book_icon

Cinco informações necessárias sobre automação fiscal

Dootax startup de automação de tributos explica mais detalhes sobre esse processo
Cinco informações necessárias sobre automação fiscal

De extrema importância para as empresas, o departamento fiscal é uma das repartições que mais acumulam tarefas nas instituições. Diante das novas tecnologias, startups vêm criando soluções para que os processos de trabalho sejam cada vez mais eficientes e ágeis, acompanhando a transformação do mercado como um todo. A automação fiscal por meio do Robotic Process Automation (RPA) é uma das soluções criada pela Dootax, startup de automação fiscal, com soluções estrategicamente desenvolvidas para reverter o cenário de burocracia fiscal do Brasil. E para explicar mais detalhes sobre como esse processo acontece, seus benefícios e o seu futuro dentro da área fiscal, Thiago Souza, head de marketing da startup, lista cinco informações necessárias sobre essa prática.
O que automação fiscal?
Em poucas palavras, automação fiscal é deixar o trabalho manual, repetitivo e que não agrega valor algum para o profissional que executa, nem para a empresa, à cargo dos robôs. É otimizar processos e reduzir custos dentro do departamento fiscal. Para isso, basta pensar no seguinte cenário: de todas as atribuições desenvolvidas pelo departamento, quais delas eu faço de maneira sistêmica e repetitiva? Quais delas eu não preciso usar muito raciocínio para executá-la? Pois bem, essas tarefas podem ser automatizadas.

Para as empresas a melhor maneira para conviver e lidar com o cenário atual, é realmente pensar em informatização, Transformação Digital e robotização de seus processos. Se alguém tem que fazer um trabalho chato e repetitivo, deixe que um robô o faça. Ele trabalha 24 horas e 7 dias por semana

Quais seus benefícios para as empresas?
Redução de custos, redução de erros, otimizar processos, colocar humanos somente em ações estratégicas e que realmente exijam inteligência ou raciocínio para serem executadas. Melhoria na qualidade do trabalho e também melhoria na qualidade de vida do trabalhador, uma vez que 49% dos funcionários administrativos afirmam que o trabalho manual e repetitivo os impedem de sair no horário.
Essa prática será comum nas empresas em quanto tempo?
Já está sendo uma realidade, a Covid-19 forçou a Transformação Digital em todas as empresas de maneira abrupta e irreversível. Com os trabalhadores impedidos de irem até seus postos de trabalho, observou-se então um grande desafio para todos conciliarem a vida em família (cuidar dos filhos, da casa) enquanto trabalham. Reduzir os trabalhos “chatos” e possíveis de serem automatizados sem sombra de dúvidas melhora a produtividade, reduz custos e melhora a qualidade de vida de todos os envolvidos.
No cenário de Transformação Digital das empresas, como elas podem começar a implementar essa prática no setor financeiro?
Julgo que os pontos a seguir são fundamentais para que possa concluir com sucesso esse processo de transformação digital:
• Repense os processos internos.
• Invista em uma mudança na cultura.
• Promova o desenvolvimento da equipe.
• Adote uma fase de transição.
• Alinhe as mudanças com o restante da organização.
• Encontre as melhores ferramentas digitais.
Qual o futuro da questão tributária no Brasil na sua opinião?
O Brasil é o país mais burocrático do mundo, segundo o World Bank. Aqui gasta-se 1500 horas com a burocracia para pagar impostos, esse número era maior até o ano passado em que gastava-se quase 1900 horas. No Congresso já se discute sobre a reforma tributária e a implantação de um Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), baseado no conceito de Imposto Sobre Valor Agregado (IVA). O único ponto de atenção é que o período de transição dele seria de 20 anos, o que forçaria as empresas a conviverem com os 2 modelos de tributação simultaneamente.
Para as empresas a melhor maneira para conviver e lidar com o cenário atual, é realmente pensar em informatização, Transformação Digital e robotização de seus processos. Se alguém tem que fazer um trabalho chato e repetitivo, deixe que um robô o faça. Ele trabalha 24 horas e 7 dias por semana.
E como a Dootax fará parte dessa transformação?
A Dootax tem como principal objetivo a simplificação do departamento fiscal das empresas. Nossa solução sempre pensa no fluxo completo da cadeia, no pagamento de tributos, por exemplo, com a integração com o ERP Fiscal, ou com o XML da NFe, fazemos as emissões das guias tributárias sem nenhuma intervenção humana, garantindo o compliance e evitando erros humanos de digitação de valores, ou até mesmo esquecimento da emissão de algum tributo, e já fazemos a integração bancária para pagamento.
Com uma única solução, conseguimos otimizar o trabalho do departamento fiscal, financeiro e também TI, pois nossos serviços são em nuvem. Além desses departamentos diretamente afetados podemos citar melhorias para o processo de logística, controllers e governança da empresa. Outro grande diferencial de nossa solução é que não vendemos RPA como serviço, as empresas que fazem isso, sempre que tem qualquer mudança por parte do governo ou por parte dos sistemas que estão integrados, o robô para de funcionar e exige que a empresa faça um novo projeto de adaptação. Nossa solução de RPA Fiscal é encapsulada e entregue de forma pronta como produto para nossos clientes. Qualquer eventual alteração é invisível para nossos clientes.
Serviço

Home


 

automação fiscal

controllers e governança da empresa

Dootax

ERP Fiscal

processo de logística

Robotic Process Automation (RPA)

Thiago Souza

Transformação Digital

XML da NFe

Últimas Notícias
Você também pode gostar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | GESTÃO

A doce ditadura da Governança de Dados

Leia nessa edição sobre carreira

CARREIRA

Profissões do futuro

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

SETORIAL

Área pública: desafios e lucros

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

LEGISLAÇÃO

LGPD Ano Um: uma construção inacabada

Setembro | 2021 | #50 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento