Tecnologia

T-Mobile adota Fico Cyber Score para mensurar risco da cadeia de suprimentos

Solução permite que equipes quantifiquem e gerenciem o risco cibernético de seus parceiros, agilizando tanto a integração de fornecedores quanto o monitoramento contínuo

DESTAQUES:

• O Fico Cyber Risk Score será a principal medida de quantificação de risco cibernético no programa de gerenciamento de fornecedores da T-Mobile, uma das principais operadoras de telefonia móvel dos EUA.
• A solução provê uma medida objetiva e empírica do risco de violação cibernética futura, oferecendo aos usuários a avaliação de risco mais precisa do mercado atualmente para monitoramento contínuo.
• Novas regulações de conformidade, como O Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE – Gdpr e a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia – Ccpa, estão acelerando a necessidade de identificação e gerenciamento da cadeia de suprimentos e de seu risco de segurança cibernética.

A Fico anunciou que a T-Mobile, uma das principais operadoras de telefonia móvel dos EUA, usará o Fico Cyber Risk Score como a métrica de risco quantitativa principal em seu programa de gerenciamento de fornecedores. O score, que indica a probabilidade de uma organização ser violada, ajudará a T-Mobile a avaliar a eficácia dos procedimentos dos fornecedores na proteção de dados. O aprimoramento do gerenciamento de riscos de terceiros permitirá que a T-Mobile tome ações para reduzir problemas na cadeia de suprimentos.

Serviço:https://cyberscore.fico.com

O movimento reflete a evolução do gerenciamento de risco de fornecedores em um mundo digitalmente conectado, onde quase todas as relações de negócios envolvem a troca de dados em diferentes graus de sensibilidade. As novas regulamentações têm exigido mais responsabilidade das organizações para entender e gerenciar o risco de vazamento de dados, tanto internamente quanto por meio de interações com terceiros. O Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE – Gdpr recentemente adicionou nova granularidade a esses requisitos, exigindo que as empresas gerenciem a exposição à vazamento de dados por conta de parceiros da cadeia de suprimentos. Uma avaliação precisa e contínua do risco de violação pode ajudar as companhias a priorizar o trabalho de sua segurança cibernética e de sua equipe de gerenciamento de terceiros.

O Fico Cyber Risk Score é baseado em bilhões de indicadores de risco cibernético que são monitorados via internet. A tecnologia utiliza machine learning para interpretar práticas de segurança de rede de milhares de organizações que já foram violadas, usando preditores para amplificar os sinais associados ao risco de vazamento de dados. O Fico Cyber Risk Score é parte do Fico Enterprise Risk Suite, que fornece uma estrutura para descobrir, compartilhar e monitorar o risco cibernético de terceiros e de outras partes – fornecedores de fornecedores, em uma cadeia de suprimentos estendida.

“O objetivo do modelo é prever acuradamente qualquer violação cibernética nos próximos 12 meses”, disse Doug Clare, vice-presidente de soluções de segurança cibernética da Fico. “O algoritmo gera um score com uma variação dinâmica de mais de 24x, o que significa que as organizações com um score mais baixo têm um risco de violação 24 vezes maior do que aquelas com as pontuações mais altas. Nossa capacidade de discernir riscos com precisão dá aos nossos clientes a confiança para concentrar seus recursos limitados em fornecedores que realmente exigem o maior controle”.

“Estamos ansiosos para ampliar nosso relacionamento com a T-Mobile e cobrir o risco de sua cadeia de fornecimentos”, disse Shawna Morgan, diretora de telecomunicações, mídia, entretenimento e tecnologia da Fico. “A Fico tem um relacionamento longo e bem-sucedido com a T-Mobile em várias estâncias de gerenciamento de risco. Como sua fornecedora, agradecemos a oportunidade de ajudar a companhia a atualizar a capacidade de avaliação de risco de sua cadeia de suprimentos”.

A necessidade de maior controle e gerenciamento de riscos advindos de terceiros também tem crescido no Brasil. “Com a integração cada vez maior entre os sistemas das empresas, o risco de vazamento de dados também tende a aumentar. Além disso, a cadeia de suprimentos de grandes empresas é muito extensa e este score apoia na priorização das visitas, para uma atuação corretiva” afirma Igor Castroviejo, Regional Sales Manager de Serviços Não Financeiros, Telecomunicações & Utilities da FICO. “Nesse sentido, o Fico Cyber Risk Score pode ajudar as provedoras de serviços a gerenciar melhor a cadeia de suprimentos, avaliando e reduzindo seu risco consideravelmente”.

Organizações que desejam aprender mais sobre seus riscos de segurança podem se inscrever para uma assinatura gratuita em cyberscore.fico.com (https://bit.ly/2G1wtRC ). Assim como o usuário final pode obter seu Fico Score para entender sua credibilidade diante de credores, as organizações também podem obter gratuitamente o Fico Cyber Risk Score para avaliar sua eficácia e entender como seus parceiros de negócios cuidam de sua segurança cibernética.

 

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório