book_icon

Rensga Esports qualifica-se para o CBLoL 2021

Organização goiana está entre as 10 equipes selecionadas pela Riot Games para ingressar no inédito sistema de franquias do principal campeonato de League of Legends do Brasil
Rensga Esports qualifica-se para o CBLoL 2021

‘É junto dos bão que nóis fica mió’. Nunca uma expressão fez tanto sentido. A Rensga Esports vai disputar o CBLoL 2021 junto com outros nove times que foram escolhidos pela Riot Games para estreiar o novo formato da principal competição de League of Legends (LoL) do Brasil. A conquista marca mais um importante passo em um ano que começou incerto, devido à pandemia do novo coronavírus, mas que termina com todas as metas alcançadas.
“Estar no CBLoL em 2021 sempre foi nosso objetivo imediato neste primeiro ano; mas o anúncio do sistema de franquias fez com que nosso esforço para atingir essa meta precisasse ser imensamente maior, pois não dependeria apenas dos resultados do time”, conta o CEO, Djary Veiga.

Nossa audiência cresceu muito neste ano com a campanha no Circuito Desafiante  

O processo levou quatro meses – de muita ansiedade – com avaliações criteriosas – e misteriosas – da desenvolvedora americana que analisou aspectos muito além da capacidade técnica e financeira. “Toda a nossa estratégia levou em consideração o que temos de mais marcante: nossa capacidade de comunicação e nosso desejo de regionalizar os esportes eletrônicos, trazendo-o para mais perto de todos os públicos do Brasil”, aponta Djary.
A oportunidade amplia e acelera ainda mais o projeto da Rensga. A peneira, realizada no final de 2019 e início deste, já foi uma ação de alto impacto, envolvendo atletas de todo o país. A partir de agora, com novos investimentos que serão captados e potencialização do alcance da equipe, muitas novidades serão implantadas.
“Nossa audiência cresceu muito neste ano com a campanha no Circuito Desafiante. Mas, ainda há público a ser alcançado e que queremos atingir com mais conteúdo, fortalecimento da nossa base e ampliação de nossa estrutura física e profissional”, conclui o CEO.
A organização de esportes eletrônicos surgiu no cenário nacional em 2019 após adquirir uma vaga no Circuito Desafiante de League of Legends, a “2ª divisão brasileira”, abaixo do Campeonato Brasileiro de LoL (CBLoL). Mesmo não se classificando, o time – que chamou a atenção pelo jeito irreverente de se comunicar, enaltecendo sua identidade 100% goiana – marcou o início da regionalização dos esports. Em 2020, estruturou sua base com mais dois times – Rensga Academy e Rensga GO – reforçou sua comissão técnica e terminou o 2º Split do Circuito. Desafiante entre os quatro melhores times com uma campanha surpreendente. Além disso, inaugurou o Centro de Treinamento dentro da Orbi Gaming, um complexo com mais de 800 metros quadrados. Fechou a temporada 2020 entre as 10 organizações qualificadas para o sistema de franquias do CBLoL.
A holding Go Gaming formada por empresários goianos de diversos segmentos promete descentralizar o mercado de games e esportes eletrônicos, até então, concentrado no eixo Rio-São Paulo. Para isso, desenvolveu dois empreendimentos. O primeiro é a Rensga Esports, organização de LoL e CS:GO que figura entre os melhores times do cenário nacional nas duas modalidades. O segundo negócio é a Orbi Gaming, 1ª complexo de entretenimento, focado em games e esportes eletrônicos, do Centro Norte e o 2º maior do Brasil.

campeonato de League of Legends do Brasil

CBLoL 2021

Djary Veiga

Go Gaming

Rensga Esports

Riot Games

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento