book_icon

Para reverter paralisação, setor de feiras e eventos busca alternativas digitais

Com quase 2 mil eventos alterados neste ano, o setor precisa se reinventar e a aposta é no ambiente digital para continuar atuante com o público
Para reverter paralisação, setor de feiras e eventos busca alternativas digitais

O mercado de feiras e eventos no Brasil vem sendo impactado negativamente pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O setor que recebe mais de 10 milhões de visitantes por ano, hoje tem buscado formas de atrair a atenção e se manterem ativos nesta nova realidade. De acordo com o levantamento da Feiras do Brasil, até 01 de junho de 2020, mais de 1.445 eventos foram alterados no País, 385 adiados sem data prevista e 352 canceladas.
Ainda nesta pesquisa mostra que mais de 39% das empresas não se sentem financeiramente estruturadas para superar esta paralisação e 49% parcialmente. Quanto a retomada das atividades, os profissionais continuam pessimistas, já que 28% dos entrevistados estimam a volta para Agosto e 31% apostam apenas para Setembro.

Quanto a retomada das atividades, os profissionais continuam pessimistas, já que 28% dos entrevistados estimam a volta para Agosto e 31% apostam apenas para Setembro  

Para incentivar a volta consciente, por meio do ambiente digital e com interação online do público, o empresário Richard Deak, com mais de 10 anos de experiência em produção de feiras e eventos corporativos, decidiu investir em uma plataforma totalmente digital, a RD Play, como ferramenta para a transmissão de convenções, lançamentos de produtos e exposição de estandes virtuais, cenografia própria e visitação digital.
“O setor está sendo muito prejudicado com a pandemia, mesmo as grandes, mas há empresas que não conseguirão se recuperar para a retomada, que aliás deve demorar além do desejado, por isso é necessário que se adapte rapidamente, use o que a tecnologia nos oferece de mais moderno e se atualize para essa nova realidade, que irá mudar nossos hábitos para sempre”, explica Deak.
Atento a todas as recomendações de saúde, a RD Play segue todos os protocolos de prevenção e segurança recomendados pelas autoridades sanitárias, como a OMS. “Estamos trabalhando com equipe menor nos espaços, todos utilizando os EPI necessários, como máscaras e luvas, e com álcool em gel e sanitizantes para a desinfecção dos equipamentos”, diz o empresário.

alternativas digitais

RD Play

Richard Deak

setor de feiras e eventos

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento