Mercado

Inteligência de rede garante qualidade e otimiza investimentos

Conhecida por soluções de transporte de dados, a Ciena, trabalha para mostrar ao mercado local todo seu portfólio de oferta

Mais conhecida no mercado brasileiro por sua oferta de transporte óptico, com Dense Wavelength Division Multiplexing – DWDM, solução para multiplexação, ou seja, conversão de sinal elétrico para sinal óptico, para transmissões de longa distância e de alta capacidade, a Ciena oferece muito mais que isso. E é tornar conhecido todo o portfólio da companhia norte-americana uma das missões de Fernando Capella, que há um ano está à frente das operações no País.

Criar mind share para todas as linhas de produtos que dispõe e expandir o mercado, alcançando empresas que demandem serviços de conectividade, estão entre os objetivos para 2019. A estratégia é diversificar a carteira de clientes e não só as ofertas.

Entre os alvos estão operadoras que atuam de forma regional e que somam sete mil empresas, de acordo com a Anatel. “Muitos ISPs estão com projetos bem ambiciosos na construção de redes; um fenômeno no Brasil”, destaca Capella. Ele conta que em 2018 foram conquistados cinco novos clientes em governo, setor financeiro e educação e que está otimista também para este ano.

Velocidade e qualidade
A conectividade move e promove várias frentes de um país – da educação ao PIB – e requer recursos tecnologicamente avançados de redes terrestres a cabos ópticos submarinos e vultosos investimentos. Hoje o Brasil conta com 16 cabos submarinos que propiciam transmissão em alta velocidade e com qualidade não só no Continente, mas em âmbito intercontinental. O volume de tráfego é exponencial, na casa dos dois dígitos de Tbps, impulsionado por vídeos de alta definição, streamings, tecnologias digitais, proliferação de equipamentos móveis e Internet das Coisas – IoT, uma das grandes aplicações para a introdução do 5G.

Em 2018 a Ciena investiu US$ 492 milhões em pesquisa e desenvolvimento e são iniciativas como esta que propiciam vanguarda tecnológica

As operadoras devem estar capacitadas para suportar o crescimento acelerado da demanda. Em um show, por exemplo, onde todos estão conectados e, ao mesmo tempo, enviando e fazendo upload de vídeos via celular é preciso grande capacidade de banda naquele ponto para permitir que toda essa informação flua, sem impactar a rede.

Para que seus clientes possam garantir qualidade de uso ao usuário final, três pilares sustentam a atuação global da Ciena: soluções de transporte óptico; pacotes no segmento de dados (Carrier Ethernet), e com a aquisição da Cyan, incorporou a parte de software, que deu origem ao portfólio de Software-Defined Networking – SDN. “Todos os produtos que a companhia oferece em outros países estão disponíveis para o mercado brasileiro”, diz.

Blue Planet é a plataforma de orquestração, que pode ser multivendor e gerenciar soluções de diferentes fornecedores e, multicamadas – óptica, OSI, equipamentos IP, Queries Ethernet… A empresa tem investido em melhorias e na diversificação de ofertas. Em 2018 adquiriu a Packet Design e a Don River para otimização, gestão e automatização de rotas e, com isso, ferramentas de analitycs e inteligência artificial passaram a compor o portfólio. Para prover melhor visualização da rede para os clientes, lançou o Ciena Insights Service, que usa recursos especializados profissionais e ferramentas analíticas no modelo como serviço.

O Adaptive Networks confere flexibilidade à rede e dá capacidade de transporte onde e quando for necessário. O conceito tem base em equipamentos programados; controle e automação, e ferramentas de análise de inteligência artificial. “Inteligência na rede otimiza o investimento do cliente”, destaca Capella.

Com requisitos específicos, os cabos submarinos seguem o mesmo conceito do transporte de informações, porém, com a característica de ser efetuado em distâncias quilométricas. Para este meio, a Ciena fornece soluções com tecnologia SLTE, que injetam sinais para iluminar a fibra óptica e, assim, viabilizar a transmissão dos dados digitais. “Somos líder de mercado para esse segmento”, destaca.

União de forças
Todas essas iniciativas abrem oportunidades também para seus parceiros de negócios, que podem ocupar os dois lados do balcão. Ora são clientes, ora vendedores e integram o Ciena Partner Network. A companhia mantém ações conjuntas com clientes-parceiros para fomentar verticais e que serão revertidas em aumento de demanda. A aliança está calcada em serviços; co-branding; marketing cooperado e consultoria, inclusive com estudos mercadológicos que orientam investidas setoriais.

No último ano fiscal (de 1º de novembro a 31 de outubro) a companhia de forma global faturou US$ 3,08 milhões, 10% acima do ano anterior, 2017. No mesmo período a Ciena investiu US$ 492 milhões em pesquisa e desenvolvimento. “São iniciativas como esta que nos mantém na vanguarda tecnológica”, afirma Capella. Ele conta que nos últimos cinco anos as ações da empresa valorizaram 75%.

Presente no Brasil há 15 anos via parceiro e há dez com escritório próprio no Rio de Janeiro e em São Paulo onde, em 2015, instalou um laboratório avançado de testes e treinamentos, a empresa conta hoje com 100 funcionários e trabalha com parceiros para a expansão de carteira, especialmente para os segmentos de governo e financeiro.

No corporativo tem a intenção de atuar com integradores que tenham capacidade de venda com valor agregado. Hoje o canal atua na venda de pacotes de dados, em que o giro é maior. Junto à operadoras e data centers, vende diretamente, já que as soluções da Ciena demandam grande esforço e estratégia para logo período de negociação. “A companhia está trabalhando em segmentos de mercado que são críticos para a entrada”, conclui Capella.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório