Tendências

Millennials já representam 51% dos consumidores do mercado imobiliário digital no Brasil

Levantamento realizado pela Today analisa o comportamento dos millennials, que representam 25% da população brasileira, e que preferem (80%) alugar a comprar imóvel

A agência de transformação digital Today fez um levantamento sobre o comportamento da geração millennials no mercado imobiliário brasileiro, a partir de um compilado de dados de diversas pesquisas disponíveis no mercado para analisar suas preferências, peculiaridades e como o setor deve olhar para esse público.

“Nesse levantamento nosso objetivo é entender as mudanças que esse público está trazendo para o mercado e quais as transformações necessárias para atender suas expectativas, oferecendo experiências marcantes que eles valorizam muito,” explica Adilson Batista, fundador e diretor de estratégias da Today.

Fazem parte da geração de novos consumidores, chamados de millennials, pessoas que nasceram após a década de 80. Os millennials representam cerca de 25% da população brasileira, o que corresponde a aproximadamente 52 milhões de pessoas, ou seja, um público extremamente relevante, maior que a população da Espanha, de acordo com dados da Euromonitor.

Os millennials representam cerca de 25% da população brasileira, o que corresponde a aproximadamente 52 milhões de pessoas

Segundo a Brasil América Economia, 76% das pessoas que compõem essa faixa etária e procuram imóveis para alugar ou comprar têm entre 25 e 34 anos. 51% desse público buscam informações pela internet, utilizando os sites de classificados de imóveis.

Esse grupo tem algumas características bem definidas como serem nativos digitais, valorizarem o tempo, serem cidadãos do mundo, procuram manter um consumo ético e sustentável, dão preferência ao aluguel, têm maior adaptabilidade a mudanças, entre outras.

Quando se analisa que tipo de imóvel os millennials buscam, geralmente são apartamentos menores em áreas urbanas, próximos ao local de trabalho que ofereçam flexibilidade, pois não se prendem aos lugares por muito tempo. 41% dos millennials podem deixar o trabalho em que estão após dois anos, o que tende a levá-los a mudar também o local onde moram. Justamente, por isso, 80% preferem alugar ao invés de comprar um imóvel, de acordo com a Euromonitor.

No entanto, independente da situação econômica do País, sempre haverá demanda por imóveis, porque habitação é uma prioridade para as pessoas e o mercado imobiliário gira em torno das vendas e locações. Por isso, enquanto uma grande porcentagem questiona a posse de grandes investimentos, existe ainda uma parcela relevante, algo em torno de 22%, que enxerga a casa própria como prioridade número um. Ainda que, a opção pela compra seja feita um pouco mais tarde, a partir dos 30 anos.

“A transformação faz parte da nossa vida, hoje mais do que nunca tudo se transforma rapidamente. Se as pessoas e as empresas não acompanharem a velocidade dessas mudanças ficarão para trás. A transformação digital nos negócios é indispensável para crescer nessa nova economia. O setor imobiliário como todos os outros precisa se atualizar para se manter ativo e avançar na conquista de novos mercados,” afirma Batista.

O olhar do mercado imobiliário
É fundamental para o mercado acompanhar o comportamento desse público, conhecer suas necessidades e o que busca na hora de adquirir ou alugar um imóvel. As formas de negociações também devem ser adaptadas de maneira a atender as expectativas dessa nova geração de clientes.

Os millennials priorizam a experiência, seja de atendimento, qualidade do serviço e do produto, são exigentes e atentos, além de ser considerada a geração mais influenciadora de todos os tempos. Criar uma relação de confiança e empatia pode fazer a diferença na hora de fechar um negócio.

Uso da tecnologia para comprar
De acordo com o Linkedin, a tecnologia digital apresentou um novo caminho, tanto para quem vende como para quem compra ou aluga um imóvel, cerca de 90% dos compradores usam o ambiente online no processo de aquisição de imóveis. O Smartphone passou a fazer parte da rotina do consumidor, 82% dos millennials afirmam possuir um aparelho, o que os tornam consumidores altamente influenciadores. Em contrapartida, as marcas passam a ter oportunidades constantes de se conectar com seus clientes.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos