Informe aqui

Joi Ito, Laszlo Bock e Rana El Kaliouby abrem o último dia da HSM Expo 2018

Joi Ito, diretor geral do MIT Media Lab, iniciou as atividades do último dia da HSM Expo 2018, em São Paulo.
Responsável pelo painel “A Prática da Transformação Constante”, o executivo comparou a “pré-internet” à “pós-internet”. “Antes, a vida era simples e a economia não era tão inconstante, o mundo tinha uma forma particular. Com a internet e a digitalização, tudo se tornou complexo, mais rápido, inclusive para os economistas. Podemos dizer que novas formas de vida começaram a ser criadas após sua chegada”, cita Ito.
Defensor da tecnologia como meio transformador do mundo, Ito avalia como fundamental a conscientização dos jovens, já que foram criados em um período completamente diferente e envolvido em meios tão tecnológicos. “Acho que a causa mais provável do fim da humanidade seria um erro de biotecnologia”, exemplifica, reforçando a necessidade de uso responsável da tecnologia. “Os jovens precisam entender que proteger o planeta dos desastres tecnológicos é muito mais importante do que somente criar. Cuidar do mundo através da tecnologia é um dos nossos princípios”, complementa Ito.
Em seguida, Laszlo Bock, ex-VP de People Operations do Google e atual CEO e cofundador da Humu, contou como o Google se tornou uma das empresas mais bem-sucedidas e criativas do mundo. Entre as prioridades das companhias, o executivo acredita na importância de ter um significado no trabalho. “É necessário que as pessoas vejam um sentido no que fazem”, diz. Ao adquirir um significado, há mais produtividade e consequentemente mais resultado para as empresas, tanto na questão ética, quanto financeira.
Em sua fala, Bock provocou os executivos a conhecer as histórias das pessoas que compõem suas equipes, desde do que elas acreditam, até suas perspectivas, pois é através disso que a cultura da organização é estruturada e somente assim novas ações poderão ser implementadas. Um exemplo disso é o projeto “All Hands”, do Google, que consiste na visita pessoalmente do fundador da empresa, permitindo que colaboradores interajam com ele. “Esse projeto faz com que as pessoas sintam mais confiança no Google e se sintam ouvidas”, cita Bock.
Para ele, pequenas mudanças dentro da companhia podem causar um alto impacto. “Temos que entender como as pessoas podem ter um desempenho melhor e realizar pequenas mudanças a partir disso. Até proporcionar um simples almoço gratuito pode fazer com que eles tenham um melhor desempenho, pois terão a oportunidade de compartilhar ideias com outras pessoas, interagir e se sentirão muito melhor”, pondera.
A última sessão do período da manhã ficou por conta de Rana El Kaliouby, cofundadora e CEO da Affectiva, pioneira em inteligência artificial emocional. Em sua fala, a executiva contou sobre a missão de criar computadores que pudessem compreender os sentimentos humanos.
Para isso, é necessário ter um relacionamento consistente com a máquina. “Da mesma forma que a confiança e empatia são essenciais para construir relacionamentos entre seres humanos, os computadores também precisarão, pois se não há isso, não tem como conviver”, avalia. Rana menciona que a maior parte dos sinais de comunicação acontecem através dos gestos e expressões. “Se um computador conseguir mapear esses gestos e expressões, ele obterá a inteligência emocional necessária para entender nossos sentimentos e para saber o que realmente precisamos naquele momento”, explica.
A especialista indica também a necessidade da inclusão de algoritmos que identifiquem as expressões independente de etnias e gênero. “É necessário que haja uma grande representação de pessoas, para que seja possível a compreensão de todas as expressões possíveis, independente de classificação racial ou de gênero”, conta. De acordo com a estudiosa, “a inteligência emocional deve mudar a maneira como aprendemos”.

Serviço: HSM Expo 2018
Quando: 5, 6 e 7 de novembro
Horário: Das 8h às 19h30
Local: Transamérica Expo Center em São Paulo – Avenida Doutor Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro
Sobre a HSM
Empresa de experiências educacionais transformadoras e conteúdo de excelência em gestão, organizada como uma plataforma que potencializa a conexão de pessoas e organizações.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.