book_icon

Hackers invadem contas verificadas no Twitter com prejuízo em bitcoins

A Eset, empresa que atua em detecção proativa de ameaças, compartilha algumas considerações sobre esta recente ameaça
Hackers invadem contas verificadas no Twitter com prejuízo em bitcoins

Um ataque hacker ocorrido nas primeiras horas desta quinta-feira, no Twitter, atingiu contas verificadas de personalidades reconhecidas no mundo inteiro, realizando um golpe que permitiu que os cibercriminosos arrecadassem mais de US$ 118 mil em poucas horas.
Contas como as de Bill Gates, Elon Musk, Barack Obama, Jeff Bezos e empresas como Apple, Uber, entre outras, foram vítimas dos operadores por trás deste golpe massivo em que eles publicavam uma mensagem em nome dos proprietários dos perfis que dizia que “todos os bitcoins enviados para o endereço da próxima carteira serão enviados de volta em duplicidade. Se você enviar US$ 1 mil, eu devolverei US$ 2 mil. Apenas pelos próximos 30 minutos”. Abaixo e na mesma mensagem, o endereço da mesma carteira de bitcoin foi publicado em todos os perfis sequestrados.

Em uma declaração recente, o Twitter assegurou ter executado determinadas ações para limitar o acesso a sistemas e ferramentas internos enquanto continua com a investigação  

Embora não se saiba se todas as transações registradas na carteira de bitcoins estão relacionadas com o mesmo ataque, a verdade é que em pouco mais de cinco horas a carteira registrou mais de 370 transações; número que continua a aumentar com o passar dos minutos.
Logo após o problema começar a causar confusão, a conta oficial de suporte do Twitter informou que a equipe já estava ciente do incidente de segurança que está afetando as contas do Twitter e declarou que estava investigando a situação. A capacidade de postar tweets, alterar a senha e executar outras funções na conta foi desativada durante a análise do ocorrido.
O site da Motherboard da Vice conseguiu entrar em contato com as pessoas envolvidas no sequestro de contas e confirma que foi por meio do uso de uma ferramenta interna do Twitter que os cibercriminosos conseguiram controlar os perfis.
No momento, não há nenhuma declaração oficial do Twitter que explique o que aconteceu nesse ataque sem precedentes, mas de acordo com as informações fornecidas pela Motherboard, ela coincide com os rumores publicados em um fórum em que um usuário alertou que “eles tiveram acesso ao painel de administração de um colaborador do Twitter e isso lhes permitiu assumir o controle da conta que desejavam”.
Em uma declaração recente, o Twitter assegurou ter executado determinadas ações para limitar o acesso a sistemas e ferramentas internos enquanto continua com a investigação. Além disso, foram bloqueadas as contas comprometidas e o acesso aos proprietários das contas originais será permitido somente quando houver certeza de que podem fazê-lo com segurança.
A Eset possui o portal #quenãoaconteca, com informações úteis para evitar que situações cotidianas afetem a privacidade online.
Serviço
www.welivesecurity.com/br

contas verificadas no Twitter

ESET

hackers

prejuízo em bitcoins

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento