados, e TI, incluindo serviços de cloud e de segurança de redes, além de sistemas de gestão para pequenas empresas.
O Grupo Pacto Energia é um conglomerado de empresas, que a 20 anos atua nos setores de transmissão, comercialização, gestão de geradores e consumidores do mercado livre e geração de energia por fontes renováveis. Possui um portfólio de mais de 9 GW em projetos/usinas. Através de sua subsidiária a Pacto Geração Distribuída S/A, possui 75% de participação na usina Capim Branco II
A Argon Energias foi criada em 2017, para ser uma das referências em comercialização no setor elétrico, com ênfase em trading e soluções estruturadas. Possui know-how respaldado por profissionais especializados em com larga experiência no mercado: mais de 30 anos atuando no setor de energia elétrica e mais de 15 anos de conhecimento adquiridos na comercialização de energia, somando mais de 50.000 GW/h. Possui 15% de participação na usina Capim Branco II.
 

Algar Telecom

Alsol Energias Renováveis

Capim Branco II

Luis Andrade Lima

Pacto Energia e Argon Energias

segunda usina solar

Uberlândia (MG)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

ENCARTE - ESPECIAL DISTRIBUIÇÃO

Prêmio Excelência em Distribuição, e listagem de distribuidores de TIC

Leia nessa edição sobre carreira

ANÁLISES

Evoluções digitais

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

TECNOLOGIA

Arquitetura descentralizada

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

QUALIFICAÇÃO

Na jornada do conhecimento

Junho| 2021 | #47 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento