book_icon

Com tecnologia da Schneider Electric, UFS conquista ambiente para operação de missão crítica

Modernização de parque tecnológico contou com investimento de pouco mais de R$3 milhões e viabilizou aumento da capacidade de armazenamento
Com tecnologia da Schneider Electric, UFS conquista ambiente para operação de missão crítica

 No último ano, para suprir a carência de missão crítica e ainda problemas como falhas de energia, climatização e segurança, a Universidade Federal de Sergipe – UFS-  tomou uma importante decisão: reformular seu parque tecnológico, criando assim um ambiente propício para operações digitais contínuas capazes de manter os serviços da instituição ininterruptos para seus mais de 30 mil alunos e mais de 3000 técnicos e professores. O investimento de mais de R$ 3 milhões em novos ativos – como um Data Center de Tier II -, por exemplo, permitiu à universidade trabalhar com disponibilidade 24×7. E para auxiliar no processo de construção dessa nova infraestrutura, a UFS encontrou na Schneider Electric, empresa global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, a parceria ideal.

Tecnologia aplicada
No ambiente educacional, dispor de uma infraestrutura de TI voltada à missão crítica é algo fundamental, ainda mais em uma universidade com a dimensão da UFS: seis campus e dois hospitais universitários – sendo sua Sede em São Cristóvão – SE. “Esse tipo de tecnologia, que visa a alta performance das operações de TI, é o que garante aos estudantes o constante acesso aos conteúdos e serviços da universidade de onde quer que estejam. Prover essas soluções de forma confiável e segura, garantindo que nossos clientes se transformem digitalmente, é nosso papel”, afirma Luciano Santos, vice-presidente de ITD da Schneider Electric Brasil.

Esse tipo de tecnologia, que visa a alta performance das operações de TI, é o que garante aos estudantes o constante acesso aos conteúdos e serviços da universidade de onde quer que estejam 

Para reformular o parque tecnológico da UFS a Schneider Electric realizou o Retrofit – modernizações da infra já existente-  dos equipamentos, processo que permitiu à universidade adaptar um ambiente de oito containers para acomodação da sala de equipamentos de TI e da Rede Nacional de Pesquisas – RNP, organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Além disso, a multinacional francesa ainda implementou um projeto para a construção de um novo Data Center composto por diversos equipamentos de tecnologia de alta disponibilidade e eficiência energética, que vão desde a alimentação de energia elétrica em média e baixa tensão com painéis elétricos gerenciáveis TTA à infraestrutura do próprio Data Center, tais como: Racks Netshelter, UPS Modulares hotswap Symmetra, Ar-condicionado de precisão InRow com sistema de confinamento térmico em corredores e dispositivos de monitoramento ambiental Netbotz, integrados ao software de supervisão do Data Center – Dcim da plataforma EcoStruxure IT da Schneider Electric. Este modelo de implantação garante a Universidade o gerenciamento de todos os ativos do Data Center de forma proativa e preventiva minimizando os riscos de interrupção de quedas de energia e sobrecarga de temperatura em seus equipamentos.

Hoje, além de maior disponibilidade de serviços digitais, a UFS conta com aumento da capacidade de armazenamento de informações e dados da universidade, entre outros benefícios. “Com as soluções da Schneider Electric passamos a ter total controle e gerenciamento do ambiente de TI. Antes, nosso Data Center ficava em uma sala comum, mas agora temos um novo espaço próprio para ambientar os equipamentos de forma correta – o que nos garante segurança e confiabilidade das operações, dados e ativos. Além disso, vale ressaltar que todo o trabalho da Schneider foi feito com muito profissionalismo. É uma empresa muito sólida”, comenta Andrés Menéndez, Superintendente de Tecnologia de Informação da UFS.

Andrés Menéndez

capacidade de armazenamento

Data Center de Tier II

Luciano Santos

missão crítica

parque tecnológico

retrofit

Schneider Electric

Transformação Digital

UFS

Universidade Federal de Sergipe

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou qualquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.
Revista Digital

Agenda & Eventos

Cadastre seu Evento