Informe aqui

Abimed debate tecnologia digital na Saúde

“A próxima década será uma era de ouro para a Saúde, impulsionada pela transformação digital. Haverá um aumento expressivo do mercado, redução do desperdício, e uma nova maneira de pensar a saúde, entender o paciente e tomar decisões”.

A afirmação é de Fabricio Campolina, coordenador do Grupo Saúde 4.0 da Abimed – Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para Saúde, que participou do painel “Indústria 4.0 na Saúde: A Medicina do Futuro”, no Global Summit Telemedicine & Digital Health.

O mercado global de produtos para saúde deve dobrar de tamanho nos próximos 10 anos, passando de U$ 400 bilhões para U$ 800 bilhões, segundo projeções da consultoria Kpmg. Estudos realizados nos Estados Unidos preveem uma redução potencial de desperdícios da ordem de US$ 300 milhões em igual período.

“Já o volume de dados gerados por tecnologias como Inteligência Artificial e Internet das Coisas possibilitarão grande compartilhamento de informações e uma nova abordagem do paciente, mudando de maneira expressiva a tomada de decisão por parte dos profissionais de saúde”, destacou Campolina.

Segundo Carlos Goulart, presidente-executivo da Abimed, a tecnologia digital está levando a indústria de saúde a se repensar, rever seu posicionamento e adotar novos modelos de negócios. O executivo apresentou a visão da indústria no painel “Ganhos em produtividade através da Tecnologia: Gestão da Saúde do Futuro”.

“Esse ambiente em transformação é marcado pela entrada no mercado de startups e empresas oriundas de outros setores, como o de tecnologia da informação. Já estão acontecendo inúmeros acordos de cooperação entre a indústria tradicional e a de TI, aliando a expertise em produtos com a tecnologia digital”, analisou.

Goulart ressaltou que as transformações estão impactando inclusive a cadeia de fornecimento da saúde – composta por fabricantes, distribuidores, prestadores de serviço e operadores de saúde. Dependendo da necessidade, explicou, pode ocorrer uma recomposição nessa estrutura e a cooperação entre parceiros que não costumavam trabalhar em conjunto.

A Abimed congrega 215 empresas de tecnologia avançada na área de equipamentos, produtos e suprimentos médico-hospitalares. Criada em 1996, é sócia-fundadora do Instituto Coalizão Saúde, membro do Conselho Consultivo do Instituto Ética Saúde e foi a primeira entidade da área da Saúde a criar e implementar um Código de Conduta para as empresas. A associação também coopera com a Anvisa e com órgãos públicos da Saúde, fomentando a implementação de políticas e regulamentações que proporcionem à população acesso rápido a novas tecnologias e a inovações, em um ambiente ético de negócios.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório

Agenda & Eventos