book_icon

Angola Cables reforça parceria com a Linx, hub de interconexão

Os utilizadores terão vantagens acrescidas no desempenho e qualidade de troca de dados
Angola Cables reforça parceria com a Linx, hub de interconexão

A empresa multinacional de telecomunicações Angola Cables no âmbito da sua parceria com a London Internet Exchange (Linx), acaba de aumentar a capacidade da sua porta de 10GE para 100GE. Desta forma, operadores e redes internacionais designadamente de África e América Latina têm a possibilidade de se ligarem a Linx para suportar o crescimento do tráfego IP intercontinental: Américas Latina – Africa – Europa.
O upgrade da capacidade da porta deverá permitir o crescimento sustentado de tráfego com origem na América do Sul e Costa oeste de África em busca de conteúdos na Europa com benefícios para as redes como a redução de latência, eficiência de custos, localização ou aproximação do conteúdo ao consumidor final.
O diretor técnico da Angola Cables, Fernando Azevedo, afirma que “o aumento da capacidade na conexão entre a Angola Cables e a Linx permite um maior volume de tráfego IP através das facilidades de peering (troca de tráfego) com diversas redes em Londres. Os utilizadores terão vantagens acrescidas no desempenho e qualidade de troca de dados”.

O aumento da capacidade na conexão entre a Angola Cables e a Linx permite um maior volume de tráfego IP através das facilidades de peering (troca de tráfego) com diversas redes em Londres  

Segundo o TeleGeography * a largura de banda na América Latina cresceu 39% no período entre 2014 – 2018. Numa análise simplificada o estudo afirma que o consumo de dados na região praticamente duplica a cada dois anos.
Jennifer Holmes, Chief Commercial Officer (CCO) da Linx afirma “estamos muito satisfeitos em poder acolher novos membros da LINX oriundos de regiões como a América Latina e África, vemos esta parceria com a Angola Cables como o acelerador deste processo. Por exemplo, as redes cujo utilizadores finais pretendem se conectar com a indústria de gaming estão a sentir uma grande melhoria, particularmente devido a opção de peering em Londres, o que optimiza o desempenho com qualidade e baixas latências”.
A Angola Cables é uma multinacional do sector das TIC´s com soluções diferenciadas de conectividade para o segmento wholesale e corporate. Com uma infraestrutura de transporte robusta e rede IP altamente interconectada a Angola Cables providencia acesso aos maiores IXP´s, Operadores Tier 1 e Provedores de conteúdos globais.
Através dos sistemas de cabos submarinos SACS, Monet e WACS conectamos as Américas, África e Europa assegurando ligações para a Ásia via parceiros. Gerimos o Data Center Tier III AngoNAP Fortaleza (Brasil) e o AngoNAP Luanda (Angola) bem como, o PIX e o Angonix, um dos maiores Internet Exchange Point de África.
Providenciamos serviços digitais para múltiplas indústrias e uma oferta customizada em recursos de cloud e gaming.
Serviço
www.angolacables.co.ao
www.linx.net
www.jedix.net
 

Angola Cables

Fernando Azevedo

hub de interconexão

Jennifer Holmes

London Internet Exchange (Linx)

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.