book_icon

Altitude Software e Microsoft discutem estratégias para os negócios pós pandemia

Altitude Software e Microsoft discutem estratégias para os negócios pós pandemia

A Altitude Software uniu-se à Microsoft para a organização de uma série de três webinars com o tema “O mundo mudou, você está pronto?”. As lives foram promovidas gratuitamente e contaram com executivos das duas empresas, além de alguns convidados externos. “Vivemos tempos desafiantes e o início de uma nova realidade, o que obriga as organizações a repensarem e se prepararem para ocupar a linha da frente deste novo paradigma.” afirma Miguel Noronha, vice-presidente executivo da Altitude Software.
Moderados por Natalia Bochan, chief marketing officer da Altitude Software, os webinars abordaram, principalmente, o desafio que o mundo enfrenta atualmente e como as empresas deverão se preparar e prosperar nesta nova era. “A crise do coronavírus trouxe a pior instabilidade econômica desde a grande recessão. Como os negócios passam por isso? Estamos convencidos que todas as mudanças trazem oportunidades, mas é necessário analisar muito bem o cenário e nos adaptar à nova realidade.” comenta Bochan.
A primeira live, no dia 13 de maio, trouxe o tema “Contingência e de volta aos negócios”. Neste bate papo, os executivos abordaram quais deveriam ser os dois primeiros estágios da adaptação dos negócios diante do coronavírus. O primeiro é responder e resolver, ou seja, as empresas precisaram proteger o máximo possível os seus empregados e garantir a continuidade dos negócios no regime home office. O segundo, redefinir e retornar – adaptar todos os processos ao trabalho remoto e criar/reprogramar novos processos.
Segundo Eduardo Malpica, chief knowledge officer da Altitude Software, os Contact Centers responderam ao primeiro estágio buscando por soluções auxiliadoras como VPN, bots e gerenciadores de sistema para conseguirem lidar rapidamente com o grande aumento de interações realizadas e, ao mesmo tempo, dar continuidade aos negócios com a equipe em home-office.
Teresa Virgínia, modern workplace business group lead da Microsoft, acrescentou que as chamadas de vídeo foram essenciais para permitir que os times se mantivessem colaborativos e produtivos mesmo a distância. “Em março o Teams comemorou 3 anos com 32 milhões de usuários diários. No final do mês pulou para 44 e, em maio, 75 milhões de usuários diários foram registrados. Nossa plataforma cresceu mais em 1 mês e meio do que em 3 anos de existência.” comentou.
Já no segundo webinar, que teve como tema “Reinventando o futuro” e foi realizado no dia 20 de maio, os executivos falaram sobre o terceiro estágio da adaptação em meio a quarentena, que foi reimaginar e reinventar produtos e serviços de acordo com as novas demandas dos consumidores. Nesse sentido, as organizações precisaram repensar as experiências dos clientes e, por fim, se preparar para inúmeras possibilidades e realizar testes para diversos cenários possíveis.
Foi consenso nas discussões a necessidade de reinventar rapidamente a maneira de fazer negócio, criando formas de manter a empatia e o contato com os clientes a qualquer hora e em qualquer lugar, por meio de ferramentas que ofereçam este tipo de suporte. “As empresas precisam engajar os clientes, enviando comunicados recorrentes e facilitando ainda mais a interação com os atendentes. Também é fundamental oferecer melhorias na experiência do consumidor e investir em automação inteligente para reduzir custos e fortalecer o relacionamento.”, explicou Eduardo Malpica.
No caso de Contacts Center, é necessário seguir buscando por um sistema cada vez mais responsivo. De acordo com Malpica, a demanda cresceu e o ideal é que as empresas atendam esse novo volume de solicitações sem a necessidade de aumentar tanto os times. “Os canais digitais estão disponíveis há alguns anos e é preciso provar aos clientes que eles são tão efetivos quanto o telefone. A vantagem é que esses sistemas são sincronizados, tornando os processos mais eficientes com a mesma quantidade de funcionários. Os consumidores, por sua vez, sentem que tiveram uma jornada positiva por conseguirem resolver seus problemas pelo celular ou notebook.” completa.
Já na terceira e última live, no dia 5 de junho, os participantes falaram sobre “Como antecipar e gerir os novos ‘cisnes negros’?”. Além de uma segunda onda do coronavírus, existem outras potenciais ameaças aos negócios que não podem ser previstas, o que exige preparo para todas as suas possíveis implicações. Os responsáveis da Altitude Software e da Microsoft presentes na conversa também destacaram que as empresas precisam ser flexíveis e ágeis para acompanhar a transformação digital, que já estava em curso mas acelerou muito mais em razão da pandemia, além de estarem sempre preparadas para se proteger de possíveis ataques em uma realidade tão relacionada a cloud e ambiente online.
Para Bojan Magusic, cloud solution architect – security & compliance na Microsoft a segurança deve ser pensada em três pilares: tecnologia, operações e parcerias. “É preciso definir a operação de cibersegurança mais adequada a cada empresa, considerando a transição para o trabalho remoto. Os profissionais da Microsoft estão dedicados a analisar trilhões de sinais de perigo e vários padrões ao longo de áreas diferentes”, contou.
As três sessões completas estão disponíveis e os interessados podem consultá-las através do link: http://business.altitude.com/br/voce-esta-pronto-para-o-novo-normal-altitude-microsoft-webinar.

Altitude Software

Microsoft

Miguel Noronha

Natalia Bochan

O mundo mudou

Teresa Virgínia

você está pronto?

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento