book_icon

Kaspersky: quase 30% das empresas que usam IoT já sofreram incidentes de segurança

Pesquisa mostra ainda que tais riscos não desmotivam os investimentos das empresas em IoT, mas elas precisam tomar cuidados com a implementação de medidas de segurança
Kaspersky: quase 30% das empresas que usam IoT já sofreram incidentes de segurança

internet das coisas industrialO novo relatório da Kaspersky Superpoderes trazem super-responsabilidades: vantagens e desafios da IoT nas empresas mostrou que quase dois terços (61%) das empresas do mundo todo implementaram aplicações corporativas de Internet das Coisas (IoT) em 2019. A tecnologia traz benefícios para as empresas, com economias, novas receitas e maior eficiência operacional, mas o fato de 28% das organizações terem sofrido incidentes de cibersegurança reforça a necessidade de proteção à IoT.
O relatório da Kaspersky mostra ainda que o uso de plataformas da IoT aumentou em quase todos os setores, sendo esse crescimento mais significativo nos segmentos de hospitalidade (de 53% em 2018 para 63% em 2019), serviços de saúde (de 56% para 66%) e financeiro (de 60% para 68%). Em 2019, os setores de TI & telecomunicações (71%) e financeiro (68%) adotaram a IoT mais do que todos os outros segmentos. As plataformas de IoT são aplicadas em diversos casos: cidades inteligentes, smart grids, transportes e logística, assim como na automatização industrial e em sistemas conectados de calefação, ventilação e condicionamento de ar (HVAC).

A IIoT é uma poderosa aliada na geração de negócios, mas, para colher seus frutos, as organizações precisam investir uma quantidade considerável de esforços. Além de conhecimento e dedicação aos processos de negócios, sua implementação requer cuidados com a cibersegurança  

Nem os riscos desencorajaram o uso da IoT. A pesquisa da Kaspersky mostra que 28% das empresas que usam plataformas de IoT afirmaram ter sofrido incidentes envolvendo dispositivos conectados no último ano. As consequências de tais incidentes podem ser graves, uma vez que sensores e dispositivos inteligentes coletam terabytes de dados e algumas informações são sigilosas. Além disso, as plataformas de IoT podem estar conectadas a sistemas críticos, como controle de tráfego – ou transporte – ou abastecimento elétrico.
“É claro que a IoT ultrapassou o estágio de ‘euforia’; e não estamos dizendo que não haja euforia, mas há sérios processos técnicos e de negócios que devem ser implementados. O maior desafio que o setor enfrenta é a resistência à mudança ou, para ser mais radical, à mudança mais eficiente. A IoT industrial representa grandes mudanças em todos os segmentos e é preciso adequar-se a isso”, comentou o Dr. Richard Soley, diretor executivo do Industrial Internet Consortium.
“A IIoT é uma poderosa aliada na geração de negócios, mas, para colher seus frutos, as organizações precisam investir uma quantidade considerável de esforços. Além de conhecimento e dedicação aos processos de negócios, sua implementação requer cuidados com a cibersegurança”, afirma Grigory Sizov, chefe de negócios do KasperskyOS. “É necessário que as empresas, desde o estágio inicial de implementação da IoT, apliquem medidas para garantir a segurança dos equipamentos, assim como a proteção técnica e organizacional, a privacidade de dados, entre outros. E nós, da Kaspersky, queremos ajudar os nossos clientes a direcionar as suas tarefas desenvolvendo essas soluções de segurança”, completa o executivo.
Para aproveitar os recursos e benefícios da IoT com segurança, a Kaspersky recomenda que as organizações tomem as seguintes medidas:
• Avaliem o status da segurança de seus dispositivos antes de sua implementação. Os dispositivos que têm certificados de cibersegurança e os produtos de fabricantes que prestam mais atenção à segurança de informações devem ganhar preferência.
• Realizem auditorias de segurança regulares e forneçam relatórios de Threat Intelligence atualizados para as equipes de segurança responsáveis pela proteção de sistemas de IoT.
• Estabeleçam procedimentos para obter informações sobre vulnerabilidades no software e em aplicativos, assim como mantê-los atualizados para garantir uma resposta rápida e adequada a qualquer incidente.
• Implementem soluções de cibersegurança desenvolvidas para analisar o tráfego de rede para detectar e impedir ataques à IoT. Depois, integrem a análise ao sistema corporativo de segurança de rede.
• Usem dispositivos IoT seguros. O Kaspersky IoT Secure Gateway utiliza o sistema operacional KasperskyOS e foi desenvolvido para assegurar a proteção do próprio gateway, assim como de todos os dispositivos conectados e sistemas de IoT.
Para mais informações, leia o relatório Superpoderes trazem super-responsabilidades: vantagens e desafios da IoT nas empresas.

Grigory Sizov

IIoT

incidentes de segurança

IoT

Kaspersky

Kaspersky Superpoderes

Richard Soley

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | PRÊMIO A ESCOLHA DO LEITOR

As indicações do usuário

Leia nessa edição sobre carreira

CÓDIGO ABERTO

Kubernetes rumo à Nuvem

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

LEGISLAÇÃO

Importações desafiam as empresas

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

COMUNICAÇÕES

5G: Será que agora vai?

Outubro | 2021 | #51 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento