Tecnologia

Um em cada três decisores de TI não tem familiaridade com SD-WAN, mostra pesquisa

Estudo do IDC aponta que há melhorias a ser implementadas em termos de conectividade

O estudo inédito chamado “FutureON: Benchmark Brasileiro em SD-WAN”, realizado pelo International Data Corporation (IDC) com o patrocínio da Hughes, mostra que um em cada três influenciadores e tomadores de decisão de grandes empresas nas áreas de TI e telecomunicações no Brasil ainda não tem familiaridade com o Software Defined WAN (SD-WAN).

A pesquisa mostra a existência de um descompasso importante na maturidade em infraestrutura,

O estudo foi realizado no terceiro trimestre deste ano com influenciadores e decisores de empresas de grande porte no Brasil com mais de 20 filiais e analisou três pilares centrais: infraestrutura, gestão de redes e processos internos.

A pesquisa mostra a existência de um descompasso importante na maturidade em infraestrutura, por causa do baixo conhecimento e da implantação de novas tecnologias pelas empresas brasileiras.

“O estudo reforça que há uma grande oportunidade de melhoria e otimização, especialmente em infraestrutura, utilizando tecnologia já existente, mas ainda não implantada no Brasil. Percebemos também que muitas empresas que já utilizam o conceito SD-WAN ainda não o fazem em sua plenitude, o que também se converte em oportunidade para as empresas”, analisa Amos Maidantchik, diretor para o Mercado Corporativo da Hughes do Brasil.

As previsões da IDC mostram que até 2019 60% das grandes corporações estarão utilizando SD-WAN, e isso demonstra a grande importância dessa tecnologia.

“O SD-WAN é um habilitador para novos projetos para as empresas, pois traz mais flexibilidade e agilidade para as organizações que estão em busca da transformação digital. O FutureON mostra que a jornada de transformação da rede já começou, mas ainda tem grande oportunidade de avanço”, afirma André Loureiro, gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil.

“De forma geral, acredito que a pesquisa mostra que o SD-WAN, quando implantado no modelo correto, resolverá diversos desafios que hoje não são contemplados pelas tecnologias atuais”, comenta Rafael Guimarães, presidente da Hughes do Brasil. “Essa solução vai trazer mudanças profundas em termos de gestão de redes e automação de processos internos para aumentar a produtividade das corporações.”

O executivo ressalta ainda que a Hughes está lançando uma solução de SD-WAN com tecnologia própria e inovadora no Brasil. Batizado de HughesON, o novo investimento da companhia no País possibilita, de forma otimizada e segura, o uso da banda larga como acesso para formação de redes corporativas, ou seja, fornece qualidade equivalente a uma rede MPLS em acessos de banda larga. A solução conta com funcionalidades únicas no mercado, que garantem desempenho superior, motivo pelo qual 10 dos 25 maiores varejistas dos EUA já optaram pela Hughes, que gerencia mais de 30 mil sites com essa tecnologia.

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.