Carreira

Educadores da América Latina são reconhecidos na Microsoft Education Exchange

Danielle Vasconcelos, do Brasil, Jennifer Jaramillo, do México, e Carlos Calla, do Peru, foram prestigiados entre quase 400 educadores e líderes do setor de todo o mundo por ser agentes de mudança na educação

Esta semana em Paris, França, a Microsoft realizou sua quinta conferência anual Education Exchange (E²), com educadores e líderes educacionais de todo o mundo. Os participantes puderam trocar ideias para desenvolver experiências inovadoras em classe e explorar tendências emergentes na educação que apoiam a sala de aula. Inclusive, promover a colaboração e avançar técnicas modernas de ensino e aprendizagem.

No decorrer de três dias, o Microsoft Innovative Educator Experts (MIE) foi reconhecido e celebrado por suas conquistas, combinando conteúdo, pedagogia e tecnologia de maneiras exemplares para preparar os alunos para o sucesso na era digital.

Três educadores da América Latina se destacaram este ano na E²:
Danielle Vasconcelos ganhou o passe para E2 graças ao projeto “Escape Room: beyond the Solar System”, um jogo interdisciplinar que incentivou a melhoria dos processos de aprendizagem, colaboração e desenvolvimento de habilidades digitais e de comunicação, começando com astronomia. O projeto foi um dos vencedores na categoria “Voz para os alunos”.

Jennifer Jaramillo, garantiu sua vaga no evento graças ao seu projeto “Usar a tecnologia para promover a leitura e a escrita e expandir as línguas de forma inclusiva” – no qual envolveu os alunos por meio da compreensão assertiva da linguagem para se reconhecerem como sujeitos sociais, autônomos e criativos –, que faz parte da equipe vencedora na categoria “Voz para os alunos”.

Carlos Callo, liderou o projeto “Learning Excel 2016 in Teams”, com o qual conseguiu conectar 40 professores de diferentes instituições on-line para ensiná-los a usar o Excel; ele integrou a equipe vencedora na categoria “Criatividade”.

“Cada educador é um agente de mudança, que conseguiu marcar a vida dos estudantes que serão líderes, inovadores e criadores da próxima geração “, disse Anthony Salcito, vice-presidente da Microsoft Education. “Mas algumas, como Danielle Jennifer e Carlos, realmente vão além, entram em território desconhecido para trazer novas tecnologias e técnicas para suas salas de aula para inspirar e motivar seus alunos e prepará-los com as habilidades necessárias para ter sucesso em as obras do futuro. É uma honra receber este evento todos os anos para celebrar os educadores que mudaram e mudaram vidas”, celebra.

A Microsoft habilita a transformação digital na era da nuvem inteligente e da fronteira inteligente. Sua missão é empoderar cada pessoa e cada organização no planeta a conquistar mais. A empresa está no Brasil há 29 anos e é uma das 110 subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975. Desde 2003, a empresa investiu mais de R$ 600 milhões levando tecnologia gratuitamente para 3.191 ONGs no Brasil, beneficiando vários projetos sociais. Entre 2011 e 2017, a Microsoft já apoiou mais de 6,2 mil startups no Brasil, com investimento superior a US$ 219 milhões em créditos em nuvem.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório