Canal de Distribuição

Adistec reformula portfólio

Além de passar a distribuir sistemas que atendem à LGDP e produtos da Lenovo, a partir do próximo dia 20, itens da marca Dell serão descontinuados

Novidades à vista para as revendas parceiras da Adistec, que ampliou as ofertas de software, como o Tenable, sistema para testes de vulnerabilidade e o Solar Wind, voltado para manutenção de todo o ambiente de infraestrutura. Eles atendem à questões da Lei Geral de Proteção de Dados – LGDP e ampliam as possibilidades do integrador atender a seus clientes.

Algumas parceiras especializadas nesse nicho de mercado iniciaram os treinamentos e capacitação. “Já temos pronta uma série de webinars que irá preparar técnica e comercialmente nosso canal de venda”, conta José Roberto Rodrigues, CEO da Adistec.

Novidades incluem dois software para a LGPD, chegada da Lenovo e a descontinuidade de produtos Dell do portfólio de ofertas 

Outra novidade da distribuidora é a chegada da Lenovo. Os produtos da marca acabam de ser agregados ao portfólio, assim como as recém-anunciadas soluções da Forcepoint para Cloud Security, Network Security, Data & Insider Threat Security e Cross Domain Security, que abrem novas oportunidades de vendas.

Estas iniciativas devem ampliar o número atual de revendas cadastradas. A empresa busca maior capilaridade nas regiões Centro Oeste, Norte e Nordeste. A proposta é apresentar todos os produtos e fabricantes que disponibiliza; demonstrar suas vantagens e atrair o maior número possível de revendas para essas fabricantes. Para esse trabalho, a distribuidora contratou em 1º de janeiro uma gerente, nativa, que fará a manutenção e prospecção nessas regiões.

São ações que integram o planejamento para 2019 e colaboram para que Rodrigues cumpra sua missão de fazer com que a unidade brasileira, em três anos, passe a representar 50% do faturamento global da Adistec, que foi de US$ 200 milhões em 2018. Hoje a unidade brasileira é a terceira colocada em faturamento global, estando bem atrás do Chile e da Colômbia.

De acordo com o executivo, a Adistec Brasil chegou a 80% da meta proposta para 2018, resultado afetado principalmente por conta do dólar. “Em 2019 esperamos crescer 50% em relação ao ano passado”, diz. Para chegar às metas estabelecidas para este ano, as apostas são nas vendas de produtos Lenovo, Quest, Veritas, Veeam e Pure Storage que, juntas, devem chegar a 70% da receita.

Com quatro frentes de atuação – educacional; serviços profissionais; cloud solution e distribuição, a empresa acredita que após os três últimos anos de investimentos represados, haverá boas oportunidades em manutenção e reposição de projetos, porém, sem grandes investimentos.

Com o perfil de VAD, ou distribuidor de valor agregado, a Adistec trabalha no modelo sob demanda, o que também exige atuação mais próxima dos parceiros de vendas, que têm disponíveis15 fabricantes no portfólio. Para cada uma das marcas que distribui, a empresa mantém um engenheiro especialista, que repassam conhecimentos e ensinamentos para as revendas. “Mantemos softwares relevantes para os gestores de TI e as melhores práticas de mercado”, destaca Rodrigues.

Com 41 profissionais no Brasil, mantém um gerente de canais no Distrito Federal e no Nordeste, em São Luiz do Maranhão. O Centro de Certificação tem subsídio para cerca de 30 revendas e, conforme a avaliação de caso a caso, a qualificação pode ser totalmente subsidiada.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório