book_icon

A revolução do open banking: variedade e qualidade de produtos e serviços financeiros

Conhecido como Sistema Financeiro Aberto, o open banking é a próxima etapa da maior Transformação Digital do nosso sistema financeiro. Ele prevê um ambiente de negócios com compartilhamento de dados entre instituições, com a autorização dos consumidores. Criado pelo Banco Central, seu objetivo é ampliar a competição entre as empresas, oferecendo aos clientes condições mais vantajosas, tanto em termos de qualidade dos produtos como de preços mais competitivos.

Precedido pelas criações do cadastro positivo, sistema que avalia todo o histórico de pagamentos do consumidor para a concessão de crédito, do Pix, plataforma de transações instantâneas, e pela promulgação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), que regulou as atividades de tratamento de dados pessoais, o open banking irá promover uma integração inédita. Ele irá empoderar o consumidor, que terá mais opções de escolha, contribuindo para a entrada de novos players num mercado tradicionalmente restrito.

Essa grande evolução já é realidade em diversos países desenvolvidos, como a Inglaterra. No Brasil, a expectativa é que a primeira fase do cronograma do Sistema Financeiro Aberto tenha início em novembro, com o compartilhamento de dados de canais de atendimento, produtos e serviços entre instituições financeiras. A princípio, apenas os maiores bancos brasileiros serão obrigados a participar do sistema – outras empresas como administradoras de meios de pagamentos e fintechs também poderão participar, desde que compartilhem informações da mesma forma.

Na prática, o open banking prevê que os bancos operem com plataformas abertas, consumindo e compartilhando dados através de APIs, que são conjuntos de rotinas e padrões de programação para acesso a um software ou plataforma online. O consumidor poderá, por exemplo, permitir que um banco concorrente acesse seu histórico no banco em que é correntista há muito tempo, conseguindo adquirir produtos bancários com preços reduzidos ou negociar menores taxas de juros com essa outra instituição.

Porém, o open banking será apenas viável com adaptações na infraestrutura tecnológica das empresas. E isso inclui a implantação de plataformas que permitam a conexão com seus parceiros, requisito básico para funcionamento do sistema. A preferência é que elas sejam flexíveis e de arquitetura abertura, facilitando a integração através de APIs para compartilhamento de dados.

Na esteira das diversas transformações do nosso sistema financeiro, o open banking deve trazer inúmeros benefícios ao consumidor e ao mercado, proporcionando diversas oportunidades e elevando o patamar tecnológico do País. No entanto, sua implantação e adaptação deve nos reservar alguns desafios, que são esperados em momentos de grandes mudanças. Por conta disso, as empresas devem se antecipar, reavaliando sua estrutura e processos, para planejar como será sua integração ao novo sistema.

Por Daniel Arraes, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da Fico para a América Latina

APIs

Daniel Arraes

Fico para a América Latina

Open Banking

PIX

Sistema Financeiro Aberto

Transformação Digital

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento