book_icon

RCS Business Messaging é uma aposta quando o assunto é a experiência do consumidor

Alternativa ao SMS, serviço de mensagens nativo dos aparelhos Android propicia às marcas uma comunicação mais assertiva com o cliente
RCS Business Messaging é uma aposta quando o assunto é a experiência do consumidor

O Google tem investido cada vez mais e já disponibiliza para seus clientes o seu serviço de mensagens Rich Communication Services – RCS. Trata-se de uma modernização do SMS, trazendo recursos parecidos com os do WhatsApp, como o envio de conteúdos multimídia (áudios, imagens e vídeos de alta resolução). Também será possível anexar arquivos, enviar figurinhas e até mesmo GIFs. Voltado às empresas, o RCS Business Messaging pode proporcionar uma comunicação mais assertiva com os clientes.
Segundo Julio Moretti, head de inovação da Mindbe, empresa de tecnologia e design de atendimento e parceira do Google na elaboração do protocolo do RCS Business no Brasil, uma das vantagens do sistema é permitir que qualquer pessoa com um smartphone se comunique sem precisar instalar aplicativos como o WhatsApp, Telegram ou Facebook Messenger, já que o RCS é nativo dos aparelhos Android.

Com o investimento do Google e a adesão das operadoras brasileiras – Vivo, Oi e Claro já disponibilizam o serviço aos seus clientes –, o RCS estará cada vez mais presente no cotidiano das marcas
Moretti afirma que as marcas devem investir mais no RCS a partir de 2020, e empresas do setor de finanças e telecomunicações poderão começar a realizar testes com o serviço. Ele ressalta que, embora as companhias ainda procurem soluções especializadas no atendimento via WhatsApp Business, o RCS ganhará força devido ao seu custo menor quando comparado ao aplicativo de mensagens instantâneas concorrente.
Peculiaridade
Uma peculiaridade do RCS Business é sua tecnologia de código aberto, que permite que as empresas personalizem a comunicação com os consumidores. Na prática, é possível fazer modificações específicas, como a alteração das cores no aplicativo enquanto o cliente conversa com a marca, de modo a reforçar a identidade visual da empresa.
Ao invés do envio de notificações, os usuários finais e empresas poderão realizar conversas por meio do RCS, o que promove uma transformação também no modelo de negócios, que passa a ter a opção de cobrança por sessão, além da tradicional por mensagem enviada. As conversas por RCS no formato Business acontecem por meio de apps compatíveis com o padrão como o Android Messages, do Google.
Todas essas possibilidades oferecem às companhias oportunidades de negócio, para que a experiência do cliente se torne cada vez mais ágil e melhor no ambiente digital. Com o investimento do Google e a adesão das operadoras brasileiras – Vivo, Oi e Claro já disponibilizam o serviço aos seus clientes –, o RCS estará cada vez mais presente no cotidiano das marcas.
Para o executivo, a ferramenta deverá ser uma forte tendência em CX. “Viver de perto o nascimento de uma ferramenta que vai movimentar o setor é, no mínimo, uma honra. Além de estarmos aprendendo muita coisa com os parceiros que estão envolvidos no projeto, seremos, mais uma vez, pioneiros na experiência do consumidor no Brasil”, finaliza.

experiência do consumidor

Google

Julio Moretti

MindBe

RCS

RCS Business Messaging

Rich Communication Services

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento