book_icon

Positivo Tecnologia cria fundo de investimentos de participações e faz primeiros aportes

Estratégia é atuar em novas verticais de negócios por meio de investimentos em startups e empresas que democratizam o acesso a novas tecnologias
Positivo Tecnologia cria fundo de investimentos de participações e faz primeiros aportes

A Positivo Tecnologia criou um fundo de investimento de participações (FIP) para acelerar empresas de base tecnológica. Os primeiros aportes ocorreram no primeiro trimestre de 2019 e foram direcionados à duas startups do mercado de agronegócios: a AgroSmart e a @Tech. Fundada em 2014, a Agrosmart oferece uma plataforma integrada que monitora dados na lavoura e gera modelos agronômicos inteligentes que auxiliam na tomada de decisões de produtores rurais e empresas dos segmentos da agroindústria, alimentos e bebidas. Já a @Tech, criada em 2015 na incubadora da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (USP), oferece uma plataforma de inteligência de mercado e inteligência artificial para identificar o momento adequado para negociar bovinos entre pecuaristas e frigoríficos.

A escolha das startups para aportes iniciais do FIP da Positivo Tecnologia está alinhada à estratégia da empresa de expandir a participação em novas áreas de negócios. Outros investimentos serão feitos ao longo dos próximos anos, pois a intenção é utilizar o fundo para ampliar a atuação da companhia em áreas como Internet das Coisas, Big Data, Blockchain e inteligência artificial. “Fizemos estudos para acompanhar tendências e identificar as áreas que deveríamos investir. Além disso, analisamos segmentos econômicos em que o Brasil pode se diferenciar tecnologicamente. Compreendemos que o agronegócio é um dos mais proeminentes”, diz Graciete Lima, consultora de Novos Negócios da Positivo Tecnologia.

Outros investimentos serão feitos ao longo dos próximos anos, pois a intenção é utilizar o fundo para ampliar a atuação da companhia em áreas como Internet das Coisas, Big Data, Blockchain e inteligência artificial 

A estratégia de investimento em novos negócios da Positivo Tecnologia foi reforçada com a alteração da Lei da Informática em 2018, que permitiu investimentos em outras empresas. A atualização da lei permitiu que parte da obrigação de investimentos em P&D fosse alocada em empresas de base tecnológica.

Além dos aportes realizados, a Positivo Tecnologia oferece apoio estratégico, suporte operacional e acesso facilitado a rede de parceiros para gerar maior tração e desenvolvimento dos negócios das empresas investidas. “A expectativa é fazer com que a AgroSmart e @Tech se tornem líderes nos mercados de atuação e que a evolução seja refletida em nossos resultados”, diz Graciete.

Para viabilizar o aporte, a Positivo Tecnologia classificou o potencial e nível de soluções inovadoras das startups escolhidas. Com o investimento, a Agrosmart deve acelerar o desenvolvimento de seu funil de vendas e ampliar a capacidade de acesso ao mercado. “O aporte da Positivo aumenta nossas possibilidades de entregar inteligência a diferentes partes da cadeia produtiva e contribui para uma agricultura mais eficiente, sustentável e resiliente ao clima”, afirma Mariana Vasconcelos, CEO e co-fundadora da AgroSmart.

Enquanto as soluções da AgroSmart estão voltadas principalmente para agricultura, a @Tech inova ao colaborar com o setor pecuário. A @Tech criou uma plataforma para auxiliar a tomada de decisão e indicar o melhor momento de negociar bovinos para a indústria, a partir da curva de lucro individual. A plataforma, chamada BeefTrader, baseia-se em informações de mercado e monitoramento instantâneo. “Com o apoio da Positivo, implementamos um sistema de governança e pudemos acessar uma rede de parceiros qualificados que estão contribuindo com nossa estratégia de atuação no mercado”, reconhece o CEO Tiago Albertini.

No Brasil, a agropecuária movimentou quase US$ 300 bilhões (ou R$ 1,4 trilhão do PIB em 2018) de forma direta e indireta. A cadeia de proteína animal é responsável por cerca de dois milhões de empregos diretos e indiretos. “Temos consciência das oportunidades de mercado e a certeza de que a Agrosmart e a @Tech cumprem o papel de otimizar processos e potencializar ganhos no campo, de forma sustentável”, diz Graciete Lima.

 

AgroSmart e a @Tech

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

FIP

fundo de investimentos de participações

investimentos em startups e empresas

Lei da Informática em 2018

Positivo Tecnologia

Tiago Albertini

Universidade de São Paulo (USP)

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital
Edição do mês

Leia nesta edição:

Leia nessa edição sobre tecnologia

CAPA | TECNOLOGIA

5G impõe seu ritmo

Leia nessa edição sobre carreira

MERCADO

Brincadeira de gente grande

Leia nessa edição sobre setorial | saúde

GESTÃO

Backup: a última linha de defesa

Esta é para você leitor da Revista Digital:

Leia nessa edição sobre sustentabilidade

NEGÓCIOS

Terceirização de equipamentos

Maio 2022 | #57 - Acesse:

Infor Channel Digital

Baixe o nosso aplicativo

Google Play
Apple Store

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento