Tendências

KPMG aponta preocupação de CEOs do setor de energia com ataques cibernéticos

O relatório Global CEO Outlook revela que parte dos executivos não está bem preparada para lidar com esse evento

empresa de energiaPor estarem em um setor em transição para um modelo digital e com grande volume de dados, a segurança cibernética está sendo examinada de forma minuciosa pelos executivos do setor de energia e serviços públicos. Quarenta e oito por cento dos CEOs de empresas de energia entrevistados pela KPMG demonstraram-se preocupados com a iminência de um ataque cibernético, ao constatar que tornar-se vítima deixou de ser uma possibilidade e passou a ser uma questão de tempo, e nem todos os dirigentes estão bem preparados para lidar com esse evento, de acordo com o levantamento “Global CEO Outlook”, feito pela KPMG.

Segundo a pesquisa, a maioria CEOs considera que as empresas que presidem estão aptas à identificar novas ameaças cibernéticas, e, no caso de um ataque, terão a capacidade de mitigar o impacto do ataque sobre as operações estratégicas e procederão adequadamente junto stakeholders externos.

“Oportunidades impulsionadas por tecnologia no setor de energia também abriram portas para ameaças cibernéticas e riscos significativos, tópicos que vêm ganhando grande destaque nas pautas dos CEOs e dos Conselhos de Administração. Os níveis de defesa e prontidão em relação a ataques cibernéticos variam no setor, mas é essencial que as empresas tomem as medidas necessárias para proteger os sistemas. Do contrário, elas correm o risco de ser alvo de ataques devastadores”, afirma a sócia-líder do segmento de energia elétrica da KPMG no Brasil, Franceli Jodas.

O estudo apontou ainda que, à medida que os dirigentes entendem e gerenciam essas questões cibernéticas, eles começam a ver a importância de promover novas competências para a força de trabalho para que essa seja capaz de prestar suporte ao crescimento futuro das organizações. Dos entrevistados, 59% identificaram os especialistas em segurança cibernética como a nova função mais importante, seguidos dos cientistas de dados (57%) e dos gerentes de transformação digital (54%).

No levantamento, os presidentes das empresas de energia demostraram que entendem a importância de proteger os dados do cliente, mas também enfatizam a necessidade de atender melhor às expectativas deles. Aproximadamente 65% de todos os CEOs que participaram da pesquisa disseram que proteger os dados do cliente é fundamental para viabilizar o crescimento da base de clientes futura.

De acordo com o estudo, mais de 30% deles afirmaram que acreditam que o desempenho das organizações em atender às expectativas do cliente está abaixo do nível esperado e 78% sentem que atendem às expectativas mínimas do cliente ou estão abaixo do nível esperado.

Segundo ainda o levantamento, embora a disrupção e a inovação tecnológicas sejam necessárias no ambiente atual, as tecnologias emergentes são a principal ameaça ao crescimento organizacional, seguidas de mudanças climáticas e riscos de segurança cibernética. Cerca de 30% dos entrevistados veem a tecnologia como uma oportunidade, e não como uma ameaça, no entanto, quase o mesmo número de executivos declarou que a empresa está enfrentando dificuldades para acompanhar o ritmo da inovação tecnológica no setor.

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 154 países e territórios, com 200.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 4 mil profissionais, distribuídos em 22 cidades localizadas em 13 Estados e Distrito Federal.

Orientada pelo seu propósito de empoderar a mudança, a KPMG tornou-se uma empresa referência no segmento em que atua. Compartilhamos valor e inspiramos confiança no mercado de capitais e nas comunidades há mais de 100 anos, transformando pessoas e empresas e gerando impactos positivos que contribuem para a realização de mudanças sustentáveis em nossos clientes, governos e sociedade civil.

Serviço
Estudo na íntegra KPMG 2018 Global CEO Outlook

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório