Informe aqui

Seus dados pessoais estão seguros nos chatbots?

Seus dados pessoais estão seguros nos chatbots?

São Paulo, outubro de 2018 – Os chatbots são uma das grandes tendências para marcas de todos os mercados se comunicarem com seus clientes de forma eficiente, personalizada e ágil. Pesquisa da consultoria Gartner aponta que, até 2020, 85% dos serviços de atendimento serão realizados no ambiente virtual. Para as empresas, isso significa uma economia de R$ 11 bi por ano até 2023 apenas nos segmentos de saúde, bancos e varejo, segundo estudo da Juniper Research.

Mas, se por um lado, os chatbots são ferramentas importantes para a comunicação, também trazem à tona uma preocupação cada vez mais latente: a segurança dos dados pessoais. Ainda mais depois do anúncio de vazamento de informações no Facebook e da aprovação da GDPR – regulamentação europeia que determina como as empresas gerenciam os dados pessoais – e da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados brasileira.

Segundo Rodrigo Fazenda, analista de Segurança de Informação Sênior na Zenvia – empresa líder brasileira em mensagens e chatbots -, as novas leis são positivas e só trarão impactos para as empresas que, de alguma forma, não se atentavam à segurança dos dados pessoais antes. “O conceito que as leis defendem é o “privacy-by-design”, ou seja, desenvolver os produtos pensando na privacidade e segurança dos dados dos clientes desde o início da concepção de novos produtos ou novas funcionalidades para os já existentes . Por isso, acima de tudo, a Zenvia se empenha em dizer ao usuários quais informações estão sendo coletadas e porque os dados são necessários”, afirma.

O executivo dá algumas dicas para o cliente ter a certeza de que seus dados pessoais estão seguros no chatbot:

Existe aviso explícito de que a comunicação é criptografada;
É apresentado acordo de confidencialidade e privacidade dos dados, com transparência em relação aos cuidados tomados com as informações;
As conversas ficam armazenadas em locais de acesso restrito, com dados tratados apenas por profissionais autorizados;
Há possibilidade de exclusão de dados da base, caso o cliente solicite, assegurando que não sejam utilizados sem seu consentimento;
A empresa se preocupa com ataques cibernéticos e investe em técnicas de desenvolvimento seguro, firewall, monitoramento de intrusão, entre outras soluções.
Há transparência em relação ao tratamento de dados: o usuário é avisado sobre cada mudança feita na plataforma de chatbots que impacte a privacidade das informações.

Dessa forma, os chatbots mantêm a funcionalidade e garantem a segurança de dados, em total acordo com a GPDR e a LGPD. Assim, clientes e empresas ganham com as conversas inteligentes possibilitadas por eles, com resolução de 90% dos processos corriqueiros, dez vezes mais engajamento em campanhas e atendimento de 74% das interações em até dois minutos, segundo a Zenvia.

Sobre a Zenvia

A Zenvia acredita que a inteligência aliada à tecnologia tem o poder de tornar o mundo um lugar mais simples. Por meio de uma plataforma para construção de chatbots, a empresa promove conversas inteligentes e personalizadas que transformam a experiência dos consumidores e ampliam ainda mais os resultados dos clientes. Fundada em 2003, a Zenvia tem o empreendedorismo e a inovação em seu DNA para oferecer as melhores soluções a mais de 5.000 clientes no País, com todo tipo de porte e necessidade de mercado. Para isso, conta com escritórios em Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP). Para mais informações sobre a empresa, acesse www.zenvia.com e confira os perfis nas redes sociais: linkedin.com/company/zenvia-mobile, facebook.com/zenviamobile, twitter.com/zenviamobile

RMA Comunicação

Pâmela Lee (pamela.lee@agenciarma.com.br) – (11) 2244.5945

Giselli Boldrin (giselli.boldrin@rmacomunicacao.com.br) – (11) 2244.5998

Comentar

Clique aqui para comentar

As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem exclusivamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da Infor Channel ou quaisquer outros envolvidos na publicação. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da Infor Channel.