Gestão

Bancos de varejo têm duas áreas táticas de atenção para 2019

Análise da Fico aponta que, em diferentes estágios, a maioria dos bancos está passando por uma transformação digital

Conforme a Fico, são duas áreas de preocupação tática para os bancos de varejo, as quais aponta com o propósito de fazer com que os executivos do setor obtenham progressos significativos em 2019.

Aqueles que estão se transformando vão perceber que têm um problema de silos

A maioria dos bancos está passando por uma transformação digital, variando o escopo desde simples atualizações nos canais digitais até iniciativas massivas de implementação. O objetivo é o mesmo: criar uma jornada digital moderna e atraente para os clientes, que diferenciem a organização de seus concorrentes.

Em 2019, ficará cada vez mais claro que esses projetos de transformação exigem mais do que apenas novas tecnologias, forçando os bancos a mudanças organizacionais mais significativas. Unidades de negócios isoladas e pilhas de soluções para risco de crédito, marketing, fraude e compliance funcionam relativamente bem para manter o status quo, mas muito mal quando se trata de transformação em grande escala. Os bancos reconhecerão isso e trabalharão para melhorar os efeitos negativos dos silos, à medida que mudam suas estratégias centradas em produtos para centradas no cliente.

Unidades de negócios isoladas e pilhas de soluções para risco de crédito, marketing, fraude e compliance funcionam relativamente bem para manter o status quo, mas muito mal quando se trata de transformação em grande escala

Novas soluções de pagamento deverão crescer
As soluções emergentes de pagamento – carteiras digitais e redes de pagamento P2P, mais notavelmente – estão substituindo as opções de pagamento legado (como dinheiro e cheque) de forma lenta, mas consistente. Pode não parecer, mas essas novas soluções estão se consolidando no dia a dia de muitos consumidores, particularmente dos Millennials e da Geração Z. A introdução de redes de pagamento mais rápidas no lugar das redes antiquadas de compensação e liquidação nos Estados Unidos e na Europa deve acelerar ainda mais essa tendência.

No entanto, quanto mais rápido esses novos sistemas se moverem, mais atenção eles atrairão dos criminosos. Para citar um executivo da Varo Money, “a fraude segue a velocidade”. As novas soluções de pagamento se tornarão mais maduras nesse ano, pois os executivos do setor estão educando seus clientes e já adaptando seus controles de fraudes para compensar a ameaça crescente.

A Fico se diz confiante de que os bancos farão progressos substanciais (se não completamente satisfatórios) em direção às previsões acima. No entanto, também ressalta que 2019 será moldado por desenvolvimentos tecnológicos, regulatórios e competitivos que ninguém pode prever. A Fico está “pronta para ajudar sua organização a navegar nesse nosso setor em constante mudança”.

Serviço
http://www.fico.com

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.

Assine a nossa Newsletter

e receba informações relevantes do mercado TIC

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Captcha obrigatório